Defesa & Geopolítica

Primeiro exercício URUBRA encerra-se com 24 missões de defesa aérea

Posted by

Com a presença do Comandante da Força Aérea Uruguaia (FAU), General do Ar Washington R. Martinez, do Major-Brigadeiro-do-Ar Marcelo Mário de Holanda Coutinho, Comandante do Comando de Defesa Aeroespacial Brasileiro (COMDABRA) e Diretor do Exercício (DIREX), e do Brigadeiro General de Aviação Antonio Alarcon, Comandante do Comando Aéreo de Operações da FAU, o Exercício URUBRA I foi encerrado no dia 29 de abril com uma reunião final realizada na cidade de Durazno, no Uruguai. Militares das Forças Aéreas do Brasil (FAB) e do Uruguai (FAU) fizeram uma análise de todas as atividades realizadas entre os dias 25 e 29 de abril.

“Agradeço ao profissionalismo de todos os envolvidos nesse Exercício”, disse o Major Brigadeiro Holanda. Segundo ele, é do interesse brasileiro integrar-se com os seus vizinhos e os resultados têm sido positivos. “Estava em Brasília coordenando esse Exercício e fiquei satisfeito com a integração e os resultados alcançados”, afirmou.http://www.fab.mil.br/sis/enoticias/imagens/pub/8060/i115314380556055.jpg

Durante o URUBRA I, foram realizadas 24 missões de defesa aérea. Caças A-29 Super Tucano, da FAB, e A-37 Dragonfly, IA-58 Pucará e PC-7 Pilatus, da FAU, fizeram interceptações nas aeronaves-alvos C-98 Caravan, do Brasil, e C-206 Cessna e B-58 Beechcraft Baron, do Uruguai, durante todos os dias do Exercício. Os Comandos de Defesa Aérea dos dois países também participaram ativamente, realizando as transferências dos “tráfegos ilícitos” simulados.

Essa foi a primeira edição do Exercício URUBRA I. Exercícios semelhantes a este já aconteceram com a Colômbia (COLBRA), Argentina (PRATA), Paraguai (PARBRA), Peru (PERBRA), Bolívia (BOLBRA) e Venezuela (VENBRA).

Fonte: Agência Força Aérea

One Comment

shared on wplocker.com