Defesa & Geopolítica

TECNOLOGIA/SONARES: Marinha Indiana fechou contrato com a iniciativa privada de seu país para obter (com a assistência de Israel) sonar portátil de detecção de mergulho

Posted by

 

Sonar do Sistema PointShield israelense

Por Roberto Lopes

 

 

A Tata Power SED, divisão de Engenharia Estratégica da companhia indiana Tata Power Company Limited, anunciou nesta quinta-feira (16.11), em sua página na Internet, que, um dia antes (quarta-feira, 15.11), foi oficialmente contemplada com um contrato da Marinha de seu país para o fornecimento de Sonares Portáteis de Detecção de Mergulho (PDDS).

A encomenda visa aumentar a chamada “Capacidade de Vigilância Subaquática” da Armada local no campo das “Operações Marítimas de Alta Intensidade”.

A instalação dos equipamentos a bordo dos navios da frota indiana também objetiva ampliar as contramedidas dirigidas a ameaças assimétricas.

O pedido dos chefes navais indianos à Tata Power SED aconteceu no âmbito da Iniciativa Make in India – política de desenvolvimento tecnológico que é muito cara ao governo do Primeiro-Ministro Narendra Modi (e dele recebe um substancial apoio financeiro).

Na verdade, este foi o segundo contrato assinado pela Marinha indiana sob o guarda-chuva Make in India. O primeiro, no início do ano, encomendou o desenvolvimento de um Radar de Vigilância de Superfície para os navios da frota indiana.

PointShield – Para atender ao programa PDDS, a Tata Power SED estabeleceu parceria com a  empresa israelense DSIT Solutions Limited.

Grande parte do PDDS será fabricado nas instalações industriais da Tata Power SED em Bangalore, capital do estado de Karnataka, sob um programa de transferência de tecnologia e apoio técnico da DSIT concebido inicialmente para atender o equipamento PointShield.

Os produtos PointShield e AquaShield fazem parte da família Shield de sonares de detecção de mergulho – conhecida por sua operação totalmente automática e pela excelência do seu desempenho.

A especialização da DSIT na área de sonares e acústica submarina se reflete na série de soluções tecnológicas avançadas que seus especialistas entregaram para atender a requerimentos de marinhas importantes no cenário mundial, em sonares de casco, simuladores, equipamentos táticos de operação submarina para a chamada Missão Completa de Sonar, e analisadores de sinais subaquáricos.

A DSIT também oferece programas de upgrade que permitem a modernização de sonares ultrapassados.

“Vemos esse pedido como um importante voto de confiança da Marinha da Índia em nossa tecnologia avançada”, declarou Benny Sela, CEO da DSIT, ao site da Tata Power Company, “ ao nos escolher para proteger sua frota contra ameaças subaquáticas com o sonar portátil de detecção de mergulho PointShield. Estamos ansiosos para trabalhar em estreita colaboração com a Tata Power SED, e entregar sistemas de alta performance e da melhor qualidade à Marinha Indiana. Consideramos este projeto como uma oportunidade para lançar uma cooperação longa e profícua entre as duas empresas em benefício do nosso cliente comum”.

MAFI – Há quase quatro décadas que a Tata Power SED vem se revelando um dos principais players do setor privado no desenvolvimento, integração, produção e fornecimento de sistemas indianos de Defesa.

A divisão de Engenharia Estratégica tem trabalhado regularmente com sistemas missilísticos e de Guerra Eletrônica para o Exército da Índia, além de participar do programa conhecido por MAFI, de Modernização da Infraestrutura de Defesa Aérea do país.

Nesse momento, a Tata Power SED está engajada em um projeto de TCS (Tactical Communication System) e no programa BMS (Battlefield Management System) para a Força Terrestre Indiana.

One Comment

  1. Pingback: TECNOLOGIA/SONARES: Marinha Indiana fechou contrato com a iniciativa privada de seu país para obter (com a assistência de Israel) sonar portátil de detecção de mergulho | DFNS.net em Português

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

shared on wplocker.com