Defesa & Geopolítica

Lula diz que vaga no Supremo e novos caças devem ser decisões de Dilma

Posted by

http://4.bp.blogspot.com/_Hi2k-xGeGKY/SQiDk4tSSzI/AAAAAAAAADU/Y0QkV6yJBmg/s320/lula_pin%C3%B3quio.jpgSugestão: Jackson Almeida

A um mês de deixar o governo, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva pretende resolver o impasse da extradição do italiano Cesare Battisti, mas deve deixar para a presidente eleita Dilma Rousseff decisões que ainda estão pendentes, entre elas a indicação de um novo ministro para o Supremo Tribunal Federal (STF) e a compra de novos caças para a Força Aérea Brasileira (FAB).

Em entrevista à TV Brasil, Lula disse hoje (6) que fará o que puder para facilitar o primeiro ano do governo Dilma, mas que está ouvindo a presidente eleita sobre assuntos que dizem respeito aos dois mandatos. Segundo Lula, a decisão sobre a extradição de Battisti depende apenas do parecer da Advocacia Geral da União (AGU), que ele espera receber ainda neste mês.

“Esse é um assunto em que tanto eu posso tomar uma decisão agora ou deixar para a presidente tomar. Eu preferiria tomar agora. Se o parecer estiver pronto, decido agora, para não deixar esse assunto, que é sempre amargo. Tem gente que quer que o Battisti fique, tem gente que quer que ele vá embora. Não quero deixar nenhuma confusão para a nova presidente”.

A indicação de um novo ministro para o STF, para ocupar a vaga deixada pelo ex-ministro Eros Grau, deve ficar para Dilma. Lula disse que preferiu esperar as eleições e que ainda vai conversar com Dilma sobre a indicação. Segundo o presidente, não “não há muita pressa” em decidir o novo nome, porque o tribunal entrará em recesso nos próximos dias e só voltará aos trabalhas em fevereiro de 2011.

A decisão sobre a compra de aviões de combate para a FAB também ficará para a presidente eleita. “É uma dívida muito grande, é uma dívida de longo prazo para o Brasil.  Eu poderia assinar e fazer um acordo com a França, mas não vou fazer”. A decisão sobre os caças franceses ainda depende de parecer do Conselho Nacional de Defesa, segundo Lula.

O presidente disse que a FAB também será consultada sobre outra compra, a de um novo avião presidencial. Lula disse que não vê “nenhum problema” em comprar uma nova aeronave e lembrou que, apesar das críticas, o avião comprado em seu primeiro mandato ajudou o Brasil a fortalecer a política externa porque possibilitou mais viagens internacionais.

“Acho que o Brasil precisa de um avião melhor. Se vai comprar agora ou não, acho que é uma coisa que a Dilma vai decidir. Eu não teria nenhum problema em comprar [ainda neste governo]”.

O presidente também adiantou que vai sugerir para Dilma uma nova legislação para o marco de telecomunicações do Brasil. Ele disse que a presidente eleita terá o desafio de representar as mulheres no poder e falou sobre a despedida do governo após dois mandatos. “Vou sair consciente de que cumpri o meu dever, de que fizemos muitas coisas e ainda temos muitas a fazer, mas consciente de que o Brasil melhorou muito nesses últimos oito anos”.

A primeira parte da entrevista exclusiva do presidente Lula à TV Brasil vai ao ar hoje (6) no telejornal Repórter Brasil, a partir de 21h.


Nota do Editor

Segue mais um Remake da novela mais longa da história do Brasil, a imagem quer dizer isto mesmo, o presidente Lula mentiu para a FAB e para o Povo brasileiro.

O que fará a futura presidente? encerrar o programa? decidir? abrir outro? até lá vamos nós de F 5 M e muita, mais muita guerra midiática e provavelmente a presidente só deve se pronunciar lá por abril…

Senhor presidente sua atitude é vergonhosa.

http://piratininga.files.wordpress.com/2008/07/primeira-decolagem-redflag.jpgAté lá é rezar pois a FAB vai voard e F5M até sabe deus lá quando.

E.M.Pinto



Fonte: Uol

shared on wplocker.com