Defesa & Geopolítica

Marinha da Índia estuda usar VANTs de longo alcance para patrulha marítima

Posted by

No inicio deste ano, a Northrop Grumman respondeu a um RFI (Request For Information) emitido pela Marinha da Índia para um UAS (Unmmaned Aerial System – Sistema Aéreo Não Tripulado) cuja plataforma de voo deve ser capaz de cumprir missões de vigilância voando a grandes altitudes e por longos períodos de tempo, informou uma fonte da empresa estadunidense.

Como resposta à solicitação, a Northrop Grumman apresentou o seu VANT (Veículo Aéreo Não Tripulado) MQ-4C BAMS (Broad Area Maritime Surveillance – Vigilância de Grandes Áreas Marítimas), variante baseada no RQ-4A/B Global Hawk, atualmente operado pela Força Aérea dos Estados Unidos (USAF). O MQ-4C, anteriormente designado RQ-4N, está sendo desenvolvido de acordo com requisitos da Marinha Estadunidense (US Navy). A Northrop Grumman planeja apresentar o primeiro protótipo do MQ-4C no início de 2012 e realizar o primeiro voo com a aeronave ainda no mesmo ano.

A US Navy planeja operar o MQ-4C BAMS conjuntamente com o Boeing P-8A Poseidon de patrulha marítima. Sabe-se que a Northrop Grumman está discutindo com autoridades de Marinha da Índia forma semelhante de operação integrada com os P-8I já encomendados. O primeiro dos oito P-8I chegou recentemente à etapa de montagem final na linha de produção da Boeing em Renton, estado de Washington.

O governo de Nova Delhi esta cada vez mais interessado em sistemas não tripulados de patrulhamento para vigiar grandes áreas, incluindo o Mar Arábico, Oceano Índico e a Baía de Bengala. Em janeiro deste ano, a Marinha da Índia instituiu um segundo esquadrão UAS, que passou a operar VANTs israelenses IAI (Israel Aerospace Industries) Heron e Searcher II para patrulhar o norte do Mar Arábico. Em março, fontes locais classificadas revelaram que a Índia pretende adquirir sistemas UAS adicionais da IAI, provavelmente envolvendo o Heron ou o Heron TP dotados de suítes de sensores específicos para missões navais. Segundo as mesmas fontes, avaliações desses equipamentos já estão em andamento.

Fonte: Tecnologia&Defesa

14 Comments

shared on wplocker.com