Categories

SEM ORGULHO !!!!

Por: Luíz Pinelli

O Velho Patriota

SEM ORGULHO !!!!

Não resta dúvidas que a retomada do reaparelhamento das FAs BR e o nova estímulo à Industria Bélica Nacional não são feitas somente com palavras inflamadas, mas com medidas governamentais práticas e decisivas, como, reservar permanentemente recursos orçamentários para este setor da vida nacional; e para isso, realmente, proceder a uma Emenda Constitucional que garanta legalmente tais recursos contra os eternos demagogos do governo de plantão.

Não me intimido de repetir, medidas administrativas no papel e em discursos políticos não resolvem nada. Fazer constar, sempre, da LDO, do PPA e das LOAs ,de forma permanente previsões destinadas às nossas industrias( quando estatais) nacionais de armamentos, e recursos para aquisição e renovação por nossas FAs de todos os tipos de equipamentos necessários, impedindo por todos os meios quaisquer cortes orçamentários por parte dos governos que venham penalizar o Plano Estratégico de Defesa.

A conscientização da Sociedade, do Povo e da Nação nesse sentido, fará de cada um controlador atento para aplicação prática deste plano de defesa nacional. E mais uma coisa importante, a sociedade deve repelir, com energia, quaisquer tentativas das “forças ocultas”de denegrir a imagem das nossas FAs. Não devemos responsabilizar nossas Instituições Militares (FAs) pelos erros cometidos por cabeças oriundas da FEB.

Imagine vc brasileiro, embora sem orgulho de nada, estar dentro de uma Força Expedicionária Militar que foi formada para combater a ditadura nazi-facista em terras estrangeira, ao regressar a sua Pátria, ainda navegando em águas internacionais, em alto mar, receber a ordem de extinção da tropa, antes, mesmo, de aportarem em nosso solo.

— O que vc acha que aconteceu com a cabeça destes militares brasileiros graduados ??? Pelo menos uma grande decepção, misturada com uma frustração castradora, devem ter se abatido sobre eles da FEB. Saíram do Brasil para morrer pela liberdade de outro povo, e na volta encontram o mesmo ditador que passou-lhes a “perna”. Por oportuno, é sempre bom, repetir: Sou Civil, mas não sou Imbecil. Houve época em que o estudo obrigatório da Cadeira de História nas escolas e colégios era considerado uma fator estratégico de conhecimento dos fatos acontecidos, num certo momento, no Brasil e no Mundo.

Perdemos nossas industrias militares, por ato de alta traição, mas não perdemos os cérebros que projetaram o Osório, o Tamoio, O Sucuri, O Charrua, o Ogum, O Cascavel, o Urutu, o Jararaca, etc. Acordos Militares com a Alemanha e a Rússia são bem vindos, pois, aviões, helicópteros, navios de pequeno porte, lanchas, submarinos são vitais para a guarda de nossas riquezas.

Não basta ter o privilégio das descobertas destas riquezas, se não somos capazes de defende-las. Já temos na Região Amazônica grandes extensões territoriais, quase iguais aos pequenos estados brasileiros, com bandeiras hasteadas sinalizando quem são os legítimos donos. Acho que não é necessário dizer que são bandeiras das potências militares que mandam e desmandam no Brasil e no resto do mundo.

Tantos sacrifícios e tanto sangue derramado por nossos antepassados, no ciclo das Entradas e no ciclo das Bandeiras, para levarmos como Patrimônio Nacional, para nossos descendentes, a extensão territorial do Brasil, para agora, começarmos a perdermos, lentamente, áreas do nosso território nacional, esboçando, débil reação através de um Plano Nacional de Defesa que nunca mostra vigorosos sinais de poder, de efetiva realização, unicamente, com excessos de discursos políticos, evidenciando muito menos do que teoricamente foi programado no Plano Militar.

É lógico que melhor que uma Nação se prepare militarmente não há nenhuma condição de enfrentamento com as Potências Militares de hoje. É incrível como, diariamente, tomamos ciência de novos escândalos financeiros na Alta Administração do Brasil, e ninguém tem coragem de fazer nada. Repetiremos uma milhão de vezes, em 1964, os motivos, as razões, as justificativas para a Revolução de Militar deflagrada, não foram nem uma milésima parte do que acontece, hoje, na cara, sem vergonha, do povo brasileiro. Queremos um nacionalismo inteligente à serviço do Brasil.

Sejamos cautelosos, comedidos e seletivos na execução dos programas de despesas públicas, apesar de legalmente aprovados nas funções da Lei do Orçamento, pois, teremos uma prioridade estratégica nacional – a Soberania Nacional – ou, atualmente, aquilo que por ela “se entende”.

Não vejo também, em momento algum, o exercício do orgulho pátrio nos corações e mente dos brasileiros. Aconteceram muitas reformas, muitas mudanças, tivemos muito progresso econômico, ganhamos muita evolução em termos de compreensão e entendimento, o poder aquisitivo do brasileiro multiplicou, ao longo do tempo, vivemos uma excelente maré econômica, e estamos com sabedoria aproveitando bem a derrocada econômica de vários parceiros comerciais internacionais, mantivemos com suprema perspicácia, como timoneiros do futuro, os programas e metas do Planejamento Estratégico de governos passados da nossa economia, mas, em compensação, perdemos nosso orgulho pela terra Pátria –Mãe e pelas atribuições e funções sagradas das nossas FAs brasileiras. Portanto, vivemos um estado quase de orfandade nacional.

Mas, então, é bem melhor falar das Fontes de Recursos, que deverão ser permanentes, para o fortalecimento e modernização das FAs do Brasil. É importante que devemos mostrar o conceito de que embora pacíficos e não dispostos a desafiar Potências Militares, muita mais, poderosas que o Brasil, entretanto, como todos os fatos heróicos, como a ação militar das Entradas, das Bandeiras, do Forte de Dourado (Álamo Brasileiro) devemos deixar um recado bem claro: em nome da honra e do orgulho dos patriotas de hoje e dos nossos corajosos antepassados, estaremos preparados, com a aplicação integral do Plano Militar Estratégico para as FAs do Brasil, com mais derramamento de sangue, do que no passado, temperou a terra, com a conquista das nossas linhas nacionais geográficas. Assim cada centímetro do solo pátrio do Brasil, cobrará um alto preço, quando da tentativa de dominação pelos “conhecidos” corsários internacionais.

A canalização de linhas de crédito financeiro, do BNDES, Caixa Econômica, Petrobrás, Pré-Sal, se necessário, a instituição de tributos especiais para o fortalecimento militar são providências sábias que devem ser tomadas., muito antes que não nos sobrem nenhum motivo para arrependimentos, diante da ocupação das terras da Amazônia pelas bandeiras dos EEUU e da Inglaterra. Outro fato relevante a ser destacado, o Poder Legislativo deve ser reduzido de tamanho, democracia legitima não é desperdício de dinheiro ! O Poder Executivo não precisa mais de 9 (nove) ministérios. Vamos terminar com os cabides de emprego. Vamos operacionalizar rígidos controles financeiros para impedir os roubos descarados.

O VelhoPatriota – O Plano Brasil : Luiz.
luiz pinelli neto

http://opatriotavelho

NOTA DO BLOG: Os artigos publicados na seção O velho Patriota não necessariamente refletem a opinião do Blog PLANO BRASIL, simplesmente por se tratarem de textos de autoria e responsabildades do autor.

2 replies on “SEM ORGULHO !!!!”

paulo ricardo da roha paivasays:

ESSA MATÉRIA MERECE/DEVE/TEM QUE SER PUBLICADA NA IMPRENSA,EM SÃO PAULO OU BRASÍLIA,PELO MENOS UM JORNAL DE CAPITAL ESTADUAL.PARABÉNS AO CIDADÃO LUÍZ PINELLI.
PAULO RICARDO DA ROCHA PAIVA, CORONEL DE INFANTARIA E ESTADO-MAIOR

Ronaldo de souza gonçalvessays:

A POPULAÇÃO BRASILEIRA NÃO E FAVORAVEL AS COMPRAR MILITARES DE VULTO POIS COLOCARAM QUE O PAIS NÃO TEM GUERRA NÃO TEM INIMIGO E PACIFICOPOR DEUS ETC ETC. ME PARECE QUE ISTO SE ESPALHA ATÉ PARA OS GOVERNANTES, MAS ACHO QUE A DESCOBERTAS DO PRÉ-SAL MUDOU ESSA PREMISSA E ACHO QUE O GOVERNO DEVE APROVEITAR ISTO PARA ACELERAR AS COMPRAR DE MATERIAL BELICO. E FORTALECER A AREA DO PRÉ SAL E AMAZONAS

Leave a Reply

Your email address will not be published.