Defesa & Geopolítica

United Aircraft Corporation está pronta para desenvolver a versão naval Su-57K

Posted by

Tradução e adaptação- E.M.Pinto

A United aircraft Corporation (UAC) da Rússia informou  que está pronta para desenvolver uma nova versão do caça Su-57 destinada ao novo porta-aviões da Rússia. O representante da empresa informou que a versão embarcada do avião deve ser desenvolvida em conjunto com os sistemas do Porta Aviões. As informações foram concedidas ao Sputnik.

Sergey Korotkov, projetista chefe da UAC informou que embora ainda não tenha recebido a ordem do Ministério da Defesa da Rússia, a United Aircraft Corporation (UAC) está pronta para a tarefa.

Se necessário, faremos isso, sem dúvida…Se trabalharmos apenas nos componentes aéreos e não trabalharmos nos componentes do navio, as coisas não combinarãor. Toda uma série de problemas envolvendo decolagem, aterragem, operação, compatibilidade eletromagnética e assim por diante – deve ser feito juntos… Se um novo porta aviões está sendo construído, ele deve ter características modernas, como catapultas eletromagnéticas”, acrescentou Korotkov “ disse ele em uma entrevista para a mídia russa.

Em fevereiro, o oficial da marinha russa, Nikolay Maximov, revelou planos para construir um novo navio que possivelmente levaria os mais recentes jatos multifuncionais Su-57. Falando com a mídia russa, Maximov apontou que uma nova versão do avião seria necessária.

Fonte: Rusaviantion

8 Comments

  1. Pingback: United Aircraft Corporation está pronta para desenvolver a versão naval Su-57K | DFNS.net em Português

  2. acho que eles não vão ter problemas com a versão naval do su57 em desenvolver-la já que ter experiência com o su33 e o mig29k, até lógico considerado que o navio deve ficar pronto lá pro final da próxima década, já o navio em sim vamos vê afinal tem a catapulta que parece se eletromagnética com o detalhe só os eua tem a tecnologia de catapulta até hoje, tem os reatores nucleares que deve se adaptado dos reatores nucleares dos submarinos

  3. Um Navio-Aerodromo com 85/100 mil toneladas de deslocamento, com sistemas antiaéreos a laser e mísseis S-500 etc, junto com uma aviação de combate embarcada do nível do SU-57 seria um inimigo formidável.
    Mesmo se os russos construíssem somente dois Navios-Aerodromo.

    • Se seguirem a própria escola, será por ai mesmo! Garras muito afiadas mesmo navegando sozinho. Operar 2 já é formidável. China e EUA somente que devem operar mais do que isso, cada um Porta Avioes é como uma força aérea e marinha completa com seu grupo de batalha.

      • A escola de versões de aeronaves embarcadas russas sempre se revelaram inúteis, servindo apenas pra desfiles, mas concordo com vc, manterão a tradição de porcarias, e a Índia que sofreu milênios com os migas 29 fakes.

      • Senhor partenogênese. Vulgo – BLUE EYES, NA RESISTÊNCIA, BrComenta, Casuar, S-88, Hms tireless, MIB, Brasileiro de Verdade, Ze Ninguém… Etc. Eu respeito a sua opinião. Más discordo! Difícil é operar com um protótipo inacabado, que tudo promete e pouco cumpre, com baixíssima disponibilidade, chipado, caro de comprar e ainda mais caro de manter, com intolerância a “andorinhas” sírias que consistentemente voavam no mesmo dia de uma missão de bombardeiro.

  4. Que que isso? Empresa Russa com nome anglo_saxao, pode isso Ivanmc? Vc afirmou que os brasileiros são lacaios colonizados por usarem nomenclaturas em ingress

  5. Acho que deveriam se preocupar em finalizar a versão convencional antes de correr para o navalizado…

    Se o normal é caro,nem quero ver o naval.

shared on wplocker.com