Defesa & Geopolítica

Navio-Patrulha Fluvial Roraima realiza Ação de Presença, Patrulha e Inspeção Naval no rio Japurá

Posted by

Navio-Patrulha Fluvial “Roraima” nas proximidades da cachoeira do Jacamim

Durante a Operação “Ágata I”, o Navio-Patrulha Fluvial (NPaFlu) “Roraima” (P30) realizou Ação de Presença, Patrulha e Inspeção Naval em toda calha do rio Japurá, com a participação do 3º Pelotão Especial de Fronteira de Vila Bittencourt e do Esquadrão 1º/12 – Esquadrão de Veículos Aéreos não Tripulados (VANT) com sede em Santa Maria (RS).

O VANT observou, ao longo de três dias de voos na região, indícios de um grupo de pessoas isoladas, em atividades suspeitas na região, nas proximidades da fronteira do Brasil com a Colômbia. Ao ser acionado no dia 13 de agosto, o NPaFlu “Roraima” desatracou de Vila Bittencourt, acompanhado de 4 lanchas orgânicas do Exército Nacional da Colômbia, 2 Embarcações de Transporte de Tropas do Exército Brasileiro e 2 Lanchas de Ação Rápida da Marinha do Brasil, além de dois Grupos de Combate guarnecidos por Fuzileiros Navais do Batalhão de Operações Ribeirinhas.

Na Operação “Ágata I”, realizada de 05 a 19 de agosto, na Amazônia Ocidental, coube a Marinha do Brasil o papel de prover apoio médico, logístico e demonstrar um bom trabalho diante das possíveis ameaças, navegando 46 km do rio Apaporis e mais 29 km no rio Traíra. Toda a navegação foi concluída com sucesso, cabendo ressaltar que o rio Traíra, de características marcantes em sua sinuosidade, largura aproximada de 70 metros e sondagens variando entre 1,9 a 6,5 metros, com média de 4,5 metros de profundidade, permitiu que o P30 atingisse, com sucesso, a cachoeira do Jacamim, limite natural do rio, nunca antes navegado pela Marinha do Brasil.

Fonte: Marinha do Brasil

22 Comments

  1. Onde se lê “comandante” de Mar-e-guerra, leia-se “captão-de mar-e-guerra.
    sds
    E.M.Pinto

  2. 1maluquinho says:

    Lindinhu né mesmo nossas banheirinhas e toda a parafernalia midialitica a mostrar nossos entusiasmados por amor e simplesmente por isso demonstrando destreza e sincronia.Helo Brazil i fuck you my baby…Os caras estão construindo a toque de caixa em segredo uma esquadra de mini-destroyers e mini corvetas adequadissimas para emprego Amazonico e recheadas com o supra-sumo de suas tecnologias enquanto nós nos alegramos de vermos nossos bravos guerreiros brincando de policiais aguardando serem exterminados por adversos.Isso ninguem fala,isso ninguem se importa.Não dá Ibope e mesmo que desse a midia é GDA e PIGada a serviço da manipulação de Lobos.Que estejamos preparados,muito embreve combateremos com paus,pedras e bombas caseiras o Gafanhoto que vem em nuvens do Norte.

  3. NobruRJ says:

    Excelente!
    Caro E.M Pinto,
    Sabe dizer se esse navio é fabricado no Brasil? Abçs.

  4. 1maluquinho says:

    E agora Escravinhas Sadomasoquistas do Vampiro ajuntem-se uns adentrando os trazeiros dos outros e façam um estrondoso corinho dizendo que sou contra toda e qualquer iniciativa.Não sou um otario Entusiasta de Plantão a soltar uivinhos e gritinhos com toda manipulação midialitica que nos apresentam.Plutos e Patetas são personagens Disney embora muitos Brasileiros vivenciam-los em carne e osso.Peter Pan cresceu e empurou a espada na Fada Sininho rsrs rsrs

  5. 1maluquinho says:

    Sabem o engraçado de tudo isso que pra fazerem nossos soldados brincarem de policiais se tem dinheiro mas para manutenção operativa essencial no patrulhamento da soberania nacional entra em ação o conta-gotas e para adestramento efetivo da tropa com efetivas manobras confuntas de simulações de emprego de combate então nem se fala ja os limitaram a brincarem em games.

  6. StadeuR says:

    Esses navios já estão operando com vants do mesmo tipo que os fuzileiros?
    Se não tiver, demorou.
    —-
    http://www.naval.com.br/blog/wp-content/uploads/2011/06/Carcara.jpg

  7. Creio que podes saber mais sobre o navio neste link
    O Navio-Patrulha Fluvial Roraima – P 30, é o primeiro navio a ostentar esse nome(1) na Marinha do Brasil ao estado de Roraima. Foi construído pelo estaleiro MacLaren Estaleiros e Serviços Marítimos S/A., em Niterói, seguindo o projeto do Engenheiro Naval Jorge A. M. Vasques. Foi lançado ao mar em 9 de novembro de 1972, tendo como madrinha a Sra. Ruth Rademaker, esposa do então Vice-Presidente da Republica, Almirante-de-Esquadra Augusto Hamann Rademaker Grünewald. Foi submetido a Mostra de Armamento e incorporado em 21 de fevereiro de 1975.
    http://www.naviosbrasileiros.com.br/ngb/R/R057/R057.htm
    abraço
    Edilson

  8. NobruRJ says:

    E.M.Pinto disse:
    25/08/2011 às 15:25

    Valeu pela explicação e o link! O caminho é esse mesmo nacionalizar a fabricação o máximo que pudermos.
    Abrç.

  9. NobruRJ

    A única coisa que é fabricado no Brasil é menino no Piauí ;
    Trombadinha em São Paulo e Rio de Janeiro ;
    Ladrão de todos os modelos na fábrica da Praça dos Três Poderes aqui em Brasília ;
    Puta , travesti , mendigo , mãe solteira , cachaceiro , traficante , que até em promoção do país no exterior já é feita !

    Em resumo , não fabricamos nada com valor agregado !

  10. Lucas says:

    Muito bom, e essa operacao deve se estender por mais tempo. e tambem devemos agir nas grades cidades, em favelas, isso e sim um otimo treinamento

  11. Temos de efetuar + x essa operações e c + navios ,fabricados aqui, e Ademar Vila Nova , gostei, valeu. Sds.

  12. Ferreira Junior says:

    A informação do Maluquinho procede já estes navios sendo construidos no Discovery.

  13. Dandolo says:

    Em tempo de paz os militares têm que ajudar o povo, mas não os da ativa; os da reserva. Os da ativa tem que estar matando traficantes nas fronteiras e morros cariocas. Se o Exército não matar bandido e traficante, não serve para a guerra. Vamos colocar a polícia como tropa de infantaria. Eu penso assim: Quantos traficantes do EB matou e prendeu por mês ? Esse é o meu termômetro de eficiência.

  14. Eduardo Simões says:

    1maluquinho
    “… ajuntem-se uns adentrando os trazeiros dos outros e façam um estrondoso corinho…”

    —->>> Pra quê isso?! <<<—–

    E o editor tinha dito que esse tipo de comentário não passaria…

  15. Afonso says:

    1maluquinho, meu amigo, acho que você tem pensamentos e bases racionais um tanto equilibradas. Mas, infelizmente, as vezes, sua forma de se expressar é agressiva demais. Somente isto.
    Quanto a participação das Forças Armadas contra o crime organizado, sou totalme a favor. Isso dá expertize a elas e evita que seus membros sejam corrompidos pelos bandidos, que estão infiltrando-se em todas as instituições. É bom, pois fica claro que o bandido é inimigo do povo e as Forças Armadas são as protetoras destes.
    Um grande abraço.

  16. 1maluquinho says:

    Amiguinho Eduardo Simões raclama no PROCON

  17. Qtos + = a esses navios serão incorporados a n MB?Sds

  18. 1maluquinho says:

    AFONSO o crime se infiltra ate nos meios militares e politicos.A Cocaina patrocina governos e os derruba tambem.Sou a favor de um enganjamento total no combate contra o crime em geral e isso envolve acima de tudo as nossas forças armadas.O que sou contra é com a disposição DO PODER MANGUAÇA em descaracteriza-la,transformando-os em policiais da fronteira com a Colombia para agradar a Yankees enquanto a mais de um mes funcionarios da FUNAI gritam internet afora que o EB va na fronteira do Acre com o Peru onde paramilitares Peruanos estão dezimando nossos Indios e Brasilia finge que não vê para não contrariar o “COMPANHEIRO GOVERNO PERUANO” e favorecer a ganancia de empresas mineradoras Brasileiras e a Petrobras onde o Peru que alem de dezimar os proprios Indios ja comprometeram a Amazonia deles em 70% a especulação de multinacionais extrangeiras.Não existe pais nenhum do mundo,ONGs ou midias falando sobre isso.O mundo esta acobertanto essa realidade atroz apenas por olho grande em dinheiro.Enquanto nós Brasileiros somos impedidos de todas as formas para apenas fazermos uma hidreletrica na Amazonia tão primordial para que possamos implementarmos serviços basicos e desenvolvimento na região.Matemos todos os nordestinos e apenas la plantemos Cactus que ninguem tambem se importara pois la não existem atrativos energeticos,minerais ou aquiferos.Precisamos pensarmos mais no Brasil,realmente defendermos nossa soberania e interesses ao invez de não implementarmos nossas necessidades e priorizarmos desenvolvermos e enriquecermos as RATAZANAS VIZINHAS e previlegiarmos nossos empresarios ganaciossos e ainda fazermos vistas grossas para o banditismo instalado em todos os niveis de nossa sociedade.É preciso passar o Brasil a limpo e se blindam de todas as formas interferindo na segurança,manipulando a justiça e descaracterizando e ate arregimentando e promovendo simpatizantes militares…THE NEW COMUNISM MADE IN BRASILIA…Social-Democracia rsrs rsrs

  19. Eduardo Simões says:

    1maluquinho

    Vai tirar teu queijo donzelo!!!

  20. 1maluquinho says:

    EDUARDO SIMÕES isso aqui é um espaço aberto onde são disponibilizadas noticias para apreciação e discussão e se voce não tem como discutir um assunto com argumentos vira a tua buzanfa pra outro que comigo não se emprenharas pela bunda.Procure um protologista para curar tua hemorroida.

  21. Cils Zayit says:

    Li em outro blog uma matéria sobre a vigilância nos rios da amazônia. Muitos aqui não sabem, mas estão sendo construídos algumas dezenas de NPaFlu, com características distintas.

  22. 1maluquinho says:

    Nós estamos construindo algumas dezenas de NPaFlu e o Irmão Caim do Norte a quase 2 anos constroi a toque de caixa uma frota de mini-destroyers e mini-fragatas adequadissimas para emprego Amazonico que com seus F15 e F16 baseados na Colombia vão brincarem com a gente.

shared on wplocker.com