Defesa & Geopolítica

BAe lança versão militar do jato 146

Posted by

BritishBA

A BAE Systems do Reino Unido anunciou durante a Defence Services & Equipment International Exhibition (DSEI) em Londres que pretende relançar no mercado o aversão de transporte militar do seu jato BAe 146.

Inicialmente designado BAe 146M, a aeronave será oferecida às Forças Aéreas que operam aeronaves turboélices e jatos de pequeno porte já bastante envelhecidos. Segundo estimativas da própria BAe existem aproximadamente 1700 aeronaves com estas características distribuídas em 150 forças espalhadas pelo mundo. Muitas das células possuem mais de 40 anos.

Para a BAe Systems o 146M poderia complementar o trabalho de outras aeronaves de transporte tático como o C130 Hercules, realizando missões de menor envergadura e alongando a vida destas aeronaves maiores e mais caras.

Nos próximos anos diversos BAe 146-200 e 300 arrendados para empresas de transporte aéreo europeias serão devolvidos para a BAe e estariam disponíveis para conversão militar. Muitas dessas aeronaves não atingiram metade da vida útil esperada de suas células. O preço é bastante atrativo, sendo estimado em dois ou três milhões de libras esterlinas para as configurações para passagerios e até cinco milhões de libras esterlinas para a versão de carga.

Na configuração para transporte de tropas o BAe 146M poderá receber entre 80 e 109 passageiros. Na versão para transporte de cargas até 12,5 toneladas poderiam ser transportadas.

Segundo a BAe a conversão para transporte militar do 146 poderia ser feita e um curso espaço de tempo. Dentre os itens oferecidos estariam a introdução de novos tanques de combustível, painel tipo “glass cockpit” e modificações para aproximações íngremes (steep approach) em pistas não pavimentadas.

Outras missões para o BAe 146M incluiriam o lançamento de paraquedistas, evacuação aeromédica, reabastecimento aéreo e missões ELINT/SIGINT. Segundo o site flightglobal, o 146M não terá uma porta de carga na parte posterior da fuselagem. Porém, desenhos divulgados pelo grupo Jane’s  mostram a existência da mesma.

Fonte: Poder Aéreo

One Comment

shared on wplocker.com