Defesa & Geopolítica

Brasil só apoiará intervenção na Líbia com aval da ONU

Posted by

Ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota

Em viagem à Índia e ao Sri Lanka, o ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, reiterou hoje que o Brasil só apoiará uma intervenção internacional na Líbia se houver o aval do Conselho de Segurança das Nações Unidas. O porta-voz do Itamaraty, Tovar Nunes, que acompanha Patriota, disse ainda que o assessor de Segurança Nacional da Índia, Shivshankar Menon, afirmou que os indianos também têm a mesma posição.

Parte da comunidade internacional, liderada pelos Estados Unidos, Inglaterra e França, defende a intervenção ou exclusão aérea – que determina que o espaço aéreo líbio fique sob supervisão de militares estrangeiros – para pressionar a renúncia do presidente da Líbia, Muamar Kadafi. No entanto, Brasil e Índia só chancelam a proposta em meio à decisão do Conselho de Segurança Nacional.

Assessor de Segurança Nacional da Índia, Shivshankar Menon

Na visita a Nova Délhi, Patriota conversou também com o ministro dos Negócios Estrangeiros indiano, S. M. Krishna, que reiterou que, a exemplo do Brasil, a Índia é defensora da ampliação do Conselho de Segurança para que brasileiros e indianos também integrem o órgão. Ambos se comprometeram a intensificar as articulações sobre o assunto.

As conversas sobre a reforma do Conselho de Segurança e o incremento das relações comerciais na região fazem parte da 7ª Reunião da Comissão Mista Ministerial do Fórum de Diálogo Índia-Brasil-África do Sul (Ibas), marcada para este ano.

As informações são da Agência Brasil.

Fonte:  YAHOO!

17 Comments

shared on wplocker.com