Defesa & Geopolítica

“Nossa situação é desesperadora”

Posted by
http://www.toonpool.com/user/12400/files/greece_idyll_978485.jpg
O ministro grego da Economia, Michalis Chryssohoidis, afirmou que a situação de seu país “é bastante desesperadora”, em uma entrevista que será publicada quinta-feira (5 de outubro) na revista alemã “Die Zeit”.

“Nossa situação é bastante desesperadora, porque reduzimos de forma sempre mais drástica a renda das pessoas. Os gregos vivem a situação atual de forma muito dolorosa”, declarou à revista “Die Zeit”, que divulgou um trecho da entrevista.

“Quando veremos a luz no fim do túnel? Não podemos responder”, completou Chryssohoidis.

A Grécia tem sido palco de constantes protestos e paralisações devido às medidas de austeridade que o governo se vê obrigado a adotar, como contrapartida exigida pelo trio de credores do país –Fundo Monetário Internacional, Banco Central Europeu e União Europeia. Sem as reformas, o país corre o risco de ter suspensas as transferências de parcelas de ajuda financeira.

“O governo [grego] está totalmente isolado com esta política de reformas. A oposição afirma que poderia renegociar nossas condições de crédito. E a esquerda radical quer abandonar a União Europeia. Estamos sozinhos”, afirma.

“Nosso principal problema é o da insegurança, alimentada pelas especulações incessantes no mundo inteiro sobre uma falência iminente do país”, disse o ministro na entrevista.

Uma das principais preocupações é que um calote da Grécia poderia contaminar outros países, já que vários bancos europeus possuem títulos da dívida grega.

“Uma falência em um país da zona euro seria uma catástrofe porque teria um efeito dominó. Mas se for apenas por esta razão, não podemos decidir sozinhos sobre uma suspensão de pagamentos”, disse Chryssohoidis.

O temor por um default (suspensão dos pagamentos) fez com que as principais bolsas europeias tivessem quedas significativas no início desta semana.

Fonte: Voz da Rússia

10 Comments

shared on wplocker.com