Defesa & Geopolítica

Paquistão negocia a compra de de 62 novos caças JF-17 Block 3

Posted by

Um elemento de caças JF17 Block 2 da PAF

Tradução e adaptação – E.M.Pinto

 

De acordo com o relatório de inteligência da Força Aérea Indiana (IAF) acessado pelo periódico indiano Zee News, a Força Aérea do Paquistão estuda a aquisição de novos 62 caças JF17 Block 3.

O JF-17 do Paquistão é um avião multimissão desenvolvido em conjunto pelo Complexo Aeronáutico do Paquistão e pela Chengdu Aircraft Corporation da China- CAC. O governo paquistanês está empenhado em introduzir a versão mais avançada da série JF-17 – o novo JF-17 Block-3 aumenta o seu poder de dissuasão frente a Força Aérea indiana sua rival regional.

De acordo com o relatório, o Paquistão já solicitou  à CAC a entrega de 13 JF-17 (Block 2) os quais serão entregues à Força Aérea do Paquistão (PAF) até julho de 2019. Outra encomenda prevê a entrega de duas aeronaves biplace  do modelo mais avançado até 2020. A Força Aérea do Paquistão planeja iniciar a operação de pelo menos 22 jatos JF-17 (Bloco 2) antes de 2020.

De acordo com relatórios de inteligência, o Paquistão e a China também estão desenvolvendo conjuntamente jatos JF-17 (Block-3), uma aeronave de combate de quarta geração. A Força Aérea do Paquistão espera que as novas variantes do JF-17 (Block-3) sejam entregues a partir de 2020. Esta versão mais poderosa do que a série JF-17 atual poderá equipar a PAF com cerca 28 novos modelos (Bloco 3) até 2022.

Arte conceitual da aeronave JF-17 Block 3 meramente ilustrativa

De acordo com o relatório de inteligência, dois jatos JF-17 (Block-3) seriam entregues pela Chengdu Aircraft Corporation,  e os 26 remanescentes serão fabricados no Paquistão.

O JF-17 (Block-3) tem um recurso de aviônicos, como monitor de capacete e sistema de visão (HMD), um novo display multifuncional de painel único, um radar ativo de varredura eletrônica (AESA) emparelhado com um sistema de busca e rastreamento de infravermelho. O JF-17 (Block-3) terá cockpit com um stick de controle de vôo na lateral e uma opção de cockpit de dois lugares com velocidade máxima de Mach 2.

Atualmente a Força Aérea da Índia (IAF) possui cerca de 1700 aeronaves, enquanto o Paquistão tem 890 e a China tem 3 mil. Em tal situação, a Índia pode ter que enfrentar enormes desafios com o Paquistão e a China alinhados em caso de um conflito.

Fonte: Zeenews.india.com

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

shared on wplocker.com