Defesa & Geopolítica

O novo brinquedo do Exército americano

Posted by

Letícia Resende em 2.03.2011
O Pentágono, sede do Departamento de Defesa dos EUA, encomendou de uma empresa particular uma nova arma para o Exército. Trata-se de um lote de projéteis de eletro-choque de longo alcance para teste. O novo armamento está sendo chamado de “granada de Taser”, que será produzida para ser atirada por lançadores.

http://www.coolthings.com/wp-content/uploads/2009/11/taserlauncher1.jpg
O Taser de Interrupção Elétrica Intramuscular (ou HEMI, na sigla em inglês) tem o formato de uma pistola que lança dois eletrodos ligados a dois fios de cobre que podem ter quatro, seis ou oito metros. Ele é considerado uma arma de eletro-choque não-letal, usada para defesa pessoas, mas existem registros de caso de morte. Ao atingir a vítima, a arma aplica uma descarga elétrica por cinco segundos que imobiliza o alvo. Se o gatilho for mantido pressionado, uma carga é disparada a cada 1,5 segundo. Após o disparo, os eletrodos são descartados e trocados para um novo disparo.
A granada de Taser não ficará limitada pelos fios e poderá alcançar uma distância de até 100 metros. O tempo de paralisação também será maior, podendo deixar o alvo incapacitado por até 30 segundos, que poderão se estender a alguns minutos. O Major General Richard Mills, da Marinha americana, declarou ao site Marine Corps Times que gostaria de ver mais armas não-letais como o Taser no campo de batalha. Ele disse que seu comando no Afeganistão considerou equipar todos os marines que entrarem em contato com civis afegãos com algum tipo de Taser. Se os testes com a granada obtiverem sucesso, a arma deverá ser enviada prontamente ao Afeganistão. [NewScience].

Fonte: Hyperscience

17 Comments

shared on wplocker.com