Defesa & Geopolítica

MSBS-5,56: O moderno fuzil de assalto polonês

Posted by

Acima as duas versões do MSBS-5,56; O primeiro fuzil está na sua configuração bullpup, o segundo esta na versão ‘tradicional’ .

A Polônia na década de 90 projetou um fuzil em menos de um ano. De 95 a 96 a Polônia desenvolveu um bom fuzil, o Kbs wz. 1996 Beryl, que entrou em serviço no Exército daquele país no ano seguinte, ou seja, em 97. Menos de 10 que o fuzil estava em serviço, a Polônia modernizou esse fuzil, colocou Picatinny rail, guarda-mão, um novo carregador… Depois da modernização o fuzil passou a suportar uma vasta gama de acessórios. Depois da modernização, o ‘novo Beryl’ passou a receber a nomenclatura Wz.2004 Beryl.

Wz.2004 Beryl

As novas versões desse novo Beryl não deixam a desejar os mais modernos fuzis ocidentais existentes no mundo de hoje. Sua única ‘deficiência’ é não ser modular.

Não sabe o que é modularidade para um fuzil? É um fuzil que pode ter seu calibre mudado rapidamente em campo de batalha de acordo com as necessidades.

O fuzil que me chamou a atenção ainda é um protótipo que está sendo testado na Polônia, trata-se do MSBS-5,56. O fuzil destaca-se por ter duas versões: Uma versão ‘comum’ e a outra bullpup, que poderia ser muito útil para forças especiais que atuam em ambientes confinados.

A versão ‘comum’ chama a atenção por lembrar um pouco aquele fuzil que reza a lenda esta sendo desenvolvido pela IMBEL. Seria o novo fuzil da IMBEL inspirado nesse novo fuzil polonês? Sempre lembrando que o Brasil tem uma parceria técnico-militar em vigor com a Polônia.

Fonte:  O Informante

32 Comments

shared on wplocker.com