Defesa & Geopolítica

Paquistão pode se tornar o primeiro cliente estrangeiro do Helicóptero de ataque chinês Z-10

Posted by

Z10E.M.Pinto
Segundo o blog chinês, China Defense Blog, uma fonte do Paquistão afirma que o seu país pode se tornar ainda em 2015 o primeiro cliente estrangeiro do novíssimo helicóptero de ataque chinês Z-10. Segundo relatos, três aeronaves do tipo deverão ser incluídas na frota de aviação do Exército do Paquistão ainda este ano. Os helicópteros serão empregados em missões de combate ao terrorismo.

Z-10

Fonte: China Defense Blog

9 Comments

  1. Pingback: Paquistão pode se tornar o primeiro cliente estrangeiro do Helicóptero de ataque chinês Z-10 | DFNS.net em Português

  2. Brazil; Army reviews combat helicopter contenders
    Brazilian Army is studying offers for its next generation attack helicopters program – narrowed down to Augsta-Westland A129 Mangusta, MiL Mi-28, Airbus Tiger and Kamov Ka-52
    http://dmilt.com/index.php?option=com_content&view=article&id=11511:brazil-army-reviews-combat-helicopter-contenders&catid=35:latin-america&Itemid=58

  3. Aug 22/13: Brazil. Turkey and Brazil are forming a number of working groups on defense cooperation. Their release specifically mentions that the aeronautics working group will be studying the assembly of Turkish helicopters in Brazil. The T129 is the only candidate that fits. Note that Brazil already fields a handful of Russian Mi-35M attack helicopters, with a limited secondary capability as transports. On the other hand, they could definitely use more armed helicopters, and local production appeals. AgustaWestland just expanded its Brazilian facilities in Sao Paulo, with enough space to add a production line.

    http://www.defenseindustrydaily.com/turkey-shortlists-2-attack-helicopters-updated-02397/
    The flip side is that Turkey would be studying the assembly of Brazilian aircraft in Turkey. Embraer offers the Super Tucano, a number of military aircraft based on their ERJ 145 regional jetliner, and the KC-390 medium transport. Turkey is committed to buy 10 A400M medium transports, but they have 32 C160 and C-130 medium transports to replace, so a future KC-390 buy is possible. Other possibilities are more restricted, as Turkey already has projects or orders in those categories: KAI’s KT-1 for training, Boeing’s E-737 AWACS for aerial surveillance, and Airbus ATR-72s and CN-235s for maritime patrol. Sources: Brazil MdD external link [in Portuguese] | AgustaWestland Aug 14/13 release.

    July 30/13: Malaysia. Malaysia hasn’t made a fighter decision as planned, and may even be backing away from a new fighter order altogether. During a press conference with French Prime Minister Jean-Marc Ayrault, Malaysia’s Datuk Seri Najib Tun Razak referred to a recent incursion in Sabah external link, Borneo by Philippine terrorists. He was quoted in the Malaysia Star external link:

  4. Agosto 22/13.: Brasil e Turquia estão formando de grupos de trabalho sobre cooperação em defesa. A sua deliberação menciona especificamente que os grupos de aeronautas avaliarão a montagem de helicópteros turcos no Brasil. O T129 é o único candidato que se encaixa. Note-se que o Brasil já adquiriu o Mi-35M, helicópteros de ataque de procedência Russa, com uma capacidade limitada, servindo como aeronave de ataque e secundária de transporte. Por outro lado, eles poderiam definitivamente utilizar helicópteros mais armados, condicionando a que tal tenha produção local. AgustaWestland expandiu suas instalações no Brasil, em São Paulo, com espaço suficiente para adicionar uma linha de produção.

    O outro lado é que a Turquia estaria estudando a montagem de aeronaves brasileiras na Turquia. A Embraer ofereceu o Super Tucano, um número de aeronaves militares com base na sua ERJ 145 jato regional, e o KC-390 de transporte médio. Turquia tem o compromisso de comprar 10 A400M médio transporta, mas eles têm 32 C160 e médio C-130 transporta para substituir, por isso, um futuro KC-390 buy é possível. Outras possibilidades são mais restritos, como a Turquia já tem projetos ou ordens nessas categorias: de KAI KT-1 para a formação, E-737 AWACS da Boeing para vigilância aérea, e Airbus ATR-72s e NC-235s para patrulha marítima. Fontes: Brasil MDD [em Português] | AgustaWestland agosto 14/13 libertação.

  5. Exército Brasileiro avalia quatro helicópteros de ataque, dois deles Russos.

  6. Muito embora seja de especificações mais modestas, acho que poderíamos embarcarmos na ideia Sul Africana e encararmos o desenvolvimento do Helicóptero Denel AH-2 Rooivalk, as possibilidades são imensas.

  7. Senhor editor, não sei se é falsa ou verdadeira a noticio, sendo verdade peço-vos que favoreça-nos informações sobre os possíveis candidatos na aquisição de Helicópteros para o EB e dentre os mesmo sugiro matéria sobre o Denel AH-2 Rooivalk.

shared on wplocker.com