Defesa & Geopolítica

LAAD 2011 registrou expansão inédita e presença recorde de autoridades e representantes da indústria

Posted by

http://www.jetrequest.com/event_photo/1294843124LAAD_2011_logo.jpg

Feira de Defesa e Segurança Pública encerra oitava edição com participação de ministros brasileiros e de mais 14 países. Evento recebeu 663 expositores de 40 países e mais de 25 mil visitantes

Rio de Janeiro, 15 de abril de 2011 – A oitava edição da LAAD – Defense & Security, maior e mais importante evento do setor de Defesa e Segurança da América Latina, terminou nesta sexta com crescimento expressivo sobre a edição de 2009, além de participação recorde de autoridades e representantes da Indústria. No balanço geral, o evento contou, ao todo, com a presença de 663 expositores de 40 países, um aumento de praticamente 100% (336) e de 30% (31), respectivamente, em relação à última LAAD. Em termos de visitação, também surpreendeu: mais de 25 mil pessoas circularam pela feira, contra cerca de 18 mil em 2009.

O ponto alto do evento também foi a participação de autoridades de primeiro escalão do Brasil e do exterior. Além do presidente da República em exercício, Michel Temer, que fez a abertura oficial, o destaque foi a presença conjunta inédita na LAAD 2011 dos três ministros de Estado brasileiros – ministro da Defesa, Nelson Jobim, ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, General José Elito Carvalho Siqueira, e ministro de Assuntos Estratégicos, Moreira Franco –, além de ministros ligados à área de Segurança e Defesa de outros 14 países. Ao todo, a LAAD recebeu 300 delegados, representando 63 delegações de 61 países, um crescimento de cerca de 30% em relação aos 235 delegados de 43 delegações de 2009.

A atratividade do evento também ficou evidenciada pela participação dos comandantes das três Forças Armadas brasileiras, que cumpriram agenda intensa de reuniões em todos os dias da LAAD. Da mesma forma, foi intensa a agenda de secretários de segurança de diversos Estados brasileiros, chefes de polícia civil e comandantes-gerais das polícias militares e guardas municipais. O evento recebeu 25 secretários de segurança pública, chefes da Polícia Civil de 24 Estados da Federação, 19 comandantes-gerais e representantes de Corpos de Bombeiro, 17 comandantes-gerais e representantes da Polícia Militar, além de 15 comandantes-gerais de Guardas Municipais.

A LAAD palco de encontros e de debates para aperfeiçoamento do setor. Além do I Seminário de Segurança, que contou também com a presença de especialistas do Brasil e do exterior, a feira recebeu, pela primeira vez, reuniões do Colégio Nacional dos Secretários de Estado de Segurança Pública (CONSESP), do Conselho Nacional de Chefes da Polícia Civil (CONCPC) e do Conselho Nacional das Guardas Municipais (CNGM).

Expansão da indústria nacional

A presença de companhias nacionais também ampliou de forma considerável este ano. Além do aumento do número de empresas expositoras, de 91, na última edição, para 121, nesta LAAD 2011, a indústria nacional dobrou a área de exposição. Os fornecedores internacionais, por sua vez, também cresceram na LAAD 2011: foram 542 expositores, com crescimento de 70% no espaço ocupado. Destaque também para os novos países que marcaram presença na feira: Noruega, Panamá, Paquistão, Portugal, Taiwan, Belarus, China, Eslováquia, Finlândia e Luxemburgo.

Na opinião de Sérgio Jardim, Diretor Geral da Clarion Events, organizadora do evento, o crescimento deve-se à materialização da Estratégia Nacional de Defesa (END), aprovada pelo Governo brasileiro em dezembro de 2008, que trouxe novas perspectivas de investimento ao setor. “O sucesso da feira também decorre do atual ciclo de desenvolvimento econômico do Brasil, que atrai investidores de todo o mundo. Esta é uma excelente oportunidade para a indústria fazer contatos, apresentar suas novidades em prol de futuros negócios, já que há uma forte presença de autoridades com poder de decisão na compra de equipamentos e serviços das áreas de Defesa e Segurança Pública”, disse ele.

O Diretor Geral da Clarion lembra ainda que outra marca da LAAD 2011 foi o elevado número de parcerias de companhias nacionais e estrangeiras da Área de Defesa e Segurança, além de anúncios em linha com a tendência de consolidação nos setores. Um exemplo foi o da Embraer Defesa e Segurança, que anunciou acordos com a Atech Tecnologias Críticas e a AEL Sistemas. Foram ainda divulgadas a parceria da Synergy Defesa e Segurança com a Dígitro (sistemas de segurança) e a aquisição da Focal pela italiana Avio (MRO Aeronáutica). Outro caso foi o acordo da Atmos com a Lockheed Martin (radares de vigilância).

2 Comments

shared on wplocker.com