Defesa & Geopolítica

Boeing instala simulador do F-18 Super Hornet na Chapelaria do Congresso Nacional

Posted by

http://www.planobrasil.com/wp-content/uploads/2011/04/DSC_4276.jpgFoto Ricardo Pereira Plano Brasil

O veterano piloto Ted Herman estará esta semana em Brasília para demonstrar o simulador do F/A-18 no Senado Federal

A Boeing anunciou hoje (15) que sua divisão de defesa instalará na Chapelaria do Congresso Nacional, a partir da tarde de terça-feira (16), um simulador de voo que demonstrará o conjunto de capacidades do F/A-18E/F Super Hornet Block II. A atração estará disponível até a sexta-feira (19). O público brasileiro poderá voar no simulador e conferir os avanços tecnológicos a bordo do caça.

A Boeing também participará de uma audiência pública, no dia 18, organizada pela Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado para discutir as capacidades do Super Hornet e como ele atende às demandas da Força Aérea Brasileira, assim como transferência de tecnologia e parceria industrial.

Estamos à disposição para esclarecer quaisquer dúvidas dos senadores brasileiros sobre a proposta do Boeing Super Hornet para o Programa F-X2 que reequipará a frota de aviões de caça da Força Aérea Brasileira”, afirmou Joe McAndrew, vice-presidente da Boeing para Desenvolvimento de Negócios Internacionais na Europa, Israel e Américas. “Além de ajudar o Brasil a atingir domínio aéreo, a Boeing pode ainda ser parceira estratégica em diversas áreas, como educação, biocombustíveis, satélites, sistemas não-tripulados (VANTs), redes centralizadas e proteção de infraestruturas críticas”.

O simulador compreende as naceles dianteira e traseira, o que permite a demonstração das capacidades da versão monoplace do Super Hornet (F/A-18E), bem como da versão biplace (F/A-18F). A tela de projeção de 180° oferece uma realidade virtual de cidades, florestas, estradas e prédios, além de aeronaves inimigas. O sistema de simulação é capaz de demonstrar combates aéreos, ataques contra alvos de superfície, navegação e operação dos sistemas de missão da aeronave. Aos operadores, o simulador possibilita ainda pouso e decolagem em pistas convencionais e até de um navio-aeródromo.

Fonte: Tecnologia & Defesa

24 Comments

shared on wplocker.com