Defesa & Geopolítica

Marinha dos Estados Unidos testa novo canhão eletromagnético

Posted by

A Marinha dos Estados Unidos (US Navy) realizou um bem sucedido grupo de ensaios com um canhão eletromagnético capaz de disparar projéteis a uma distância de 110 milhas náuticas (203 km), comunicou o contra-almirante Nevin P. Carr Jr., chefe da Direção Naval de Testes e Avaliações de Requisitos da corporação.

O novo canhão é carregado com munições sem explosivo propulsor da cabeça de guerra, que por sua vez alcançam alvos com uma energia cinética ao redor de 33 mega-joules. A energia de um mega-joule corresponde, por exemplo, a um automóvel de uma tonelada movendo-se a uma velocidade de 160 km/h.

O grande alcance do canhão eletromagnético permite posicionar a artilharia a uma distância segura fora do raio de ação de várias ameaças inimigas. “A elevada velocidade de Mach 5 (cinco vezes a do som) dos projéteis é taticamente significativa em aplicações de defesa antiaérea e antimíssil”, ressaltou Carr.

As últimas provas do canhão eletromagnético foram realizadas no polígono naval  de tiro de Dahlgren, localizado no estado da Virginia, local onde, dois anos antes, experimentou-se um canhão similar com capacidade de fornecer energia cinética de 10 mega-joules aos projéteis.

“A recente demonstração comprovou um significativo avanço na concepção de uma arma com potencial de atingir alvos a uma distância até vinte vezes superior, se comparada com outra convencional de combate naval” finalizou o almirante.

Fonte:  Tecnologia & Defesa

24 Comments

shared on wplocker.com