Defesa & Geopolítica

Cooperação Brasil – Comissão Europeia

Posted by

http://autonomousmind.files.wordpress.com/2011/01/galileo.jpg

O ministro em exercício da Ciência e Tecnologia, Luiz Antônio Elias, recebeu, nesta segunda-feira (4), a visita do conselheiro espacial do gabinete da vice-presidência da Comissão Européia (CE), Jaime Silva. Na ocasião, o conselheiro expressou o interesse, por meio da European Space Agency (ESA), em retomar a cooperação espacial com o Brasil, especialmente no âmbito do Projeto Galileo.
A proposta européia detalhou algumas possíveis áreas de cooperação: ciência e observação da terra, sistemas globais de navegação por satélite, satélites de comunicações, ciência espacial e exploração espacial.
A proposta européia também inclui a assinatura de Carta de Intenções entre o MCT e a vice-presidência da Comissão Européia para Assuntos de Indústria e Empreendorismo, a realização de um workshop bilateral, e a assinatura de um acordo de cooperação em radionavegação por Satélite.
O ministro em exercício manifestou interesse na proposta de cooperação da CE e, juntamente com a Agência Espacial Brasileira (AEB/MCT), irá estudá-la. Para Elias o Projeto Galileo é interessante ao ministério, pois envolve a transferência de tecnologia para o fortalecimento da área espacial.
Participaram também da reunião a chefe da Assessoria de Assuntos Internacionais do MCT, Carmen Lídia Moura, a coordenadora Geral de Cooperação Internacional, Bárbara Sant’anna, e o diretor de Satélites, Aplicações, Desenvolvimento da AEB/MCT, Thyrso Villela.
Projeto
O Galileo tem importante e variada aplicação em diferentes setores entre os quais se destacam os sistemas de transporte terrestre, marítimo e aeronáutico. Uma das principais vantagens do sistema é sua capacidade de oferecer um sinal garantido de elevada precisão para serviços de alta qualidade. Ele ampliará os serviços de procura e resgate em tempo real, baseados em balizas automáticas que sinalizam o lugar em que ocorre a emergência, melhorando de forma global as operações de resgate.
Hoje, o projeto conta com cooperação dos Estados Unidos, China e Israel. Brasil, Ucrânia, Índia, Argentina, México, Chile, Marrocos, Coréia, Japão mostraram interesse em participar do Galileo.

Fonte: Panorama Esp.

7 Comments

shared on wplocker.com