Defesa & Geopolítica

Eurofighter e Rafale finalistas do MMRCA indiano

Posted by

http://www.aereo.jor.br/wp-content/uploads/2010/08/Graphic_MMRCA.jpg

Texto Plano Brasil

E.M:Pinto

Confirmando informações divulgadas anteriormente em diversas mídias internacionais e também aqui reproduzidas no Plano Brasil e nos nossos sites parceiros ( clique aqui para ler),

Apertem os cintos, cruzem os dedos e bebam bastante água com açucar, vem ai  revelações cabeludas e pavorosas sobre a maior concorrência internacional para aquisição de caças para a Força Aérea Indiana, vale a pena observar o que diz-se sobre os 3 concorrentes do FX 2 já que o assunto é de nosso interesse.

http://www.defensenews.com/pgf/stories38/042811dn-eurofighter-combo-250.JPGFoi com esta frase que introduzi a matéria, e a reafirmo, pois assunto é sim do interesse do Brasil e do programa FX 2.

A Força Aérea Indiana acaba de escolher como finalistas para o seu programa MMRCA (Medium Multi-Role Combat Aircraft)o  consórcio Eurofighter Typhoon e o Dassault Rafale, confirmando as declarações de oficiais da IAF sobre as pretenções da sua Força Aérea.

A decisão foi tomada em no dia 28  Abril, dentro do contrato MMRCA . As ofertas comerciais vigentes expirarão no dia 28 de Abril, os demais concorrentes não foram considerados e agora a disputa se restringe aos dois caças europeus.

A disputa entre o caça Francês e o do consórcio europeu é no momento a maior concorrência militar em andamento e prevê-se a aquisição de cerca de 126 caças, entretanto algumas autoridades Indianas apontam que este número poderá superar os 200 no futuro.

A informação foi confirmada pela companhia  Sueca SAAB fabricante do caça SAAB Gripen que neste programa oferecia a sua variante Gripen IN tal como segue, os demais fabricantes, Boeing, Lokheed Martin e RAK Mig não se pronunciaram sobre o assunto.

Nota da SAAB

Gripen not on the shortlist for the Indian MMRCA programme

Today defence and security company Saab AB has received information from the Indian Ministry of Defence that Gripen has not been shortlisted for the Indian Medium Multi-Role Combat Aircraft (MMRCA) programme.

”We are offering India a world class next generation fighter aircraft to a very competitive price and an extensive technology transfer programme. We have received this decision and will closely monitor the future process and provide additional information if requested by the Indian Ministry of Defence. We are confident that the Gripen system is the perfect match for the Indian Air Force as well as meeting the highest requirements for the international markets,” says Håkan Buskhe, President and CEO at Saab.

India is one of Saab’s most important markets. For example, Saab recently announced an investment in a research and development centre in India.

“We are committed to the Indian market and continue our plans for growth and see huge business opportunities in the aerospace, defence and security sectors,” says Håkan Buskhe.

Gripen is in service with the Swedish, Czech Republic, Hungarian, South African and Royal Thai Air Forces. The UK Empire Test Pilots’ School (ETPS) is operating Gripen as its advanced fast jet platform for test pilots worldwide.

12 Comments

shared on wplocker.com