Categories
Uncategorized

USS St. Lo

 

Confira o mais novo trabalho de JR Lucariny, a concepção artísitica do projeto Norte Americano de um Navio de Controle Marítimo, (SCS, Sea Control Ship). Surgido logo após o término da guerra do Vietnã, o projeto SCS S.t Lo não foi aprovado, e nenhum navio chegou a ser construído, em seu lugar a US-Navy optou pela construção e continuidade dos gigantescos Navios Aeródromos da Classe Nimitz, a qual por sua vez, derivava dos avanços obtidos no desenvolvimento do USS Enterprise.

Curiosamente o St. Lo não morreu, seu conceito foi aproveitado por exemplo pela Espanha, no desenvolvimento de seu primeiro Navio Aeródromo, o Principe das Astúrias com qual mantém claramente semelhanças inegáveis.002ussstlofm

Num momento em que a Estratégia Nacional de Defesa afirma a importância de se possuir Navios Aeródromos multi-propósitos, conceitos como o USS St. Lo aparecem como uma alternativa interessante a ser avaliada.

Uma força composta por 3 ou 4 navios deste categoria, aparelhados com aeronaves não tripuladas de vigilância e ataque, bem como helicópteros anti-submarino e de ataque à superfície poderiam ser uma alternativa bastante viável a defesa da Amazônia azul e às recentemente descobertas jazidas de petróleo do Atlântico Sul.

Vale destacar ainda que a própria US-Navy, habituada aos seus gigantescos CVN da classe Nimitz e mais recentemente a nova classe G. Ford, demonstra estar interessada em reavaliar este conceito de navios como alternativa mais econômica aos dispendiosos Super Porta-Aviões.