Defesa & Geopolítica

Usaf estuda atualização dos caças F 22 Raptor

Posted by

http://cavok.com.br/blog/wp-contents/uploads/2010/01/090729-F-0990S-791.jpg

Tradução: Justin Case para o Blog Plano Brasil

A Força Aérea dos Estados Unidos confirmou à Flight International que a está pendente decisão de se lançar uma grande atualização de 63 aeronaves da frota de Lockheed Martin F‑22.

Embora a decisão deva ser feita internamente dentro de poucos meses, a Força Aérea irá esperar para informar a decisão até que a administração Obama divulgue a proposta orçamentária para o ano fiscal de 2012, em fevereiro próximo.

Em análise está uma proposta para atualizar quase a metade da frota operacional de 186 F-22 da USAF, com um conjunto de armas novas e avançadas que entraram em serviço durante os últimos anos, além de equipamentos avançados de comunicação que ainda estão em desenvolvimento.

A proposta surge depois que o Departamento de Defesa decidiu encerrar a produção do F-22 no início de 2012. Como parte dessa decisão, foi aceita uma proposta da Força Aérea para investir US$ 1,3 bilhão em um “programa de configuração comum”, que deverá consolidar as seis versões diferentes do F-22 ora existentes em três tipos básicos.http://2.bp.blogspot.com/_PQ_7ZjzHC4A/S0J5D9O6q8I/AAAAAAAAH4g/_QYDDd7pmBw/s400/800px-F-22_Raptor_edit1_(cropped).jpg

Para a frota de treinamento e teste, a USAF está modernizando 37 F-22 Block 10, que incluem dois tipos de aeronaves de teste em configuração de produção, ao padrão Block 20. Isso inclui um novo processador central integrado, que irá eliminar uma configuração de software mais antiga que não se mostrou confiável nos ensaios operacionais quase uma década atrás.

Nesse plano de configuração comum, a frota de combate de F-22 será separada em grupos de 63 aeronaves do Block 30 e 87 do Block 35.

As aeronaves do Block 30 serão atualizadas com as capacidades do Increment 3.1, que incluem os modos de ataque ar-solo e eletrônico para o radar Northrop Grumman APG-77.

http://download.ultradownloads.uol.com.br/wallpaper/103668_Papel-de-Parede-F-22-Raptor--103668_1680x1050.jpg

Enquanto isso, as aeronaves do Block 35 também serão modernizadas com as armas ar-ar mais avançadas da USAF – os mísseis Raytheon AIM-120D AMRAAM e os AIM-9X Sidewinder. O pacote, chamado Increment 3.2, também adiciona um sistema automático de anticolisão com o solo, além do data-link avançado multifuncional. O último permitirá ao F‑22 transmitir dados para outros aviões stealth.

Oficiais da Força Aérea estão agora discutindo se devem atualizar também as 63 aeronaves Block 30 para o padrão Block 35. Se a proposta for aceita, a USAF irá operar uma frota de 150 F-22 com capacidades idênticas.

http://virquodmachina.files.wordpress.com/2010/01/f-22-raptor-amber-cockpit1.jpgMas a frota de Raptors ainda sentirá falta de uma série de características comuns aos caças mais modernos, que incluem um sensor infravermelho para busca e acompanhamento passivos, além de um sistema de visada no capacete capaz de permitir lançamento de mísseis ar-ar fora do campo de visão dos sistemas eletrônicos.

É possível, contudo, que a Força Aérea decida adicionar novas capacidades ao F-22 além das previstas no pacote Increment 3.2. Um exemplo é o sistema de abertura distribuída, ora instalado no Lockheed Martin F-35, que prevê a cobertura óptica de 360° em torno da aeronave.

De acordo com Jim Pitts, presidente da Northrop Grumman Electronic Systems, é provável que a USAF esteja interessada em adotar este sistema em outras aeronaves assim que os pilotos se familiarizem com as suas capacidades.

Fonte: Flight global

shared on wplocker.com