Defesa & Geopolítica

SAFRAN e UEC assinam acordo para  o desenvolvimento de uma opção do motor SaM146 para a aeronave anfíbia Be-200

Posted by

O SaM146 e todos os serviços pós-venda são fornecidos pela PowerJet (uma joint venture fundada pela Safran Aircraft Engines e pela UDK-Saturn)

Informações- Rustam- Moscou / Rússia

Tradução e Adaptação- E.M.Pinto

Conforme relatado em 25 de maio de 2018, a United Engine Corporation (UEK), PJSC “ODK-Saturn” (parte da United Engine Corporation de Rostech) e a empresa francesa Safran Aircraft Engines (parte do grupo Safran)anunciaram  no âmbito do fórum ecoômico internacional de São Petersburgo que foi concluído o acordo para o desenvolvimento de uma modificação do motor SaM146 para a versão remotorizada do avião anfíbio russo Be-200.

O SaM146  é um motor integrado que inclui um motor turbofan e uma nacelle com um dispositivo de reversão. O SaM146 é produzido pela ODK-Saturn (Rybinsk) sob os termos de uma parceria equitativa com a Safran Aircraft Engines para equipar a aeronave de passageiros Sukhoi Superjet 100. O motor e todos os serviços pós-venda são fornecidos pela PowerJet (uma joint venture fundada pela Safran Aircraft Engines e pela UDK-Saturn).

O contrato foi assinado por Alexander Artyukhov, diretor geral da United Engine-Building Corporation, e Olivier Andries, diretor executivo da Safran Aircraft Engines. A cerimônia de assinatura também contou com a presença do ministro da Indústria e Comércio da Federação Russa, Denis Manturov.

A ODK-Saturn e a Safran Aircraft Engines concordaram em realizar a modernização a qual inclui uma grande revisão do software do sistema de controle automático digital do motor SaM146 atualmente em serviço para integrá-lo à aeronave Be-200 e para posterior certificação adicional da versão remotorizada. Um roteiro de três anos para a criação de três protótipos, projetados para testes e certificação, foi formado.

Este projeto significa para nós uma nova oportunidade de interação efetiva com os motores de aeronaves da Safran, Juntamente com o nosso parceiro francês, elaboramos um roteiro muito claro para a implementação do programa, que nos permitirá começar a criar uma nova versão do motor SaM146 que atenda às necessidades das aeronaves Be-200 “, disse Alexander Artyukhov, diretor geral da JSC “ODK”.

A cooperação entre a ODK-Saturn e a Safran Aircraft Engines começou em 1996, quando a empresa russa começou a fabricar componentes do motor turboshaft CFM56. Em 2004, a PowerJet foi criada para desenvolver e produzir o  SaM146.

O motor SaM146 entrou em operação comercial em 2011. Por hoje, ele opera nos aviões Sukhoi Superjet 100 de 15 operadores na Rússia e no exterior. O tempo total de operação do SaM146 em maio de 2018 é superior a 875 mil horas de voo. O motor SaM146, criado com base em uma combinação de experiência e novas tecnologias de motores russos e ocidentais, atende plenamente aos requisitos ambientais modernos. A confiabilidade da partida de acordo com o cronograma para o motor é de 99,9%. Em geral, o desempenho do SaM146 está em um nível mais alto que a média dessa classe de motores.

 

“Estamos satisfeitos por poder contribuir para este projeto”, disse o CEO da Safran Aircraft Engines, Olivier Andries. “Isso reflete claramente o fato de que ainda pretendemos fortalecer a cooperação com a indústria de aviação russa, que começou há cerca de 20 anos. A Safran Aircraft Engines produz o gerador de gás do SaM146, e este motor simboliza o valor total de nossa parceria, que teremos prazer em continuar a desenvolver com este novo acordo Be-200 “.

 

2 Comments

  1. Aí está uma aeronave que faria enorme diferença para o combate à incêndios na Amazônia, por que ainda não pensaram nisto ? Versões SAR e versão anti-submarino do B200 seria muito útil para a Marinha , poderia pousar próximo aos náufragos, e pousar para recolher os sensores de rastreamento de subs , lançar torpedos , o leque de utilidades pra este vetor é imenso , imaginem um caçador que pode lançar sonobias e depois recolhe-las . se quiserem posso desenvolver as técnicas e doutrinas de uso .

  2. Também acho, seria igualmente uma boa aeronave SAR para a Amazônia Azul.

shared on wplocker.com