Defesa & Geopolítica

Deu no Cavok: Índia converterá seus SU 30MKI em "Super caças"

Posted by


Os caças de superioridade aérea Sukhoi Su-30MKI da Índia em breve serão transformados em ‘Super Sukhois” pela atualização deles com características de jatos de combate de quinta geração, anunciou o fabricante russo de equipamento militar Irkut Corporation. A atualização vai incluir um novo cockpit, um radar melhorado e características avançadas stealth para tornar as aeronaves menos visíveis ao radar inimigo do que as atuais aeronaves Sukhoi Su-30 da Força Aérea da Índia, destacou durante o MAKS 2011 o presidente da Irkut Alexy Fedorov.

A Força Aérea da Índia tem atualmente cinco esquadrões operacionais de caças Sukhoi Su-30MKI, chegando num número de cerca de 100 aeronaves. Ela terá mais de 230 Sukhoi Su-30MKIs ou 13 esquadrões na sua frota até receber todas aeronaves encomendadas.

A frota está sob a produção local sob licença na Hindustan Aeronautics Limited (HAL) baseada em Bangalore, e toda a frota será atualizado para a configuração do ‘Super Sukhoi’.

“A atualização será aplicada não apenas para as aeronaves em serviço com a Força Aérea Indiana (IAF), mas também para as que estão a ser entregues para a Índia e que estão sendo fabricadas sob licença pela HAL”, disse Fedorov.

Mais significativamente, o avião será capaz de transportar uma carga mais pesada de armamento, incluindo a versão lançado no ar do míssil de cruzeiro supersônico BrahMos, acrescentou.

Fedorov disse que o ‘Super Sukhois’ será um avião potente similar em recursos a uma aeronave de quinta geração. No entanto, ele se recusou a fornecer detalhes específicos do upgrade, afirmando que a natureza exata desta aeronave ainda estava para ser decidida entre as partes indiana e russa. As discussões estão atualmente  considerando vários aspectos da proposta de atualização, disse ele.

O chefe da Irkut não forneceu qualquer indicação sobre o custo do projeto de atualização. No entanto, passando pela evolução do custo geral de upgrades similares, o preço poderia estar avaliado em cerca de US$ 1 bilhão.

Enquanto isso, a HAL está otimista sobre sua participação na tecnologia de ponta de quinta geração dos caças do projeto (FGFA).

As aeronaves Sukhoi T-50 – também chamadas de PAK FA – foram reveladas ao público no Internacional Moscow Air Show (MAKS) 2011 na quarta-feira, e a Índia será o único país fora dos EUA e da Rússia que terá um caça de quinta geração.

O presidente da HAL Ashok Naik, que está no MAKS, disse que a participação da HAL no projeto é um “bom caminho”, com um contrato de projeto preliminar assinado entre a Índia e a Rússia de US$ 295 milhões.

O projeto preliminar pode demorar cerca de 18 meses para estar concluido. O projeto detalhado de trabalho, então, seguirá durante o qual o escopo total do projeto está sendo definido. O requisito básico para o caça indiano será de uma configuração biplace, acrescentou.

“A HAL está ansiosa para completar a fase de projeto e avançar com o desenvolvimento”, disse Naik, acrescentando que os detalhes específicos dos componentes indianos que irão para o FGFA serão decididos durante a fase de projeto detalhado.

A HAL estará trabalhando com seu parceiro russo United Aircraft Corporation (UAC) no co-desenvolvimento de uma versão de exportação, no qual a IAF será o primeiro cliente.

A Índia tem uma exigência expressa de 250 a 300 PAK FA, que estão programados para entrarem em operação na Força Aérea Indiana entre 2016-17 e o custo de aquisição da frota provavelmente vai exceder os US$ 35 bilhões. A Rússia também exige um número igual de caças.

Fonte: Deccan Herald – Tradução: Cavok

11 Comments

shared on wplocker.com