Defesa & Geopolítica

Líbia: mísseis desaparecem de paiol em Trípoli

Posted by

Numa altura em que há informações que dão conta de pilhagens de armas na Líbia, desapareceu uma importante quantidade de mísseis terra-ar de fabrico russo, que estavam num paiol, em Trípoli.

A notícia está a ser avançada pela CNN, que explica que os mísseis em causa se tratam de Grinch SA-24, equivalentes aos stinger norte-americanos.

A cadeia televisiva explica que uma equipa de reportagem e elementos da organização humanitária Human Rights Watch encontraram dezenas de caixas vazias com listas de números de inventário que identificavam o armamento em falta com os Grinch SA-24, também conhecidos como Igla-S.

Este tipo de armamento, que pode ser transportado e usado ao ombro por um só homem, foi concebido para destruir aeronaves na frente de combate. Têm capacidade para destruir um avião a mais de três 3.300 metros de altitude e um alcance de quase seis quilómetros em linha recta.

Algumas testemunhas disseram à Human Rights Watch que rebeldes ligados ao Conselho Nacional de Transição levaram armas do paiol, que fica perto da base de uma unidade de forças especiais do regime de Khadafi, no sudeste da cidade.

Além da ausência destes mísseis, foram encontradas caixas vazias que deveriam conter mísseis terra-ar SA-7.

Este tipo de armamento pode ser vendido por milhares de dólares no mercado negro.

O director de emergências da Human Rights Watch, Peter Bouckaert, disse à CNN que a sua organização deu conta que nos depósitos de armas espalhados pela Líbia que foram pilhados o primeiro tipo de armamento que desaparece são os mísseis terra-ar.

«Estamos a falar de cerca de 20 mil mísseis terra-ar em toda a Líbia, e vimos carros cheios deles», disse.

A CNN salienta que o Conselho Nacional de Transição não teceu qualquer comentário sobre o tema.

Fonte: TVI24

19 Comments

shared on wplocker.com