Defesa & Geopolítica

TsAGI trabalha no desenvolvimento de um helicóptero de transporte de rotor único e de alta velocidade para operações no Ártico

Posted by

Helicóptero de transporte de rotor único para o Ártico (Imagem-TsAGI)

Tradução e adaptação-E.M.Pinto

O Instituto Russo de Aero-hidrodinâmica Central (TsAGI) está estudando as condições de voo no Ártico para desenvolver um helicóptero de alta velocidade com perspectiva de um único rotor e sistema de jato para transporte.

O instituto desenvolveu uma série de projetos conceituais para um helicóptero de alta velocidade para uso em operações médicas, de resgate e manutenção de plataformas produtoras de petróleo remotas do litoral ou de navios que passam pela Rota do Mar do Norte.

O programa busca equacionar  a velocidade, alcance e carga de uma aeronave e finalmente determinar sua aparência, os especialistas da TsAGI hoje estão estudando um conjunto de condições. Isso inclui as características do uso de ambulância aérea no país e no exterior, porém, a aeronave planejada é desenvolvida para atender as especificidades naturais e de infra-estrutura das regiões do Extremo Norte, bem como documentos normativos e padrões relacionados à prestação de atendimento médico de emergência.

Recente a Rússia desenvolve diversos projetos objetivando aeronaves e asas rotativas de alta velocidade e performance para uso civil e militar.

“A prestação de atendimento médico de emergência deve ser realizada de acordo com as normas, cuja implementação permite garantir uma alta probabilidade de recuperação do paciente. De acordo com o padrão para a chegada da ambulância aérea é de 20 minutos. O tempo gasto na entrega do paciente com a ameaça de sua vida no hospital não deve exceder duas horas. Se estamos a falar da zona do Árctico com uma densidade populacional muito baixa ou áreas de extração de petróleo e gás muito afastadas da costa, então temos de ter em conta que o alcance máximo de um voo de helicóptero pode ser superior a 1000 km. Tudo isso atesta o fato de que é impossível ficar sem a aeronave de asa rotativa de alta velocidade como ambulância aérea ”, disse o vice-chefe do departamento,

A próxima etapa deste trabalho será a criação de um pacote de software para modelagem de resgate, operações de aviação médica em terra e mar para avaliar a eficácia do desenvolvimento tecnológico de aeronaves de asa rotativa de alta velocidade.

Fonte: Air Recognition

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

shared on wplocker.com