Defesa & Geopolítica

OTAN testa sistema Manta, a solução da Indra para proteção de aeronaves contra Manpads

Posted by

MANTA DIRCM system

O sistema MANTA, a solução desenvolvida pela Indra para proteger aeronaves contra o ataque de mísseis terra-ar, foi testada pela Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) com bons resultados. O sistema superou as provas realizadas em voo durante os últimos ensaios EMBOW, os exercícios que realiza regularmente o grupo da Aliança Atlântica, responsável há 30 anos por estudar ameaças ás plataformas aéreas e as tecnologias para evitá-las.

Os ensaios foram desenvolvidos entre os dias 19 de setembro e 14 de outubro de 2011, no Centro de Ensaio de Mísseis da DGA França, em Biscarrosse e foram liderados pela DGA (Direction Generale de l´Armament), da França.

A solução superou com sucesso as exigentes provas e demonstrou sua maturidade tecnológica para começar a ser implantada em aeronaves. O sistema alcançou o Technology Readiness Level 8, o que garante que está apto a entrar em serviço e contrabalançar as ameaças dos MANPADS, lançadores de mísseis guiados por infravermelho.

Os sistemas MANPADS são mísseis terra-ar guiados por energia infravermelha e fáceis de operar (portáveis por um homem só).

Estes artefatos são a causa principal das baixas de aeronaves militares em zonas de conflito. Constituem uma séria preocupação dada a sua enorme proliferação e a facilidade com a que podem cair em mãos de grupos terroristas quando se perde o controle dos mesmos em zonas de conflito.

As provas EMBOW vêm organizando-se de forma regular desde 1984 sob a responsabilidade do Subgrupo 2 (SG2), do Aerospace Capability Group 3 (ACG3) (ACG3-SG2) da OTAN, centrando-se na analise das ameaças térmica guiadas para as plataformas aéreas e os métodos de proteção. O objetivo destes ensaios é criar, juntando os recursos de vários países, um cenário realista que permita estudar, desenvolver e testar técnicas e táticas de contramedidas que serão compartilhadas entre os aliados.

Para a inclusão do sistema DIRCM MANTA da Indra em EMBOW, a Direção Geral de Armamento (DGA) espanhola e a Indra estiveram trabalhando em conjunto em um programa de ensaios de efetividade conduzido nas instalações da DGA, entre maio e setembro de 2011. O programa validou exaustivamente o sistema MANTA com mais de 130 ensaios e 20 horas de voo, o que supõe em torno de 500 exercícios de proteção DIRCM frente à mísseis MANPADS (em cada ensaio foram utilizados vários tipos diferentes de MANPADS simultaneamente).

O sistema MANTA foi integrado e certificado para a realização dos ensaios em voo, em um avião C-212 da DGA.
Este importante fato é o resultado de um prolongado esforço de desenvolvimento tecnológico, no qual a Indra contou com o apoio do Ministério da Defesa da Espanha e do INTA (Instituto Nacional de Técnica Aeroespacial).

Um escudo contra mísseis

O sistema DIRCM MANTA é um sistema de autoproteção de aeronaves frente a mísseis de guiado térmico, principalmente do tipo MANPADS.

O princípio operacional está baseado na detecção do míssil em sua fase de lançamento para finalmente desviá-lo de sua trajetória graças á ação do laser do sistema DIRCM.

O processo se desencadeia muito rapidamente, sendo o sistema DIRCM MANTA capaz de responder perante ataques simultâneos de vários mísseis já que sua sequência de contramedida é eficaz e não requer uma identificação prévia do tipo de míssil atacante.

O MANTA é fruto de um desenvolvimento conjunto entre a Indra e Rosoboronexport.

Fonte Revista Asas

9 Comments

shared on wplocker.com