Defesa & Geopolítica

Ucrânia realiza teste de voo bem sucedido do míssil anticarro Skif

Posted by

 Tradução e adaptação- E.M.Pinto

O Escritório de projetos de Kiev da Ucrânia, LUCH, testou com sucesso a variante de exportação dos mísseis teleguiados portáteis anti-tanque Skif (ATGM).

De acordo com o serviço de imprensa da empresa, o ensaio realizado  no meio de maio foi  um teste final bem sucedido do sistema de mísseis guiados anticarro portáteis Skif  desenvolvido para um cliente estrangeiro.

O projeto do avançado sistema de mísseis guiados AT “Skif” foi submetido a várias alterações de acordo com os requisitos do cliente potencial. Todas as modificações destinadas a adaptar o lançador para uso em solo mole e areia. Primeiro de tudo, estamos falando sobre a instalação de um poderoso termovisor, permitindo destruir os alvos com o primeiro tiro, apesar das condições climáticas difíceis, dia e noite.

O míssil em si não mudou, como originalmente foi projetado para uso em todas as condições climáticas e climáticas, sem exceção.

A variante “deserto” do sistema de mísseis Anticarro Skif destina-se a destruir alvos blindados estacionários e em movimento com armadura combinada, carregada ou monolítica, incluindo a armadura reativa explosiva (ERA), bem como para apontar alvos como plataformas de armas, blindados leves e helicópteros.

As característica do sistema reside na sua possibilidade de apontar os mísseis para um alvo a partir de posições fechadas e abrigos que reduzam o risco de destruição do artilheiro após a resposta ao ataque de fogo do inimigo.

  • Calibre de míssil: – 152 mm.
  • Penetração da armadura: – 1100 mm.
  • Massado sistema: – 100 kg.
  • Alcance de fogo: – 5500 m.

Durante os testes do avançado sistema de mísseis guiados AT “Skif”, estavam presentes desenvolvedores e representantes do país cliente. Representantes das Forças Armadas da Ucrânia também estiveram presentes durante os testes do novo desenvolvimento do LUCH  Kyiv Design Bureau.

Fonte: Defence Blog

3 Comments

  1. Hilário Riso says:

    Enquanto isso, como vai o similar brasileiro? Dormindo em berço esplendido?

  2. Juan Diego Ganz says:

    Antes tarde do que nunca!

shared on wplocker.com