Defesa & Geopolítica

Dilma será 1ª mulher a abrir Assembléia da ONU

Posted by

Presidente do Brasil Dilma Rousseff

A presidente Dilma Rousseff viaja na noite deste sábado para Nova York, onde na próxima quarta-feira se tornará a primeira mulher a abrir os debates da Assembleia Geral das Nações Unidas, informaram fontes oficiais.

Dilma embarcará neste sábado às 23h (horário de Brasília) da base aérea da capital federal e sua chegada a Nova York está prevista para às 6h30 do domingo, segundo o Palácio do Planalto.

A presidente iniciará suas atividades em Nova York na segunda-feira na sede da ONU, onde comparecerá a uma reunião sobre doenças crônicas não transmissíveis e ao colóquio sobre participação política de mulheres, que também deve contar com a presença da ex-governante chilena Michelle Bachellet, diretora da agência ONU Mulher.

Dilma deve se reunir na terça-feira com o presidente americano, Barack Obama, e em seguida os dois participarão da apresentação oficial da Sociedade de Governo Aberto, uma iniciativa promovida pela ONU que este ano é presidida de forma conjunta por Brasil e Estados Unidos, explicou nesta semana o porta-voz do governo brasileiro, Rodrigo Baena.

Ainda na terça-feira, a governante terá um encontro bilateral com o presidente do México, Felipe Calderón, e à noite comparecerá a um jantar organizado pela organização Woodrow Wilson International Center for Scholars, que entregará a ela um prêmio por sua vocação ao serviço público.

Na quarta-feira, antes do discurso inaugural da 66ª Assembleia Geral, honra que tradicionalmente corresponde ao Brasil, Dilma terá um encontro privado com o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon.

“A presidente prepara um discurso amplo e incisivo que defenderá a inclusão social e garantias de direitos humanos”, indicou neste sábado a “Agência Brasil”.

Além disso, abordará os efeitos da crise mundial, a necessidade de reformar o Conselho de Segurança da ONU e a necessidade de adotar medidas que levem ao desenvolvimento sustentável, lembrando que em junho do próximo ano será realizada no Rio de Janeiro a conferência mundial sobre meio ambiente Rio+20.

Depois do discurso na ONU, o governante se reunirá separadamente com o primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, e com o presidente da França, Nicolas Sarkozy, com os quais tratará da crise econômica mundial, entre outros assuntos, segundo a agência oficial.

As últimas atividades de Dilma em Nova York serão na quinta-feira, dia em que participará de um encontro sobre segurança nuclear e de uma reunião do Conselho de Segurança da ONU sobre diplomacia preventiva, após a qual retornará a Brasília.

Fonte: UOL

32 Comments

shared on wplocker.com