Embraer e governo de Portugal assinam contrato para aeronaves militares

A Embraer (EMBR3) e o governo de Portugal assinam nesta quarta-feira (16) um contrato de parceira para o programa de desenvolvimento do KC-390, aeronave para transporte logístico e reabastecimento em voo. O acordo será firmado com as portuguesas OGMA (Industria Aeronáutica de Portugal) e EEA (Empresa de Engenharia Aeronáutica).

Segundo o periódico luso Jornal de Negócios, pelos termos do acordo, o governo português desenvolverá, sob a coordenação da EEA, e por meio do CEIIA (Centro para a Excelência e Inovação na Indústria Automóvel), o projeto de engenharia de três segmentos do avião de transporte militar a ser construído pela Embraer.

Ainda de acordo com a publicação, os segmentos projetados, desenhados e testados em Portugal serão depois fabricados no país pela OGMA, que também produzirá a Fuselagem Central da aeronave.

A cerimônia contará com a presença dos ministros portugueses da Economia e do Emprego, Álvaro Santos Pereira, e da Defesa, José Pedro Aguiar Branco. Também estarão lá os presidentes da Embraer, da OGMA, do CEIIA e da EEA.

Na véspera, o presidente da fabricante brasileira, Frederico Curado, afirmou que a expectativa é de que a fábrica de Évora comece a produzir e a realizar encomendas na segunda metade do próximo ano.

Investimentos em 2012

Na terça-feira, Curado também comentou que a Embraer vai superar o investimento de US$ 450 milhões feito em 2011 no ano que vem. No entanto, o valor programado só será divulgado no primeiro trimestre de 2012.

Ele informou ainda que a empresa não pretende ingressar no mercado de aviões de grande porte no próximo exercício. A estratégia da Embraer será a de consolidar a liderança na produção e venda de aviões médios, com até 120 lugares.

Fonte: Infomoney

10 Comentários

  1. Eh com muito desgosto que eu vejo essa reportagem, dessa empresa entreguista, que pra mim de brasileira nao tem nada,sendo que todos os componentes que portugual esta fazendo poderia ser feito aqui no Brasil, gerando riquezas e dividendos aqui, ora se o contratante eh a Forca Aerea BRASILEIRA, COM UM CONTRATO QUE SERA PAGO PELO CONTRIBUINTE BRASILEIRO, entao eh mais que justo que as riquezas fiquem aqui.

    Meus pesames que o lucro de acionistas seja posto a frente dos interesses da nacao.

    Embraer entreguista, igual dito acima, pq nao pedem de uma vez,que eles facam a privada da aeronave la tbm???

  2. Canarinho, fabricando parte em Portugal, estaremos dentro do mercado da OTAN, que é 20x maior que o brasileiro.
    As riquezas ficarão aqui, não tenha dúvida, com a ajuda dos portugueses, dos tchecos, dos argentinos, dos colombianos etc.

  3. Surpreendente esta noticia para mim o ultimo produto de alta tecnologia portuguesa foi a caravela do Vaco da Gama , ainda no seculo 15
    Desde lá só vejo bacalhau vinho e azeite portugueses será que o cargueiro vai ser de madeira?

  4. Caro Garupa, é triste ver tanta ignorância junta!! Um pouco mais de informação acerca das capacidades e produtos de alta tecnologia feitos e desenvolvidos em Portugal estão à distancia de poucos “clics”. Experimente, pode ser que apanhe uma enorme surpresa, e deixa de dizer e quem sabe pensar, dessa forma tão ignorante…

  5. Com relação a Embraer parece que ainda não saímos do colonialismo português, essa Embraer me tira do sério, ela foi verdadeiramente brasileira quando estava sob o comando do Ozires Silva, hoje ela me dá nojo, é a minha opinião.

  6. Concordo contigo Carlos Augusto. Aqui nós praticamente não temos empresa nacional. Vivemos um imenso faz de conta (ide caso da “Aeroeletronica”.

  7. Pra mim português nem como piada serve, a grande maioria de brasileiros que estão vindo de Portugal é quem sabe falar deles com conhecimento, e essa história de querer compará-los com o que os ingleses são para os EUA, o Brasil sai perdendo, porque aqui eles só prestaram para nos roubar.

  8. Qto + parcerias melhor, até pq O estado Portugues passa a ser n porta de entras no mercado monopolizado da UE…e os Lusos tem mt de tecnológia a compartilhar c nós Brasucas, ~são n irmaõs transatlanticos…Sds.

Comentários não permitidos.