Defesa & Geopolítica

Batalha em Trípoli tem primeiros sinais de massacre, Khadafi promete 'destruir' rebeldes

Posted by

http://wscdn.bbc.co.uk/worldservice/assets/images/2011/08/25/110825201409_tripoli_khadafi_massacre_lybia_304x171_reuters.jpgEnquanto a caçada ao coronel Muamar Khadafi prossegue, dois dias após a tomada de seu quartel-general pelas forças rebeldes da Líbia, jornalistas da BBC testemunharam os primeiros sinais de massacres nos confrontos ocorridos na capital, Trípoli.

Os correspondentes verificaram nesta quinta-feira sinais de chacina nos dois lados envolvidos no conflito.

Apenas em um hospital no distrito de Mitiga, em Trípoli, o repórter Rupert Wingfield-Hayes contou 17 corpos, todos de militantes rebeldes.

Segundo os médicos, os rebeldes haviam sido feito prisioneiros pelas forças de Khadafi em uma escola. Os corpos apresentam marcas de tortura e de muitos disparos. Há relatos de pelo menos uma execução sumária.

“Metade dos 17 corpos tinha marcas de tiro na nuca. Muitos estão desfigurados, com ferimentos nas pernas e nos braços que não têm explicação”, disse um médico, que não se identificou.

Em um discurso transmitido nesta quinta-feira por uma TV favorável a Khadafi, o líder líbio convocou tribos aliadas para “liberar Trípoli” e para capturar e matar “os ratos (inimigos), rua por rua, casa por casa”.

Khadafi pediu ainda aos aliados que levassem suas “mulheres e crianças para purificar Trípoli”.

O paradeiro do líder líbio ainda é incerto. Nesta quinta-feira, porém, correm rumores não confirmados de que Khadafi estaria encurralado em um dos prédios de seu quartel-general, ocupado pelas forças rebeldes na terça-feira.

Sinais de execução

O chefe do escritório da BBC no Oriente Médio, Paul Danahar, relata ter visto corpos de dois soldados leais a Khadafi também com sinais de execução.

APHá bolsões de resistência do regime em Trípoli; tiros são disparados no QG de Khadafi (Foto: AP)

Os dois militares foram mortos com as mãos amarradas junto às costas.

Um porta-voz da Cruz Vermelha disse à BBC que os dois lados mantêm centenas de prisioneiros. Robin Waudo pediu às partes envolvidas que respeitem os direitos de prisioneiros de guerra, dispostos em convenções internacionais.

A Anistia Internacional também denunciou execuções sumárias de prisioneiros nos dois lados do conflito.

Dois dias após a tomada do quartel-general de Khadafi, há vários bolsões de resistência do regime em Trípoli. Tiros ainda são disparados com frequência no complexo governamental e residencial de Bab al-Aziziya.

Os rebeldes agora estão vasculhando a rede de túneis do complexo, em busca de Khadafi e de seus familiares.

Também há troca de tiros no distrito de Abu Salim, a menos de 2 km do Corinthia Hotel, onde a maior parte dos jornalistas estrangeiros estão hospedados.

Sirte

Após assumir o controle da maior parte da capital da Líbia, Trípoli, forças rebeldes começaram a se dirigir nesta quinta-feira rumo à cidade natal de Khadafi, Sirte.

Houve combates violentos na estrada a caminho da cidade, com artilharia e ataques com foguetes.

Combatentes pró-Khadafi ainda controlam Sirte, a cerca de 450 km ao leste de Trípoli, e Sabha, a 650 km ao sul, no deserto.

Rebeldes nas ruas de Trípoli. AFPKhadafi pediu às tribos que levem suas ‘mulheres e crianças para purificar Trípoli’ (Foto: AFP)

Ajuda urgente

O Conselho Nacional de Transição (CNT), já reconhecido como governo legítimo da Líbia por grande parte da comunidade internacional (no entanto, não pelo Brasil), disse que precisa de US$ 5 bilhões para evitar uma crise humanitária no país.

Membros do Conselho estão negociando a liberação de investimentos do regime líbio em contas no exterior. Estados Unidos, Suíça, França e Itália já prometeram descongelar ativos da Líbia.

O líder do CNT, Mahmoud Jibril, disse na Itália que o Conselho precisa de ajuda urgente.

“Nosso povo não tem recebido salário por meses. Estamos dizendo a nossos amigos que o maior elemento desestabilizador seria o fracasso do CNT, caso não consigamos oferecer os serviços necessários e pagar o salário (dos servidores)”, disse Jibril.

Ele falou ao lado do primeiro-ministro Silvio Berlusconi, um dia após encontrar o presidente francês, Nicolas Sarkozy.

Fonte: BBC Brasil


Khadafi promete ‘destruir’ rebeldes e pede resistência contra ‘intervenção’

Enquanto as forças rebeldes avançam em Trípoli e outras cidades da Líbia, o áudio de um discurso atribuído a Muamar Khadafi foi transmitido nesta quinta-feira por um canal de TV que permanece leal ao líder líbio.

No pronunciamento, Khadafi pede às tribos do interior que marchem à capital do país para lutar conta “a intervenção estrangeira”. Ele pede ainda a seus apoiadores que levem suas “mulheres e crianças para purificar Trípoli”.

No momento do discurso, correm rumores não confirmados de que Khadafi estaria encurralado em um dos prédios de seu quartel-general, ocupado pelas forças rebeldes na terça-feira.

No discurso endereçado aos moradores de Sirte, cidade natal de Khadafi, o líder líbio pede a seus aliados que “deixem suas casas e liberem Trípoli”.

“Nós precisamos resistir aos ratos inimigos, que serão derrotados graças à luta armada”, disse. Ele pediu aos aliados para capturar e matar “os ratos, rua por rua, casa por casa”.

Khadafi pede também que todas as tribos do país levem suas “mulheres e crianças” para “purificar Trípoli”.


O líder líbio também citou o presidente Nicolas Sarkozy, o primeiro a reconhecer o Conselho Nacional de Transição (CNT), das forças rebeldes.

“A Líbia é para o povo líbio, não para o imperialismo, não para a França, não para Sarkozy, não para a Itália”, disse.

Sirte

Após assumir o controle da maior parte da capital da Líbia, Trípoli, forças rebeldes começaram a marchar nesta quinta-feira rumo à cidade natal de Khadafi, Sirte.

Combatentes pró-Khadafi ainda controlam Sirte, a cerca de 450 quilômetros ao leste de Trípoli, e Sabha, a 650 quilômetros ao sul, no deserto.

Houve combates violentos na estrada a caminho da cidade, com artilharia e ataques com foguetes.

Forças leais a Khadafi resistiam à ofensiva, bloqueando o avanço rebelde na cidade de Bin Jawad.

Caçada

A liderança rebelde também ofereceu a Khadafi a opção de deixar o país em segurança, se renunciar ao poder.

Na quarta-feira, a coalizão de grupos rebeldes, o Conselho Nacional de Transição (CNT), anunciou uma anistia para membros do “círculo íntimo” de Khadafi que o capturem ou matem.

Um empresário líbio ofereceu US$ 1,7 milhão (cerca de R$ 2,7 milhões) pela captura de Khadafi “vivo ou morto”, segundo os rebeldes. Mustafa Abdul Jalil, presidente do CNT, disse na quarta-feira que a iniciativa conta com o apoio dos rebeldes.

Khadafi enfrenta também um mandado de prisão emitido pelo Tribunal Penal Internacional, por acusações de crimes contra a humanidade.

Comandantes das forças rebeldes afirmaram que é importante capturar ou matar Khadafi para eliminar qualquer possibilidade de que o líder ou seus partidários possam organizar um contra-ataque.

Fonte: BBC Brasil

21 Comments

  1. caiozin says:

    Ele ainda vai virar o jogo….

  2. Lucas says:

    Tambem acho q isso vai virar e muito sangue vai sangrar ainda

  3. D3lta says:

    O jogo já virou…. só faltam agora mostrar a cabeça do Kadafin na CNN, coroando a barbarie toda… 😐

  4. jacó says:

    Essa desorganizada e desastrada operação da otan mostra que é impossivel uma nação gigantesca como China Brasil Russia e EUa um dia ser invadido só em senho.

  5. Ainda vai virar o jogo de quem se esconde +,ele ou o osamabiladen..e morrer no final. Burro.sds.

  6. Wi says:

    Agora até a a BBC está reconhecendo que não é “game over”…
    Trípoli não caiu sob domínio da OTAN(ou seus mercenários “rebeldes”…), foi tudo uma gigantesca operação de guerra psicológica, a batalha ainda está em curso…
    .
    Más aqueles que manipulam os cordéis da guerra já começam a salivar e se assanhar com o butim líbio:
    ——————————————————————————
    “Líder da comunidade líbia-judaica no Reino Unido: fui convidado para concorrer a um cargo na Líbia”
    .
    Raphael Luzon, o líder da comunidade judaica da Líbia na Grã-Bretanha disse que foi convidado a concorrer a um cargo político na Líbia pós-Muammar Kadafi . (Foto: Raphael Luzon primeira sessão, à esquerda na “judeus da Líbia Congresso” no Reino Unido – http://www.voltairenet.org/local/cache-vignettes/L400xH272/arton171210-ed0ac.jpg )
    .
    Raphael Luzon disse ao Jerusalem Post na terça-feira, um dia depois da queda da capital líbia para as forças rebeldes , que o líder da oposição Mustafa Abdul Jalil o tinha convidado para retornar à Líbia e participar de eleições livres. Jalil é um ex-ministro da Justiça líbio e agora presidente do conselho rebelde em Benghazi.
    .
    Luzon disse ao jornal que ele foi convidado a participar nas eleições “, porque eles gostariam que fosse aberta a todas as pessoas, incluindo mulheres e judeus .”
    .
    Luzon, cuja família fugiu da Líbia em 1967, encontrou-se duas vezes com Gadhafi nos últimos anos. Ele disse que iria aguardar a evolução do país antes de tomar uma decisão.
    .
    Reconstrução do país devastado pela guerra e a restituição de bens judeus confiscados pelo regime da Líbia estaria no topo da sua agenda política, disse Luzon ao Jerusalem Post.
    ……………………………………………
    Dois R, Restituição e Reconstrução, daquilo que a OTAN destruiu! com dinheiro que fluirá generosamente das reservas líbias é claro…= um ‘E’, de Espoliação!

  7. Jonnas says:

    Todos os saqueadores morrerão no “mármore do inferno”!

    “”Khadafi enfrenta também um mandado de prisão emitido pelo Tribunal Penal Internacional, por acusações de crimes contra a humanidade.”” Manda o processo também para os EUA quanto a guantânamo!

    HIPOCRISIA! NO MUNDO REGE A LEI DAS ARMAS, ACORDA DILMA!!!

  8. César Pereira says:

    As notícias continuam truncadas,hora dizem que capturaram Fulano e Sicrano e os mesmos aparecem livres em seguida,como podem haver canais de tv a favor de Kadafi ainda transmitindo suas mensagens? quando os rebeldes do CNT dizem que está tudo dominado?
    OQUE MAIS ME CHAMOU A ATENÇÃO FOI A VERDADE DITA POR KADAFI
    ”“A Líbia é para o povo líbio, não para o imperialismo, não para a França, não para Sarkozy, não para a Itália”
    Chega a ser irônico ver Sarkozy que teve sua campanha patrocinada com dinheiro líbio dando uma de bom moço,e o CNT de abraços com a Itália que tanto mau fez a Líbia !
    Jalil é um ex-ministro da Justiça líbio e agora presidente do conselho rebelde em Benghazi,ele era ministro da Justiça de uma suposta ditadura,certamente se vendeu OTAN,chega a ser pior que Kadafi!

  9. Rafael-JF says:

    Só sei que já esta todo mundo de olho na fortuna do cara,

  10. antonio says:

    Historicamente a estratégia da diplomacia brasileira sempre cometeu os piores erros, com uma total falta de visão e uma imbecilidade de deixar atônito o mundo. Desde a era Getulio Vargas quando a diplomacia e governo brasileiros eram pro-alemanha nazista, até os dias de hoje. Com o governo petista e LULA apoiando as ditaduras que cometem crimes contra os direitos humanos, sempre tomando posições anti-democraticas com seu apoio a governos ditatoriais.
    Onde suas populações são oprimidas e massacradas . Esse apoio a ditaduras, poderá siguinificar que no futuro o PT pretenda dar um golpe de estado no Brasil. Querendo com sua atual diplomacia, obter apoio e reconhecimento das mesmas ditaduras com as quais simpatiza e defende os interesses no cenario mundial ?
    Acreditar que o apoio pro Kadafi de nossa diplomacia fanfarrona não irá afetar as relações comerciais e empresas brasileiras na Libia !. É o mesmo que acreditar em Coelinho da Páscoa e Papai Noel. Bem como não poderia deixar de ser historicamente com nossa acefala diplomacia, sempre estaremos do lado errado, do lado perdedor, da anti-democracia.
    O Partido do PT ( partido dos trabalhadores) quer ser o Khmer Vermelho do Brasil e o LULA sonha em ser o Fidel Castro do Brasil (Ditador/Presidente vitalicio) . Nada é tão ruim que não possa piorar…

  11. Eduardo Carvalho says:

    Infelizmente tem muitos pelo mundo que ainda repetem a ladainha das forças saqueadoras da Europa-Eua…
    Como se esse povo do norte hegemonista ligassem para os demais povos do mundo.
    Mas, apesar de não gostar de Kadafi, inda acho que ele é melhor para os Líbios do que será essa camarilha que lhe toma o poder agora.
    Pelo menos, com Kadafi o povo Líbio conheceu alguma prosperidade, algo que pelas mãos colonialistas da Itália ( e demais Europeus, por meio de seus representantes locais) nunca aconteceu…

  12. Wi says:

    “Desde a era Getulio Vargas quando a diplomacia e governo brasileiros eram pro-alemanha nazista, até os dias de hoje. “Com o governo petista e LULA apoiando as ditaduras que cometem crimes contra os direitos humanos, sempre tomando posições anti-democraticas com seu apoio a governos ditatoriais.”
    ………………………………………………
    Nada disso é verdade.
    .
    Getúlio combateu o integralismo e o nazismo no Brasil, este vídeo tem boas informações:
    .
    http://www.youtube.com/watch?v=1osFiy8Jf4I&feature=player_embedded
    .
    E em matéria de direitos humanos e liberdade. É motivo de orgulho que o governo brasileiro mantenha a tradição humanista da diplomacia brasileira. Justamente por não se alinhar automaticamente à política genocida de países que assassinaram milhões de seres humanos, somente nos últimos 20 anos, em guerras “justificadas” por enormes mentiras, tais como:
    .
    -As “armas de destruição em massa” do Iraque;
    – O 11/09 como justificativa para a invasão do Afeganistão (uma guerra já há muito planejada);
    -As mentiras (já ficou provado que foram
    acusações caluniosas) sobre Kadafi ter mandado matar e estuprar milhares de opositores, antes do inicio da intervenção/invasão da OTAN, como justificativa para a intervenção
    …………..
    Isto citando apenas algumas…

  13. Wi says:

    E “pau que bate em chico bate em Francisco”
    .
    Ter brasileiros apoiando e compactuando com o padrão de mentiras e campanhas midiáticas que são inventadas para “justificar” invasões da OTAN/EUA; é burrice, um tiro no próprio pé!
    .
    Vai contra os interesses maiores do Brasil…
    .
    http://www.youtube.com/watch?v=cTo-mxT9eXM&NR=1
    .

  14. Dandolo says:

    Pessoal, a ONU não serve para nada. Vamos ter que fechar a ONU e criar uma outra organização com outro nome, pois ONU passou a ser pejorativo, feio e incompetente.A ONU deveria ter invadido a Líbia para retirar Kadafi e seus generais do poder, antes que esse demônio tirasse a vida de tantos líbios. Agora é tarde. Espero que a ONU envie urgentemente uma tropa de infantaria para limpar a área, e julgar Kadafi e seus generais, e levá-los para a forca ou fuzilamento.

  15. Darth Sidious says:

    Gen. Kadhafi se vc vira essa guerra meu amigo, pode te certeza, muitos generais aqui vão brinda-lo vai servi de exemplo se até agora ta dando conta do recado com a ONU, precisamos de alguém assim para mostra como um mestre faz uma jogada é da um xeque-mate nesses Yankees, é Franceses, so massacram os fracos, agora a alemanha entrou na Siria, não sei naum a coisa ta feia, boa sorte.

  16. HMS TIRELESS says:
  17. pe de cao says:

    na verdade as reserva do pais saqueado vao ser usadas nao para reconstruir a libia mas sim para ajudar a salvar as economias de alguns paises europeus como a frança de napoleao ou a italia de musssoline e vai ajudar o continuismo das guerras de saque feitas pelos piratas gringos do bush e é por isso que eu espero que o kadafi consiga resistir o maximo possivel porque quanto mais ele resiste mais a guerra de saque fica despendiosa e acaba que equilibrando os lucros com o prejuiso mas mesmo asssim da um lucro danado saquear usando mercenarios

  18. kadhafi? esse já era. RIP.

  19. leonardo_sp says:

    pessoal nao viagem , a libia nao é igual ao afeganistao, e Khadafi pode aparecer morto a qualquer momento.

shared on wplocker.com