Defesa & Geopolítica

Deu no CAVOK: Bell Boeing fazem oferta de contrato plurianual de 122 aeronaves V-22 Osprey para Marinha do EUA

Posted by
V-22 Osprey

(*) Click para ampliar

No dia 4 de agosto de 2011, o escritório do programa Bell Boeing V-22 anunciou que apresentou sua proposta para a Marinha dos EUA para um segundo contrato plurianual (MYP II) para a produção e entrega de 122 aeronaves tiltrotoras V-22 Osprey.

Durante cinco anos, a proposta de incentivo de preço fixado proporcionaria ao Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA e ao Comando de Operações Especiais da Força Aérea dos EUA (AFSOC) o complemento total de Ospreys descritos no programa de registros e economias de dois dígitos percentuais definidas pelo Departamento de Defesa ao longo de um um único ano pela estratégia de aquisições. Além disso, a proposta vai fortalecer a produção do Osprey até 2019.

“A Bell Boeing tem o prazer de responder ao pedido da Marinha para a proposta de um segundo contrato de vários anos para a produção de V-22 Osprey”, disse John Rader, diretor-executivo do programa V-22 da Bell Boeing. ”Em uma época que exige uma maior responsabilidade fiscal, o contrato MYP II nos permitiria entregar essa capacidade revolucionária aos nossos clientes da maneira mais eficiente, gerando economias adicionais para o contribuinte americano e trazendo força e estabilidade para a base industrial.”

O programa Bell Boeing V-22 está atualmente no prazo e dentro do orçamento em execução durante a execução do primeiro contrato de vários anos, que inclui os exercícios de 2008-2012 e a produção e entrega de 174 aeronaves: 143 modelos MV-22 para o Corpo de Fuzileiros Navais e 31 modelos CV-22 para o AFSOC. A proposta MYP II inclui 122 aeronaves (115 MV-22 e sete CV-22) ao longo dos anos fiscais 2013-2017, garantindo entregas até 2019.

Um total de dez esquadrões do U.S. Marine Corps e cinco esquadrões do AFSOC de Ospreys estão operacionais hoje em dia, e os dois serviços têm juntos registrado 16 destacamentos bem sucedidos de combate, humanitários, deslocamentos embarcados e de Operações Especiais desde 2007. A frota mundial de Osprey acumulou mais de 115 mil horas de vôo, com quase metade dessas horas registrados nos últimos dois anos.

A capacidade de sobrevivência, segurança e eficiência da missão se tornaram marcas registradas da frota operacional. De acordo com registros Naval Safety Center, o MV-22 teve a mais baixa taxa de falhas Classe A de qualquer helicóptero tático no Corpo de Fuzileiros Navais durante a última década.

Mais de 145 aeronaves tiltrotoras Osprey estão atualmente em operação. Os MV-22 Ospreu do U.S. Marine Corps estão atualmente destacados no Afeganistão na Operação Liberdade Duradoura e apoiam a 22ª Unidade Expedicionária de Fuzileiros Navais nas operações de contingência, enquanto os CV-22s do AFSOC estão destacados em apoio as missões em curso de Operações Especiais.

Fonte: CAVOK

4 Comments

shared on wplocker.com