Defesa & Geopolítica

SEGURANÇA PÚBLICA: Segundo Jornal Extra Mortes em operações do Bope cresceram 80% em 2017

Posted by

Mortes em confrontos durante ações do Batalhão de Operações Especiais (Bope) em 2017 dispararam. Dados internos da tropa de elite da PM obtidos com exclusividade pelo EXTRA via Lei de Acesso à Informação revelam que 65 pessoas foram mortas durante ações do batalhão de janeiro a agosto deste ano. A quantidade de homicídios é 80% maior do que no mesmo período de 2016, quando houve 36 mortes em operações. O número de homicídios durante ações do Bope até agosto é maior até se comparado com as mortes registradas no ano passado inteiro, quando 57 pessoas morreram em operações do batalhão.

O crescimento no número de vítimas não é proporcional ao aumento nas ocasiões em que a tropa de elite foi acionada. O total de operações do Bope em 2017 também aumentou em relação ao ano passado, mas em menor proporção que as mortes: no total, foram 310 operações de janeiro e agosto deste ano, 14% a mais do que em 2016. A média é de mais de uma ação por dia. Segundo a própria PM, o Bope é uma tropa de intervenção tática que só atua em “situações críticas”.

O número de feridos durante as ações também aumentou. Foram 14 baleados em operações do Bope em 2016 e 21 neste ano — um aumento de 50%. De janeiro a agosto de 2017, a cada três operações do Bope, uma terminou com uma pessoa morta ou ferida. Os dados da PM não especificam se os mortos e feridos foram suspeitos baleados por policiais ou moradores atingidos por balas perdidas em meio a tiroteios.

Junto com o aumento nas operações, cresceram as quantidades de armas apreendidas, assim como o número de prisões feitas pelo Bope. Até agosto de 2017, 55 pessoas foram presas em ações do batalhão — crescimento de 12% em relação ao mesmo período do ano anterior. Já o número de armas apreendidas cresceu 58% — passou de 81 para 128. Contando somente os fuzis, 35 foram encontrados em 2017, 45% a mais do que em 2016.

Oficiais divergem sobre uso

Oficiais da reserva da PM divergem sobre o aumento de operações do Bope de 2016 para 2017. Para o coronel Paulo César Lopes, o número reflete o aumento da violência no Rio, que exige mais constantemente uma tropa de intervenção tática.

— O Rio vive, na atualidade, uma situação de anormalidade institucional. A insegurança atingiu patamares insustentáveis , em decorrência do exaurimento da capacidade operativa das forças convencionais da PM. Logo, justifica-se o utilização mais contínua das forças especiais — afirma Lopes.

Já o coronel Robson Rodrigues, ex-comandante das UPPs, afirma que a tropa de elite, atualmente, participa de ações que extrapola a função para qual ela foi criada.

— Hoje, há um desvio da função do Bope, que deve ser usado em situações emergenciais ou em apoio ao Ministério Público. Nos anos de expansão das UPPs, o efetivo das unidades especiais cresceu, por conta dos período pré-ocupação. Agora, com a retração das UPPs, era de se esperar o oposto — afirma Rodrigues.

O aumento no número de ações do Bope em 2017 também foi acompanhado por um crescimento acentuado na quantidade de drogas apreendidas. Até agosto, foram apreendidos 178kg de cocaína contra 41kg encontrados no ano passado. Já a quantidade de maconha apreendida aumentou 55% do ano passado para este. Procurada, a PM não respondeu ao EXTRA sobre os critérios de utilização do Bope.

Em 2016, nove PMs do Bope ficaram feridos durante operação e um morreu. Neste ano, foram sete baleados e nenhum agente morto.

Em setembro, quatro policiais do batalhão foram condenados por receber propinas de traficantes em troca de informações sobre operações. Uma das provas contra os PMs é o depoimento de o Léo do Aço, chefe do tráfico das favelas Antares e Rola, na Zona Oeste, revelado pelo EXTRA. No relato, ele afirmou que fazia pagamentos semanais de R$ 70 mil a um dos agentes.

Fonte: Jornal Extra

14 Comments

  1. Pingback: SEGURANÇA PÚBLICA: Segundo Jornal Extra Mortes em operações do Bope cresceram 80% em 2017 | DFNS.net em Português

  2. Brasileiro de Verdade says:

    Isso significa que mais bandidos estão indo pra vala.

    • Engano seu cumpadre a maioria das mortes são somente de policiais e civis inocentes e o que temos para comemorar nessa erronea politica de segurança publica do Estado que prioriza o confronto como unica forma viavel,o viés mais facil !

  3. Parabéns ao Bope

  4. Jornaleco da Globolixo,que bandido é vitima e policial é assassino.

  5. Quanto mais bandido no inferno melhor.

  6. E o que dizer-mos da sujestiva foto da materia colocando um guerreiro do BOPE como fosse um guerrilheiro fundamentalista radical Islamico heim !
    Deveriamos é ter vergonha de tudo isso enves de ficar-mos como urubus carniceiros comemorando um imundo extermio direcionado que serve apenas para extraviar atenção do verdadeiro cancro social que se instituiu no Brasil e se fez poder e juizo !

  7. BRASILEIRO DE VERDADE
    Um merda como voce visa arrastar a nação a guerra civil !
    Um merda como voce desconhece o que seja uma guerra e o que sejam soldados em uma guerra.
    Seu merda,uma guerra é INFERNO e soldados são DEMONIOS !
    Um merda como voce vai deixar 3 quilos de bosta nas calças e grunhir como uma cadela entregando ao adverso a localização da tropa !
    Sabe porque eu sempre os defendi e defendo ? Porque eu conheço na carne todas as covardias e desumanidades indignas cometidas contra eles por sua casta imunda nazistinha que apenas os identificam como lixeiros a serviço das vossas esquizofrenias traidoras !
    A maioria deles é composta de homens que almejam apenas dignidade e reconhecimento,o que todo Brasileiro tambem almeja.
    Lave sua boca imunda em citar o que desconhece e nem tem hombridade de se referir !
    Troque outra vez a calçinha,esta calçinha de verdadeiro Brasileiro não condiz com o microbio que és !

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

shared on wplocker.com