Defesa & Geopolítica

Segundo vôo do X-51 termina prematuramente

Posted by

 A “Air Force” descreveu como um voo impecável até ao ponto de lançamento a bordo do Boeing B-52, o X-51 foi lançado com sucesso e foi impulsionado até Mach 5 por um foguete.

O X-51 está equipado com um motor scramjet da Pratt & Whitney, na primeira fase é inflamado por combustível de etileno.

Durante a transição para

o JP-7, combustível desenvolvido pela USAF para aviões supersónicos, ocorreu um “UnStart”, que é descrevido como; quando a onda de choque se move muito longe da frente de entrada de ar, causando um lapso momentâneo de fluxo de ar para o motor. Os motores scramjet dependem de movimentos extremamente precisos da onda de choque e fluxo de ar do motor para funcionar. Uma tentativa subsequente para reiniciar e reorientar as condições ideais não tiveram sucesso.

”Obviamente estamos desapontados e esperavamos melhores resultados”, disse o gerente do programa da força aérea Charlie Brink “, mas estamos muito satisfeitos com os dados recolhidos neste voo. Iremos continuar a analisar os dados para aprender ainda mais sobre esta nova tecnologia, “, acrescentou. “Toda vez que estamos a testar esta nova tecnologia é excitante por que estamos muito mais perto do sucesso.”

Este projeto fez o seu primeiro voo em 26 de Maio de 2010, o X-51 sofreu um problema similar mas o motor foi recuperado com sucesso e o voo continuou até aos 143s quando um outro problema fez que o voo terminasse.

Fonte: Planeta Militar

14 Comments

shared on wplocker.com