Defesa & Geopolítica

Argentina e Brasil ratificam Atlântico Sul 'sem armas nucleares'

Posted by

Os ministros da Defesa do Brasil, Celso Amorim, e da Argentina, Arturo Puricelli, ratificaram o compromisso de manter o Atlântico Sul como zona de paz e livre de armas nucleares, entre outros pontos de uma declaração conjunta assinada nesta segunda-feira em Buenos Aires.

Durante a reunião, os dois ministros revisaram a agenda de cooperação bilateral em matéria de defesa, indicou uma nota de imprensa do ministério argentino.

“Para o Brasil, nada foi mais importante que a aproximação com a Argentina, superando rivalidades históricas”, disse Amorim à imprensa, em sua primeira visita oficial à Argentina como ministro da Defesa, cargo que assumiu há um mês, depois de atuar como chanceler durante o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Em linha com o acordado entre as presidentes Cristina Kirchner e Dilma Rousseff em julho passado, os ministros resolveram “aprofundar ações destinadas a desenvolver uma agenda de cooperação bilateral em matéria de defesa no contexto da aliança estratégica entre ambos os países”.

Nesse cenário, identificaram áreas de interesse comum, como “a manutenção do Atlântico Sul como zona de paz e cooperação e livre de armas nucleares”, segundo o comunicado à imprensa.

Os dois ministros analisaram também a possibilidade de realizar treinamentos conjuntos, com a eventual participação de outros países.

Resolveram coordenar posições sobre a Missão das Nações Unidas no Haiti (Minustah) assim como de ações e posturas no Conselho de Defesa Sul-Americano da Unasul (União das Nações Sul-Americanas) e outros fóruns.

Também defendem aprofundar a troca de formação e capacitação especialmente em engenharia de defesa e aumentar a cooperação em matéria de treinamento e apoio logístico.

Os governos resolveram também avançar no desenvolvimento de veículos blindados e cooperar em matéria de indústria naval e aeroespacial.

Outro objetivo é o de “concluir em breve” o processo de assinatura de um acordo entre os dois governos sobre medidas de segurança para a proteção de informação confidencial em matéria de defesa, segundo o comunicado.

Ministros da Defesa destacam aliança entre Brasil e Argentina

Os ministros da Defesa de Brasil e Argentina, Celso Amorim e Arturo Puricelli, respectivamente, ressaltaram nesta segunda-feira a importância de uma aliança estratégica entre os dois países e repassaram os temas da agenda bilateral para defesa.

No encontro, realizado em Buenos Aires, Puricelli e Amorim buscaram afinidades entre os governos para aprofundar a integração entre ambos os países, enfatizando que Argentina e Brasil servem como referência para todo o continente.

Em sua primeira visita à Argentina desde que assumiu o cargo de Ministro da Defesa, em agosto, Celso Amorim afirmou que a aproximação com a Argentina foi fundamental em termos de aliança estratégica, servindo de base para uma possível integração regional.

No final, ambos os ministros repassaram os temas em comum sobre os projetos de defesa, que vão desde a cooperação político-estratégica, projetos conjuntos em ciência, tecnologia e produção, até cooperações na Antártida e no Atlântico Sul.

Argentina e Brasil ratificam Atlântico Sul ‘sem armas nucleares’  – Fonte:  UOL

Ministros da Defesa destacam aliança entre Brasil e Argentina  –   Fonte: UOL

44 Comments

shared on wplocker.com