Defesa & Geopolítica

INDRA IMPLANTARÁ O SISTEMA INTEGRADO DE VIGILANCIA EXTERIOR (SIVE) NA COSTA DE TARRAGONA POR 2,9 MILHÕES DE EUROS

Posted by

http://nickmartins.com.br/atualidades/wp-content/uploads/2011/03/vagas-Indra-2011.jpg

  • O sistema incorpora como inovação sua integração com as estações movéis de outros SIVE’s mediante comunicações por satélite

  • Com este projeto e os que a Indra desenvolve atualmente em Pontevedra e  Portugal, a companhia confirma sua liderança em  segurança de fronteiras e reúne mais de 2.700 quilômetros de costas espanholas e portuguesas, bem como de referências importantes na Letonia, Romênia e Hong Kong

O Ministério do Interior da Espanha concedeu à Indra, uma das principais multinacionais de Tecnologia da Informação da Europa e da América Latina, a implantação fixa do Sistema Integral de Vigilância Exterior (SIVE), gerenciado pela Direção Geral da Polícia e da Guarda Civil, para a costa de Tarragona, por 2,9 milhões de euros.

O sistema integral de última geração que a Indra implementará é composto por três estações de sensores de vigilância com câmeras de longo alcance, dotadas de sistemas de radar e sensores ópticos (infra-vermelho e visivel), uma estação repetidora e um centro de comando e controle, localizado na sede da Guarda Civil em Tarragona, a partir do qual poderá vigiar e melhorar a segurança local. O centro, gerenciado pela Guardia Civil, coleta e processa todas a informação procedente das estações, realiza o controle remoto das mesmas e coordena a resposta das autoridades para detectar possíveis atividades ilegais ou situações de emergência.

Além disso, o sistema de Tarragona é inovador porque permite, pela primeira vez e através de comunicação via satélite, sua integração com as estações móveis de qualquer outra implantação do SIVE. Além disso, entre suas principais características destaca a interconexão de seus sistemas de informação com outras redes de comunicação da Guarda Civil, como as plataformas SAIR (Sistema de Acesso a Informação Remota) e SIRDEE (Sistema de Rádiocomunicações de Emergências do Estado). Ele permite

também sua interconexão com os SIVE’s das províncias contiguas, facilitando o trabalho de controle e a habilitação de protocolos de segurança conjuntos.

A implantação do SIVE tornará possível a detecção de qualquer situação irregular com maior antecedência e reduzirá o tempo de reação por parte das autoridades para facilitar a tomada de decisão e coordenação na resposta. Da mesma forma, permitirá o suporte e coordenação das operações de interceptação e salvamento marítimo, melhorando sua eficiência.

Controle peninsular e europeu

A Indra é líder no desenvolvimento e implementação de sistemas de vigilância costeira na Europa e seus sistemas cobrem quase todo o território de influência da Península Ibérica. A companhia já implementou sua solução em Almería, Huelva, Gran Canaria, Múrcia e Ibiza e está desenvolvendo projetos para Pontevedra e Portugal, reunindo mais de 2.700 quilômetros de costas espanholas e portuguesas. Sua tecnologia também controla mais de 500 quilômetros de costa na Letonia e 250 quilômetros do litoral do Mar Negro, na Romenia.

Como resultado dessa experiência, iniciou recentemente o projeto Perseus (Protection of European BoRders and Seas through the IntElligent Use of Surveillance), liderado pela Indra, que tem como objetivo a proteção dos mares europeus e suas fronteiras mediante o uso inteligente da tecnologia. Este projeto piloto é uma das primeiras e mais importantes iniciativas financiadas no âmbito do VII Programa Marco de P&D da União Européia e será a iniciativa mais emblemática na área de segurança marítima.

Além da Europa, a multinacional de TI tem trabalhado em um ambicioso projeto para cobrir com seus sistemas a vigilância da Ilha de Hong Kong e do arquipélago de mais de 200 ilhas que fazem parte da sua região administrativa. Este sistema está integrado com o sistema de controle de tráfego marítimo de um dos portos mais importantes do mundo por  movimento de carga, tráfego de embarcações e transporte de passageiros.

Eficiência tecnológica

A área de vigilância de fronteiras oferece um importante potencial de crescimento no mercado internacional para a Indra devido a eficácia demonstrada pela SIVE, bem como a crescente demanda por este tipo de sistema para atender à preocupação pelo controle das fronteiras dos Estados. A Espanha, por sua posição geográfica, está anos á  frente em comparação com outros países na implantação destas tecnologias, colocando a Indra como companhia referência no mercado e a sua solução como uma das mais avançados do mundo.

De fato, o controle costeiro e a luta contra a criminalidade e a imigração ilegal tem avançado qualitativamente a partir da aplicação da tecnologia nesse campo. Em 2010 registraram 3.632 chegadas de imigrantes ilegais na costa espanhola, 50,1% menos que em 2009, quando contabilizaram 7.285 imigrantes. A cifra do ano passado é também a mais baixa de toda a década e representa 80,4% a menos em relação à de 2001, ano em que ocorreu  18.517 imigrações irregulares.

Indra no Brasil

A Indra está presente no Brasil desde 1996, conseguindo ao longo destes anos, uma sólida posição nos mercados de administração pública, telecomunicações e indústria e consumo.

A companhia se destaca no país pela sua experiência no mercado de energia e utilities, onde tem se posicionado como referência, aportando o conhecimento de seus profissionais e tecnologia de ponta. No Brasil possui uma ampla cobertura territorial, somando mais de 40 clientes.

Do mesmo modo, a Indra trabalha no Brasil com destacadas companhias de setores como telecomunicações, indústria e consumo, além de mantém contratos de BPO com importantes companhias aéreas do país.

A Indra é uma das principais multinacionais de Tecnología da Informação da Europa e da América Latina. É a segunda companhia européia de seu setor por investimentos em P&D, com cerca de 500 milhões de euros investidos nos últimos três anos. As vendas em 2010 atingiram 2.557 milhões de euros e sua atividade internacional correspondeu a 40%. Conta com mais de 31.000 profissionais e com clientes em mais de 110 países.

One Comment

shared on wplocker.com