Defesa & Geopolítica

Dupla planeja missão a Marte

Posted by

http://michigantoday.umich.edu/2009/04/renno.jpgVale ‘exporta’ cientistas para a nasa

Por Filipe Manoukian
Duas das ‘cabeças’ responsáveis pela terceira expedição da Nasa (agência espacial norte-americana) a Marte são brasileiras e com ligações no Vale do Paraíba.

Nilton Renno, de São José, é um dos cientistas que vai controlar a Curiosity (nave que será enviada a Marte) para procurar vida no planeta vermelho.

Renno cresceu em São José, estudou engenharia na Unicamp, fez mestrado no Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) e saiu do país em 1986 para fazer doutorado no MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts), nos Estados Unidos.

Nascido em Guaratinguetá, Ramon Perez de Paula é executivo da Nasa. O monitoramentos das missões espaciais e possíveis resolução dos problemas passam por seu crivo.

Lançamento. O lançamento do Curiosity está previsto para o fim deste ano e sua chegada ao planeta deve ocorrer por volta de agosto de 2012.

“Ela vai aterrissar num local que tem material argiloso, portanto, que teve muita água liquida no passado distante. É um local com bom potencial para se encontrar material orgânico, se a vida um dia se desenvolveu em Marte. A expectativa dos cientistas é grande”, afirmou Renno.

“As descobertas das missões poderão ajudar a humanidade a proteger a Terra e a entender melhor a historia do universo e nossa origem”, disse Ramon de Paula.

Fonte: OVale

9 Comments

  1. juliocedro says:

    Cérebros formados no Brasil servindo à outras pátrias… triste!!

  2. lucena says:

    Caro juliocedro,
    .
    É triste por eles não serem empregados aqui no Brasil,más pelo estudo e pela as pesquisas que eles fazem por lá,enaltece o nosso povo e a ciência,no futuro eles estarão em nossas faculdades passando as suas experiências.
    .
    Eles continuam dando a sua contribuição ao nosso pais a traves dos seus exemplos,afinal eles e tantos outros corroboram com a “tese” que o Brasil não é uma republicana de banana,como alguns insiste em afirmar.
    .
    A ciência necessita de uma política bem consistente e de recursos financeiro a contento.
    .
    Oxalá,que este e os futuros governos do meu querido Brasil, percebam isso.
    .
    abraços

  3. Dandolo says:

    Ele poderia me levar para a NASA, para fabricarmos a Nave 1/3 C.
    Iríamos avançar 200 anos em 10.

  4. Felipe Rodrigo says:

    Não imaginava!
    Que na NASA tinha Brasileiros em projetos tão importantes.

  5. xtreme says:


    triste mesmo é ter cérebro e morrer de fome

    “a pátria é o lugar em que você se sente bem”… by Sócrates

  6. Wi says:

    É por isto que as 75 mil bolsas no exterior, que estão sendo planejadas para serem distribuídas entre os melhores alunos brasileiros, com financiamento do governo, terão a duração de somente um ano…
    .
    Pois se o estudante vai para o exterior e fica lá por 3 , 4, ou 5 anos, a tendência é que se estabeleça no exterior e não volte mais.
    .
    E o interesse é que volte ao Brasil, aqui se estabeleça, case , trabalhe , etc…
    Ficando somente um ano fora é mais provável que estes alunos retornem ao Brasil.

  7. felipe says:

    dandolo vc ñ acha que a nasa já tem essas aero naves k k k eles escondem muita coisa vc ñ é o unico que sabe das tecnologias futuras flws…

  8. Os cara são Brasucas , excelente, mt bom. Uma pergunta: eles se formaram aqui , em n faculdades pública , bancadas por meus míseros salários e altos impostos, os nossos; o q os mesmos deram p o n páis?E tem mt outros. Sds.

  9. Dandolo says:

    Importação / exportação de gênios, super-dotados e intelectuais é praticada desde a época da Grécia Antiga (350 AC).
    Por que o Brasil não está fazendo isso ? Burrice + Idiotice + Imbecilidade. Eu mesmo estou querendo ir embora do Brasil, pois não sou aproveitado. Os chefes possuem miopia tecnológica.

shared on wplocker.com