Defesa & Geopolítica

Wikileaks: O que o governo brasileiro pensava sobre o F-35

Posted by

http://blog.norway.com/wp-content/uploads/2009/06/air_f-35a_aa-1_landing_lg.jpg

Com o texto completo de apenas 478 de um total de 250.000 telegramas diplomáticos dos EUA divulgados para o domínio público até o momento, surge uma referência sobre a impressão do governo brasileiro sobre o caça de quinta geração F-35 JSF da Lockheed oferecido pelos EUA para a Força Aérea Brasileira (FAB).

Num telegrama datado de 31 de março de 2008, a U.S. Air Force passou informações para a delegação brasileira liderada pelo Ministro da Defesa Nelson Jobim sobre o caça F-35. A delegação ficou “impressionada” pelas capacidades e eestratégia de produção de forma cooperada do F-35. Mas Jobin citou preocupações sobre o custo, participação industrial e integração com a tecnologia brasileira – possivelmente relativo ao míssil ar-ar Mectron MAA-1 Piranha.

O autor do telegrama também escreveu: Se hover uma possibilidade de integração para os fabricantes de armas e equipamentos brasileiros, o F-35 poderia ser um forte candidato para o próximo caça brasileiro. O F-35 nunca foi oficialmente proposto para o F-X2, e o Brasil rejeitou a proposta da Lockheed Martin baseada no caça F-16.

Por aproximadamente dois anos, o Brasil vem considerando três finalistas – Dassault Rafale, Saab Gripen NG e Boeing F/A-18E/F Super Hornet. Mas os diplomatas norte americanos não estão otimistas sobre as chances do Super Hornet. Outro telegrama, datado de 13 de novembro de 2009, conclui que o Brasil “irá muito provavelmente favorecer as ofertas francesas [Rafale] e suecas [Gripen]“.

Nota do Editor

Como havia dito  e se estas informações são verdadeiras o F 35 nunca chegou a ser oferecido ao Brasil.

E.M.Pinto

Fonte: DEW Line – Tradução: Cavok

26 Comments

shared on wplocker.com