Defesa & Geopolítica

Segurança Pública: Prefeitura de São Bernardo moderniza armamento da Guarda Municipal

Posted by

Corporação passa a contar com 400 novas armas Taurus, calibre 380, qualificando o trabalho de segurança pública no município. Foto: Gabriel Inamine/PSA

A Guarda Civil Municipal (GCM) de São Bernardo deu prosseguimento ao processo de modernização de suas operações com a chegada de novo lote de pistolas Taurus modelo 838, totalizando 400 novas armas mais compatíveis com o trabalho de segurança pública. Ao todo, estão sendo investidos R$ 2,1 milhões na compra dos armamentos, além de 185 mil munições e 400 kits de cintos e coldres. Os guardas recebem, até dezembro, treinamento para incorporação dos novos equipamentos na rotina de trabalho.

As novas armas substituirão os antigos revólveres calibre 38, que vinham sendo usados pela guarda desde sua criação, em 1.999. “Este é um equipamento mais moderno, que possui uma carga de munição superior ao equipamento usado até então. Já adquirimos 400 armas e no ano que vem vamos adquirir mais 400 unidades para que todo nosso efetivo tenha esse armamento”, destacou o prefeito Orlando Morando, durante uma das aulas de tiro, que vêm sendo realizadas no Centro de Treinamento na Preservação da Vida, no bairro Montanhão. O chefe do Executivo foi acompanhado do vice-prefeito, Marcelo Lima, e do secretário de Segurança Urbana, Coronel Carlos Alberto dos Santos.

Além do curso de tiro, os agentes de segurança também estão recebendo capacitação sobre legislação e funcionamento técnico dos equipamentos, com carga de 100 horas/aula. O treinamento está previsto em lei federal e acontece como complemento ao método Giraldi, que consiste em um conjunto de técnicas e normas, criado por Nilson Giraldi, utilizado pelos Policiais do Estado de São Paulo desde 1998 e que tem ajudado na diminuição de mortes de policiais.

Melhorias

Desde o ano passado, uma série de melhorias foram implementadas na estrutura de trabalho da GCM, o que reflete no serviço de segurança urbana prestado. Exemplo disso foi a sanção da mudança do sistema de contratação da Guarda Civil Municipal (GCM) do regime celetista para o estatutário, atendendo uma antiga demanda da categoria. Além disso, a Prefeitura apresentou a nova frota de veículos da GCM, composta por 50 novos carros zero-quilômetro, por meio de contrato de locação.

A prefeitura também investiu em sistemas de geolocalização nos carros, facilitando o deslocamento das equipes aos locais de ocorrência. Também foram inaugurados seis novos equipamentos públicos destinados ao reforço da segurança da população. São eles: as inspetorias da GCM na Vila Marchi, na Vila do Tanque (dentro da Arena Olímpica São Bernardo) e na Vila São Pedro, além da base comunitária na Praça Lauro Gomes, no Centro, e novo almoxarifado no bairro Nova Petrópolis.

 

Fonte: diario regional

4 Comments

  1. Coitados! Taurus .380.

    • Por isso que esse decreto ordinário atual que regulamenta o calibre até para as forças policiais tem que ser e será revisto… nos EUA a polícia pode ter acesso até a AR-15 e algumas equipes até M-60… só aqui que a polícia tem que enfrentar bandidos portando AK-47 com pistolas .380… RIDÍCULO…

      • B&E, Não é bem assim, Guarda municipal ou Policia Municipal não está inserida nesse contexto que vc criou onde enfrentam “bandidos portando AK-47 ” a Função deles está sendo estendida a conter crimes de menor periculosidade como Furtos, Roubos e até alguns casos de combate ai tráfico de Drogas em áreas menos perigosas, e para isso não vão só de pistolas .380, aqui tbm a Policia utiliza esses armamentos, a PMERJ que atua justamente nesse cenário que vc desenvolveu possui fuzis 5,56 e 7,62 como IA2, FAL, Para-FAL, AR-10A4 e aqui tbm algumas equipes como é o caso do BOPE RJ utilizam metralhadoras que no nosso caso é a Minimi.

  2. hahahahahahahaha , modernidade com 838?

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

shared on wplocker.com