Defesa & Geopolítica

Atech, da Embraer, fecha R$ 20 mi em contratos com a Força Aérea

Posted by

http://infraton.blogdevoo.com/files/2011/09/controle-de-trafego-aereo1.jpg

POR MARIANA BARBOSA

O treinamento dos controladores de tráfego aéreo vai entrar na era digital, com o desenvolvimento de um simulador de alta tecnologia. A FAB (Força Aérea Brasileira) deve anunciar nesta terça-feira a contratação da Atech Tecnologia, empresa que este ano se associou à Embraer Defesa e Segurança, para desenvolver o simulador, batizado de Platão.

O contrato é de R$ 10 milhões e o software levará dois anos para ser desenvolvido por uma equipe de 30 engenheiros.

A Atech e FAB também anunciam hoje um segundo contrato, no mesmo valor, para o desenvolvimento de um software de planejamento e gestão de toda a atividade aérea da FAB.

“O Platão vai trazer colocar o treinamento em um novo patamar, permitindo simular cenários realistas de situações de perigo, com uma maior capacidade de processamento”, diz Marcos Resende, diretor de tecnologia da Atech.

Além do aprimoramento na capacitação, o simulador estará preparado para treinar os controladores para o novo sistema de controle de tráfego aéreo, o Sistema Sagitário, em fase de implantação em todo o país e também desenvolvido pela Atech.

O Sagitário substituirá o software usado atualmente pelos controladores. Com uma série de recursos adicionais, permite processar informações de diversas fontes, como radares e satélites, e também a comunicação digital por dados (e não apenas por voz) entre pilotos e controladores.

O Platão também vai facilitar a reciclagem periódica dos controladores, que hoje precisam ir regularmente à São José dos Campos para renovar a habilitação. O treinamento e as provas serão feitos remotamente. “Isso gera economia de diárias, locomoção, além do fato de que o profissional não vai precisar sair da escala de trabalho”, diz Resende.

O presidente da Atech, Tarcísio Takashi Muta, diz que o desenvolvimento dos softwares para a Defesa é uma forma de puxar o desenvolvimento tecnológico. Alguns dos softwares desenvolvidos no passado para a FAB foram adaptados para a iniciativa privada, para as áreas de energia e telecomunicações. ªSão sistemas desenvolvidos para operações complexas, que exigem presteza, tomada de decisão de curto prazo e planejamento antecipado.º

A Atech deve faturar R$ 60 milhões este ano, sendo metade desse valor prestando serviços para a FAB. A empresa também fechou, em 2011, R$ 80 milhões em novos contratos.

Fonte: Folha de S.Paulo

5 Comments

  1. Ferreira Junior says:

    Só ficarei tranquilo quando o Sagitário estiver implantado de norte a sul, de leste a oeste.

  2. RENEGADO says:

    A TA AE Chega o Sexto Lote de Leopard 1A5BR

    —————–
    No dia 1º de Novembro, chegou no Porto de Rio Grande, o 6º lote composto de 37 de Carros de Combate Leopard 1A5BR, de um total de 7 lotes que chegará ao Brasil até o início do ano de 2012. FOTO – CMS S Ten Ancines No dia 1º de Novembro, por volta das 14h, chegou no Porto de Rio Grande, o 6º lote composto de 37 de Carros de Combate Leopard 1A5BR, de um total de 7 lotes que chegará ao Brasil até o início do ano de 2012.

    Os blindados seguirão até a cidade de Santa Maria, no Parque Regional de Manutenção/3.

    O Projeto Leopard é um contrato de compra e apoio estabelecido pelo Governo Brasileiro, por intermédio do Ministério da Defesa, com o Governo da República Federal da Alemanha, destinado ao reaparelhamento e modernização das Unidades Blindadas do Exército Brasileiro.

    No total, foram adquiridos:

    – 220 viaturas Blindadas de Combate Carro de Combate (VCB CC) Leopard 1A5;
    – 07 viaturas Blindas Especializadas Socorro (VBE Soc);
    – 04 viaturas Blindadas Especializadas Lança Pontes (VBE L Pnt);
    – 04 viaturas Blindadas de Combate de Engenharia (VBC Eng); e
    – 04 viaturas Blindadas Escola de Motorista.

    Distribuídas nos cinco primeiros lotes, chegaram 163 viaturas, destinadas ao CMS.

    Também estão incluídos no Projeto o fornecimento de diversos equipamentos de simulação, rádios, ferramental, suprimentos, manuais, o treinamento de recursos humanos e o suporte logístico para todos os materiais de emprego militar incluídos.

  3. Dandolo says:

    Gostaria de trabalhar nessa empresa.

  4. Armando says:

    Manda um currículum para lá Dandolo ,pode até dar certo.

  5. Espero q ao menos ele te entrevistem, exito Dandolo. Espero tbm, q seja o embrião p q se construa o n caça , o Hárpia ,mach 2,5
    multitudo em n máximo uns 2 anos…parabéns.

shared on wplocker.com