Categories
Acidentes e Catástrofes História

Naufrágio de submarino nuclear russo Kursk completa 11 anos

Memorial aos 118 tripulantes do Kursk

Kursk – K 141 — OTAN codenome – Oscar II

O submarino nuclear russo Kursk afundou no dia 12 de agosto de 2000 quando participava de uma série de exercícios no Mar de Barents, localizado ao norte da Rússia e da Noruega, matando os 118 tripulantes que levava a bordo.

A embarcação foi abalada por duas explosões, umas às 11h29 e outra dois minutos mais tarde de até sete ogivas com um impacto equivalente a 2 t ou 3 t de TNT – capaz de ser registrada em sismógrafos do norte da Europa. De acordo com informações do governo russo na época, as explosões preencheram o submarino de chamas, o que levou à morte todos os seus tripulantes.

As primeiras tentativas de entrar no submarino fracassaram e o mau tempo impediu que novas tentativas fossem feitas nos dias seguidas. Os Estados Unidos e o Reino Unido ofereceram o empréstimo de embarcações de resgate, mas elas foram recusadas pelo governo russo. Apenas no dia 16 de agosto, o Kremlin aceitou ajuda britânica e norueguesa, que chegaram ao local da tragédia no dia 19.

Apenas no dia 20, as embarcações britânicas e norueguesas conseguiram alcançar o nono compartimento do Kursk, determinar que ele estava alagado e que não havia mais esperanças de encontrar sobreviventes.

Fonte:  Terra

18 replies on “Naufrágio de submarino nuclear russo Kursk completa 11 anos”

Afinal, o Kursk foi afundado pela explosão de um torpedo dele mesmo ou foi torpedeado por um submarino q eles localizaram em águas Rússas e os mesmo ñ perderam tempo p ñ sarem denuciados, atacaram primeiro, se ñ seriam atacados por t d a esquadra de Ivan? quem sabe?Sds.

.
.
Uma investigação oficial disse que um de seus torpedos explodiu dentro do submarino, mas não conseguiu descobrir por que isso aconteceu.
.
Há quem afirme que o Kursk estava de posse de uma nova arma para esperimento, e que inclusive, este esperimento é que teria cousado a tragedia.
.
Mas, ha também uma versão que permaneceu durante meses na boca das autoridades,a hipótese de uma colisão com um submarino da Otan ou dos EUA, já que na época não era raro que EUA e OTAN tinha por criterio acompanhar bem de perto o movimento dos submarinos russos, especialmente os que portavam mísseis nucleares.
.

Porém, o que acabou prevalecendo foi mesmo a versão da detonação de um de seus torpedos, embora nunca esclarecida completamente.
.
Saudações,
.
konner

Valeu, então ficou mesmo a 1 versão, + c certeza foi um atake de um outro sub ao kursk…+ isso ele jamais vão admitir.sds.

Constantinosays:

O que não querem é admitir que erraram, que cometeram erros que levaram ao afundamento do próprio submarino deles, para escapar à vergonha é melhor até dizer que foi um ovni que o afundou.

Ué, se os russos admitem que houvera problemas no setor de torpedos, como eles não admitem os erros?

Acho mais provável a hipótese de acidente JA que a hipótese de ataque de um outro submarino Nao seria motivo de vergonha mAs sim motivo de represálias por parte de Moscou e inicio de um conflito internacional pois nunca aceitariam isso de boca fechada.

Para mim, foi um acidente mesmo. Uma triste e infeliz tragédia. Que descansem em paz.

Darth Sidioussays:

Muito provável mais tenho um mão presentimento, mais vim um documentario sobre o Kursk, em que horas antes de zarpar eles derrubaram um torpedo, provavelmente foi danificado, bem na hora do teste viserão uma simulação de ataque e dispararam so que o missel não saiu ao contrario se auto-destrui-iu, mais oque mais me supreende foi que rapidinho eles recuperarão o submarino do fundo do mar, por ter varios segredos militares do kremlin, como o futuro missile sucessor do Bulava, com 12 Ogivas cada equivalente a 750 kilotons cada, que estrago isso faria em seus ponteciais inimigos é incalculavéis.

Constantinosays:

Marksman
falo das muitas teorias que envolvem o caso, como o Konner citou.



mentiras..mentiras..mentiras…

a vdd é outra … ou alguem acredita ..q. a marinha russa nao tinha tecnologia para resgatar os sobreviventes a meros 100m de profundidade…

deixaram morrer para esconder o que realmente aconteceu


na época (do acidente..sic..torpedeamento do sub) Putin estava de ferias.. relatos apontam que não voltou para Moscou… pois os EUA poderiam ver com um possivel ato de guerra.. logo depois uma divida de bilhoes..de dolares dos russos com os americanos foi perdoada…e vários oficiais da marinha russa contrario ao incubrimento foram “aposentados”…..FATO !!!

.
.
Xtreme:
.
Falou tudo, também sigo essa linha ai, e os USA recusaram a inspeção do Submarino que os Russos pediram para inspecionar, se os USA não devessem nada no cartório, que problema teria, tanto a inspeção era no exterior mesmo…
.
Valeu!!

Essa historia ficou muito mal contada na epoca,
os russos descartaram a ajuda na data do acontecimento´so depois passados alguns dias aceitaram ,e com uma certa reserva, sabe-se lá é um tremendo misterio, não sobrou ninguem para contar como foi,

Mais essa meu Deus…
De novo os EUA é o grande Big Brother da humanidade.
Os EUA é elevado à condição de superhipermegapotência que a tudo observa, controlando o destino dos simples mortais até nas pequenas coisas.
Onisciente,
Onipotente,
Onipresente.
Sabem tudo. Estão em todo lugar. Influenciam tudo. Têm poder sobre tudo.
E sou eu quem pucha o saco dos Americanos?

HMS TIRELESSsays:

Amigos:
Melhor deixar as teorias conspiratórias de lado. Foi um infeliz acidente que sinistrou um excelente vaso de guerra e matou alguns dos melhores militares russos. Que descansem em paz.

Amém, HMS.
Que descansem em paz.

Ferreira Juniorsays:

Que descansem, mas que ai tem coisa tem.

Quando o USS Scorpion desapareceu no Atlantico em 1968, surgiram “teorias” de que ele teria sido afundado pelos
russos, seja por submarino, ou helicoptero baseado em navio de superficie…li o livro e achei muito interessante, mas o fiz como se fosse um romance do Tom Clancy e nada mais.

O autor de “Kursk Down” Clyde Burleson, tem na minha opinião, a melhor resposta para o que realmente afundou o Kursk… ATITUDE !

Os russos ainda atordoados com o colapso da URSS, chantageando o ocidente para receber ajuda para descomissionar centenas de submarinos nucleares enferrujados, carecendo de recursos e treinamento, mesmo assim, é sempre mais fácil tentar reviver as glorias do passado, com novas armas, que aceitar a nova realidade e
essa atitude afundou o Kursk.

O almirantado russo disse ao Putin ser impossível a retirada do sub do fundo do mar.
A Smit, empresa de recuperação de navios acidentados, se ofereceu e disse que faria.
Depois que o Kursk chegou ao porto, Putin reuniu os almirantes e, na frente dos diretores da Smit, demitiu todo mundo. Foi todo mundo pra reserva bem ao estilo russo.
Quem contou esta história foi meu tio que é o responsável da Smit para o atlantico sul.
Tem um documentário feito pela Smit e uma outra empresa, alemã se não me engano, que retratou a operação de retirada do Kursk do fundo do mar. Esse tio deu uma cópia ao meu Pai. Eu peguei pra upar pro DocsPT e acho que perdi.
Este documentário não foi comercializado… vou ver se ainda acho.

PS. Galera, aparentemente o defeito naquele modelo de torpedo já era conhecido. Não tem mistério. O submarino esta EM TERRA! Não tem mistério mesmo.

Comments are closed.