Defesa & Geopolítica

Turquia manifesta interesse nos sistema de defesa aérea S-500

Posted by

E.M.Pinto

O governo turco considerará a possibilidade de comprar da Rússia o sistema antiaéreo Prometheus S-500 de nova geração.

Numa declaração ao canal televisivo local 24 TV  o Presidente turco Tayyip Erdogan afirmou que o assunto sobre a aquisição dos sistemas russos de defesa aérea S-400 está encerrado e que a Turquia não desistirá do seu interesse por quaisquer razões que sejam. Segundo ele as negociações com a  Rússia pautam-se agora na possibilidade de produção conjunta do sistema de defesa.

Nma declaração surpreendente, Erdogan afirmou que após a aquisição dos sistemas S-400 a Turquia também considera opções a aquisição dos novos sistemas  S-500 os quais a primeira unidade foi entregue a defesa aérea russa neste começo de 2019 e que encontra-se em treinamento e preparo da primeira bateria de defesa de longo alcance em Gatchina, Rússia .

O sistema antiaéreo da nova geração S-500 está em estágio de incorporação pelas Forças Armadas russas e segundo o Tenente-General Vladimir Lyaporov, chefe da Academia Militar de Defesa Aeroespacial, a primeira unidade operacional encerá o seu treinamento no final de 2019 .
A produção de lançadores para o S-500 são baseadas no chassis  que se encontram em produção na fábrica em Nizhny Novgorod.
SOBRE O SISTEMA

O novo sistema antiaéreo terá um alcance para destruição de alvos à 600 km  e simultaneamente envolver até 10 alvos em toda a faixa de altitude, para tal o Prometeu possui uma gama variada de radares e mísseis especializados para diferentes tipos de alvos ,  sejam eles, ogivas de mísseis balísticos, aeronaves furtivas ou satélites militares.

De acordo com fontes russas, o S-500 é uma versão avançada do S-400 com componentes dedicados projetados para interceptar mísseis balísticos a uma altura de até 200 km. O S-500 é projetado para interceptar mísseis balísticos intercontinentais e para defesa aérea contra Alerta Aéreo Antecipado e Controle e interferência em aeronaves e alvos hipersônicos.

Uma característica fundamental do Prometeu será sua integração ao sistema nacional de defesa antimísseis. Os radares do sistema S-500 originais transmitirão coordenadas de alvo aos sistemas antiaéreos S-400 e S-300, e as próprias baterias do sistema Prometeu receberá informações de radares e satélites distantes do sistema de alerta de ataque de mísseis, de outras fontes.

O S-500 nome russo 55R6M Triumfator-M é a mais recente geração do sistema de mísseis de defesa superfície-ar russo, atualmente em desenvolvimento pela empresa russa de defesa Almaz-Antey.

O desenvolvimento do S-500 foi iniciado em 2009 com o primeiro protótipo concluído em 2012. Em 2011, a Almaz-Antey anunciou que o primeiro sistema de produção do S-500 seria concluído em 2014.

Em dezembro de 2015, O website do jornal Spunik divulgou que as Forças Armadas da Rússia poderiam receber os primeiros protótipos de pré-produção do sistema de defesa aérea S-500 em 2016.

Os interceptadores do S-500 operam a uma altitude superior a 185 km. O sistema terá um tempo de resposta de cerca de três a quatro segundos, que é consideravelmente menor do que o S-400, avaliado em nove a dez segundos. Ele também tem um alcance de radar estendido em comparação com o S-400.

DADOS TÉCNICOS

Unidade de lançamento de mísseis

O lançador eretor do transportador autopropulsado 77P6 do sistema  S-500 Prometeu, parece ter como base o 9A82MK TELAR proposto para sistema de míssil S-300VMK 9M82M.

De acordo com os primeiros desenhos no Calendário Almaz-Antey de 2015, o S-500 está equipado com dois Recipientes de Transporte / Tubo de Lançamento de Mísseis montados na traseira do chassi do caminhão.

Na posição de tiro, dois macacos hidráulicos são baixados para o solo em cada lado do chassi do caminhão e os recipientes dos mísseis são colocados na vertical para o lado traseiro.

Mísseis

O S-500 Prometeu usa dois novos tipos de mísseis, o 77N6-N e 77N6-N1, os primeiros mísseis russos com ogivas inertes, que podem destruir ogivas nucleares pela força do impacto(energia cinética) ou seja, atingindo-os com precisão em grande velocidade.

Não são necessários explosivos e as estimativas dos engenheiros russos mostram que uma colisão a uma velocidade de 7 km / s certamente destruiria praticamente qualquer objeto voador.

Mobilidade

Todos os componentes da bateria do S-500 são transportados em veículos da família BZKT BAZ-6909, em configurações 6 x 6, 8 x 8, 10 x 10.

A BAZ-6909 é uma família de chassis para caminhões todo-o-terreno produzidos e fabricados pela empresa russa Bryansk Motor Vehicle Plant.

Esta família inclui caminhões pesados de alta mobilidade 6×6, 8×8, 10×10, tratores de artilharia, com capacidade de carga de 13 a 21 toneladas.

A unidade de lançamento móvel TEL (Transporter Erector Launcher) é baseada no chassi dos caminhões BAZ-69096 na configuração 10×10.

O BAZ-6909 alcança uma velocidade máxima de 70 km / h com um alcance máximo de cruzeiro de 500 km.

Veículos de comando e controle

Espera-se que o S-500 use os seguintes radares:

  • O radar de gerenciamento de aquisição e batalha 91N6A (M),
  • O radar de aquisição 96L6-TsP revisado
  • E o novo acoplamento multimodo 76T6 e radares de engate 77T6 ABM.
  • O Radar de Aquisição 96L6-TsP , uma derivação direta da série 96L6-1
  • E radar de aquisição de baterias do S-400.
  • O gerenciamento de batalha e a aquisição da ABM Big Bird 91N6A (M), uma evolução da série 64N6E, normalmente usada para suportar várias baterias S-300P / S-400.
  • Dois tipos de postos de comando da bateria são listados, o 55K6MA, que é claramente uma evolução do posto de comando da bateria do S-400 55K6E, e o 85Zh6-2, que pode se referir a um posto de comando para uma bateria estendida.

ESPECIFICAÇÕES

Armamento

Dois mísseis em container individual

Míssil alcance

  • 77N6-N: Para mísseis balísticos, o alcance é de e 600 km.
  • 77N6-N1 de 400 km para alvos aéreos.

Sistema de orientação

Comando e radar ativo,r adar e estação de comando

  • Postos de comando 55K6MA e 85Zh6-2 no BAZ-69092-12 6×6;
  • O radar de gerenciamento de aquisição e batalha 91N6A (M), uma modificação do 91N6 (Big Bird) rebocado pelo trator BAZ-6403.01 8×8;
  • Radar de aquisição 96L6-TsP, uma versão atualizada do 96L6 (Cheese Board) no BAZ-69096 10×10;
  • Radar de engajamento multimodo 76T6 no BAZ-6909-022 8×8;
  • Radar de acoplamento ABM77T6 em BAZ-69096 10×10.

 

2 Comments

  1. Ditador é assim mesmo

  2. Ferreira Junior says:

    Quem quer independência, busca um sistema de defesa antiaérea. Nenhum um Exercito luta em terra, sabendo que será totalmente destruído do ar.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

shared on wplocker.com