Defesa & Geopolítica

Embraer e governo de Portugal assinam contrato para aeronaves militares

Posted by

A Embraer (EMBR3) e o governo de Portugal assinam nesta quarta-feira (16) um contrato de parceira para o programa de desenvolvimento do KC-390, aeronave para transporte logístico e reabastecimento em voo. O acordo será firmado com as portuguesas OGMA (Industria Aeronáutica de Portugal) e EEA (Empresa de Engenharia Aeronáutica).

Segundo o periódico luso Jornal de Negócios, pelos termos do acordo, o governo português desenvolverá, sob a coordenação da EEA, e por meio do CEIIA (Centro para a Excelência e Inovação na Indústria Automóvel), o projeto de engenharia de três segmentos do avião de transporte militar a ser construído pela Embraer.

Ainda de acordo com a publicação, os segmentos projetados, desenhados e testados em Portugal serão depois fabricados no país pela OGMA, que também produzirá a Fuselagem Central da aeronave.

A cerimônia contará com a presença dos ministros portugueses da Economia e do Emprego, Álvaro Santos Pereira, e da Defesa, José Pedro Aguiar Branco. Também estarão lá os presidentes da Embraer, da OGMA, do CEIIA e da EEA.

Na véspera, o presidente da fabricante brasileira, Frederico Curado, afirmou que a expectativa é de que a fábrica de Évora comece a produzir e a realizar encomendas na segunda metade do próximo ano.

Investimentos em 2012

Na terça-feira, Curado também comentou que a Embraer vai superar o investimento de US$ 450 milhões feito em 2011 no ano que vem. No entanto, o valor programado só será divulgado no primeiro trimestre de 2012.

Ele informou ainda que a empresa não pretende ingressar no mercado de aviões de grande porte no próximo exercício. A estratégia da Embraer será a de consolidar a liderança na produção e venda de aviões médios, com até 120 lugares.

Fonte: Infomoney

10 Comments

shared on wplocker.com