Defesa & Geopolítica

País foi chamado a ocupar a Áustria

Posted by

EUA queriam que Brasil assumisse controle sobre a terra natal de Hitler depois do fim da 2.ª Guerra Mundial

Wilson Tosta, O Estadao de S.Paulo

06 Junho 2009 |

Um dos mais prestigiados pesquisadores das relações militares entre americanos e brasileiros, o historiador Frank McCann, da Universidade de New Hampshire, revela que o Brasil recusou gestões dos EUA para participar da ocupação aliada da Áustria após a 2ª Guerra (1939-1945).

A sugestão, rejeitada por motivos ainda hoje não esclarecidos, poderia, se aceita, ter modificado substancialmente o papel brasileiro nas relações internacionais no pós-guerra e facilitado o caminho para o País obter a almejada cadeira permanente no Conselho de Segurança da ONU, acredita o professor. Ele vai comentar suas pesquisas sobre o assunto no I Seminário de Estudos sobre a Força Expedicionária Brasileira (FEB), dia 15, no Instituto de Filosofia e Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio de Janeiro (IFCS-UFRJ). “O general (Mark) Clark (comandante aliado na Itália) foi mandado para a Áustria como chefe de ocupação e, conhecendo os brasileiros, pensou que seria interessante tê-los”, revela o historiador, autor de Soldados da Pátria – História do Exército Brasileiro 1889-1937 (Companhia das Letras).

“Mas, sem documentos, não posso dizer por que o Brasil não entrou nisso. Não sei até que nível o governo brasileiro foi consultado.” O historiador ainda procura pelos relatórios anuais de atividades do Exército de 1945 e 1946, nos quais espera achar pistas do motivo da recusa. Os volumes são os únicos que não estavam nem na Biblioteca do Exército, nem em seu Arquivo, nem em seu comando, em Brasília. McCann conta que, no imediato pós-guerra, os americanos desmobilizaram rapidamente suas tropas na Europa. Para a ocupação, seria necessário recrutar mais gente, por meio de convocação de cidadãos dos EUA. Os militares que combateram não foram os mesmos que depois ocuparam o território europeu. Nesse panorama, o comando aliado lembrou que, dos 25 mil pracinhas enviados pelo Brasil à Itália, 10 mil, por falta de tempo para receber o treinamento, não entraram em combate – tinham passado o tempo no ciclo de instrução preparatória. No fim do confronto, foram consideradas tropas “descansadas”, logo, prontas para participar da ocupação.

“Durante a guerra, uma divisão não era grande coisa, mas, como os EUA se desmobilizaram muito rapidamente, uma divisão brasileira na Europa após a guerra teria sido, sim, grande coisa, de fato”, diz ele. A Áustria teve importância central no conflito. Remanescente do Sacro Império Romano Germânico e do Império Austro-Húngaro sob a Dinastia Habsburgo, além de terra natal do ditador nazista Adolf Hitler, o país foi anexado pelos alemães em 1938, como parte da tentativa de construir a “Grande Alemanha” sob o 3.° Reich. Após a 2ª Guerra, foi dividida entre EUA, Grã-Bretanha e URSS, que permitiram que os austríacos formassem um governo provisório. Os aliados estabeleceram que o país seria separado da Alemanha e não poderia aderir a tratados militares, o que a levou à neutralidade na Guerra Fria. Em 1955, sua ocupação foi suspensa.

O pesquisador relata ainda que o diplomata Vasco Leitão da Cunha ouviu, em Roma, que o general britânico Harold Alexander teria dito: “O brasileiro é um belo soldado. Lamento saber que eles querem voltar para casa e não ir para a Áustria.” Leitão da Cunha, relata, telegrafou para o Itamaraty dizendo que “o Brasil tinha de ficar”, ouvindo como resposta: “Isso é cavação deles para ganhar ouro.” O Brasil temeria pagar despesas da ocupação. McCann diz ainda que o comandante do 4º Corpo do 5º Exército dos EUA, do qual a FEB era parte, general Willis Crittenberger, consultou o então coronel Castello Branco (que, em 1964, seria o primeiro presidente do regime militar) sobre a possibilidade de o Brasil participar da ocupação da Itália, em 10 de maio de 1945 – pouco depois do Dia da Vitória, quando a Alemanha se rendeu.

“Castello disse algo sobre o Brasil não participar do conselho aliado para governar a Itália, então não deveria ter tropas envolvidas”, diz. “Acho que, se o Brasil tivesse participado da ocupação, teria ganho o assento no novo Conselho de Segurança e no pós-guerra teria tido um status muito, muito maior.” ENCONTRO O I Seminário de Estudos sobre a FEB será promovido pelos Programas de Pós-Graduação em História Social das universidades federais do Rio de Janeiro e de Londrina e terá dez sessões temáticas. Além de McCann, participarão do encontro os pesquisadores Celso Castro, da Fundação Getúlio Vargas, José Murilo de Carvalho, da UFRJ, e Vagner Camilo, da Universidade Federal Fluminense, entre outros. O evento será no IFCS/UFRJ,no Largo de São Francisco, 1, no Centro do Rio.

Fonte: Estadão

54 Comments

  1. Muito lega,l relato sensacional

  2. porque o brasil sempre pede boas oportunidades? se a história for verdadeira, se for com certeza não foi a primeira nem foi a ultima

    • jose luiz esposito says:

      Porque a falta de Verbas ? Elas obrigatoriamente devem ser Prioritárias para as nossas Castas , lideradas pelo Judiciário , Funcionalismo Público , Políticos ,etc, somente vão para os nossos interesses quando sobram Migalhas destas Castas !

  3. Esta foi uma das maiores burradas de nossos administradores públicos federais e diplomatas… Recusarem, por motivos cretinos e estúpidos, a continuidade da participação brasileira entre os vitoriosos da WW2.
    Não terem estofo cultural para entenderem o que foi a WW1, e então a WW2, e os desdobramentos políticos econômicos que surgiram após a WW1, e que deveriam ocorrer pós WW2.
    Uma cambada de imbecis e tolos.
    Os da mesma espécie que ainda teimam em existir. E que vivem perdendo oportunidades históricas de real projeção de Poder mundial para Brasil.
    Outras duas bolas fora IMPERDOÁVEIS:
    1- Por ocasião da invenção do avião por um brasileiro, deveriam imediatamente terem criado um instituto federal de ciência da aviação em solo brasileiro concomitantemente ao aprimoramento do mesmo na Europa. Tendo em paralelo dado início a uma industrialização do mesmo por aqui.
    2- A indústria automobilística deveria ter iniciado aqui (mesmo com uma estatal) em paralelo ao que se fazia na Europa e EUA, lá pelo seu início.

    Pois é, nadica de iniciativas contundentes e desenvolvimentistas de nossos políticos nas primeiras décadas do século XX, assim quando houve esse convite, de caráter geopolítico histórico, os palermas também não atinaram nada de nada, para o engrandecimento e fortalecimento de nossa nação. Elite brasileira babaca. Eternos oligarcas rurais ignorantes, que pensam sempre em termos de extração e não de produção..

    Brasil poderia ter tido um dedo enfiado bem no meio do melhor que a Europa tinha: A refinada Áustria. E jogou fora uma oportunidade fantástica de respeito e admiração mundial.

    • Poise, o engraçado, eh que os motivos para nao terem aceitado ficarem na Europa, nao ficaram muito claros. Se for apenas por isso: “Castello disse algo sobre o Brasil não participar do conselho aliado para governar a Itália, então não deveria ter tropas envolvidas”, eh muita imbecilidade

  4. César Pereira says:

    Eu já tinha ouvido falar disso, e creio não ter uma furada uma verdadeiro presente de grego,pois se nosso país sequer vez parte do conselho para governar a Italia ,imagina oque nos esperava na Austria ?

    • Depois culpam os outros pela condição lixo brasileiro, os bundoes acham tudo furada , não conseguem ver além de um palmo do nariz !

      • César Pereira says:

        O BRASIL sequer vez parte do conselho para governar a Italia, onde atuamos com dignidade e louvor,isso me faz crer que o BRASIL teve argumentos muitos fortes para recusar essa proposta de ocupação da Áustria !
        A condição ” lixo brasileiro” como você diz é fruto de atitudes de pessoas como você meu caro Casuar,pois são pessoas que não pensam para falar,sequer conhece o teor das coisas e vão logo dizendo sim, pensam que veem além, mas são meros idiotas, cegos e tolos !
        Grande abraço !

    • Furada ou não, já estavam lá, porque não ficar pra ver o que daria?

  5. Talvez fosse um castigo adequado ao povo que nos legou Hitler ser governado, ocupado, ou ser fodido pelos brasileiros, um eterno banana! É noís STF, Congresso e Executivo!

    • A Máquina Troll says:

      Esta republiqueta de bananas é tão ridícula que os nossos “irmãos e amigos do norte” ameaçaram e inclusive planejaram mesmo invadir e tomar isso aqui para usar a região Nordeste como ponto estratégico para tropas e bases estadunidenses…por isso que foram e afundaram navios na costa brasileira para alegar e acusar que foram os alemães…o resultado disso foi 20 mil soldados da FEB servindo de bucha de canhão numa guerra patética e de egos de potências estrangeiras…

      • este cara deve ter 15 anos

      • jose luiz esposito says:

        Joãozinho , todos que nada conhecem ,sempre ofendem pessoas mais esclarecidas ,porque não procuras o conhecimento em vez de ofensas . O Tio Satã realmente ameaçou-nos em caso de recusa , fazer operações no Nordeste e nos obrigar a ceder-lhes nossa bases . Tudo isto acontece com o Brasil com o desprezo por nossa Defesa após o Golpe da Republiqueta , antes não conseguiriam e nem se atreveriam!

    • A Máquina Troll says:

      Plano Americano Para Invadir o Brasil :

      https://www.youtube.com/watch?v=cSwsseNmHmA

      • Maquina, para com isso: “Plano Americano Para Invadir o Brasil” que eh feio, fico com vergonha alheia por você.

      • Invadir pra que se eles podem comprar os políticos e os militares do Brasil?
        Já estão com Alcântaras, já fizeram exercícios na Amazônia para reconhecerem e mapearem tudo o que tem lá, já tomaram o pressal ( cade a lenga-lenga do petróleo é nosso?) e a Embraer já está sendo entregue.
        Então pra que invadir e perder vidas? na segunda guerr foi a mesma coisa compraram a participação do Brasil a preço de bananas.
        Quando se trata do PT os comandantes não tem vergonha de ameaçarem com golpes, quando se trata da direita vira-latas os militares ficam caladinhos e dizem que n ão podem fazer nada.

  6. a burrice e falta de visão estratégica desses governantes do Brasil e histórica perderam uma grande oportunidade elevar o status do Brasil no pos segunda guerra triste sina de um pais governado por lideres medíocres tanto político como Militar o Brasil não cansa de perder oportunidades e e assim até os dias de hoje estamos na eminencia de entregar a nossa Embraer para os Norte-americanos da Boeing o seja Sempre cometendo os mesmos erros as mesmas mediocridades históricas com esses governantes e essa pseuda Elites que temos aqui quem precisa de inimigos pobre Brasil

  7. Roberto Medeiros says:

    Tem algo de errado aí. Getulio Vargas era uma raposa velha. Ele não teria perdido uma oportunidade, se a enxergasse. Se a oferta foi feita para ele e ele recusou… Tem coisa aí.

    • Getúlio Vargas possuía mais afinidade com o Fuher do que com os aliados , só enviou tropas porque colocaram um fuzil na testa dele e disseram : Ou da ou desce , ele deu , por isso evitou mais envolvimento pois estava dando guarita para muitos membros do SE e do Heich !

      • Isso eh um fato Casuar, penso que houve uma puxasaquismo por parte de Getulio na epoca sim.

      • jose luiz esposito says:

        Não é Verdade , procures saber dos Dossiers enviados a Alemanha por sua Embaixada no Rio de Janeiro, fala totalmente em contrário . Diz claramente que o Brasil nunca estaria do lado deles , tendo conhecimento ,como publiquei acima , não se repete esta cantilena comum a desconhecedores ou aos de má fé . No Governo Vargas havia sim , Francisco Campos que era Fã de Hitler , ele foi o culpado por Enrico Fermi ,. ter de deixar o Brasil com sua mulher Judia , sabias disto ?

    • César Pereira says:

      Concordo com você meu caro Roberto Medeiros,tem coisa nessa proposta que não sabemos,nós derramamos nosso sangue na Itália, e enfrentamos batalhas terríveis, então porque recusaríamos uma coisa aparentemente tão fácil ?

  8. A Máquina Troll says:

    “No meio de um povo geralmente corrupto a liberdade não pode durar muito”

    Edmund Burke

    A verdade sobre o presidente Getúlio Vargas – Documentário :

    https://www.youtube.com/watch?v=f_Vw2LH9EMA

  9. Nos meus mais de 20 anos de exército nunca ouvi nada sobre isso, nem de pracinhas, nem nos livros militares.

    • Já sabia sobre isto.
      E também sobre outros fatos praticamente desconhecidos sobre nossa campanha na WW2, e estada na Itália.
      E alguns não escritos, mas contado da boca de pracinhas.
      Quem sabe um dia, se for conveniente, escreva algo aqui ou em outro local.
      E,
      Meu pai e um tio, ambos já falecidos, foram oficiais R1, e meu pai já estava no exército durante a WW2, ele me falou muito pouco a respeito, mas coisas bem interessantes sobre os alemães e o Brasil.

      Também há certas coisas bem interessantes entre Japão e EUA na WW2.

      Uma curiosidade:
      Durante a WW2, meu pai, por conta própria, mantinha sempre atualizado na sala que ele tinha no quartel que servia, um mapa mundi na parede com a movimentação das forças dos aliados e do eixo, e para a sala dele convergia toda a tropa para acompanhar como as coisas estavam se saindo. Afinal, não existia ainda nem TV nem internet.

  10. Colegas, este artigo acima sobre um fato passado meio obscuro de nossa história nacional, serve para mostrar o quanto nossos políticos têm sido tolos em termos de geopolítica, e o quanto somos insistentes em perder o bonde das oportunidades internacionais.


    Pois bem, e quais seriam atualmente, neste ainda início de um novo século, as novas oportunidades para engrandecimento do Brasil que podemos mais uma vez negligenciar?
    Vou citar três: E quem quiser cite outras.
    1- O desenvolvimento, de forma séria e com farto financiamento federal, da tecnologia de aeronave hipersônica com motor scramjet, sendo que inclusive já temos um protótipo experimental o 14-X. Só que ele vem sendo encarado com o desleixo de sempre para variar. Mas, ainda há tempo para pontuarmos como líderes neste novo segmento aéreo.
    Porém, vamos perder este bonde?
    2- O desenvolvimento de super arranha-céus (com mais de 150 andares) que é a nova estética urbana das principais cidades do mundo já para a primeira metade do século XXI.
    Porém, vamos ficar para trás nisto também?
    3- Aqui a questão está ligada com a 2 acima, tem a ver com o turismo do século 21… Uma das grandes fontes de renda neste século será o turismo internacional, para atrair a crescente classe média mundial… Precisamos, sem mediocridade, preparar nosso país com a remodelação (modernização) de nossas principais capitais, com super edifícios, super hotéis, super parques, redes de transportes modernas e eficientes no chão, mar e ar, super aeroportos etc.
    Porém, vamos esquentar banco, até para países como o desértico Emirados Árabes Unidos e suas futurísticas cidades Dubai e Abu dhabi que ficam no meio do nada?

    Existem vários bondes passando. Vamos nos jogar no Primeiro Mundo ou vamos enraizar de vez no Terceiro?

    Este artigo acima é muito bom, e que venham outros, para fomentarmos aqui no PB toda uma ampla discussão sobre o Brasil que podemos ter.
    O principal é deixarmos para trás toda uma enorme visão retrógrada sobre nosso país, que está implantada na mente de nosso povo, sobremaneira em nossa pseudo elite que é quem decide sobre o que temos que fazer e ter. Fato é que nossas leis orgânicas municipais são carregadas de imbecilidades que vão contra o dinamismo capitalista.
    Pode parecer pouco, mas botar a boca no trombone já é um primeiro passo para mudanças.
    Dirceu, Cabral, Lula etc estão presos, quem diria, anos atrás, não é mesmo?

    • jose luiz esposito says:

      A ELITE brasileira existe sim , é o que nos faz crescer , apesar do que o Estado brasileiro nos Assalta , para manter suas Castas Corporativistas , lideradas pelo Judiciário , etc , etc , A ELITE brasileira é aquela que produz e trabalha , não é aquela que a Esquerda costuma falar e apontar .
      ELITE é a melhor parte de um POVO , não os RICOS e AQUINHOADOS !!

    • jose luiz esposito says:

      Faltou a citação de Cassinos ,que certos GRUPOS fazem Oposição ,incluindo os pagos para isto , por nossos vizinhos e outros interesses escusos . ( por acaso eu não jogo , ,mas os Cassinos devem ser Liberados em lugares preestabelecidos , não como muitos pensam ,em qualquer cidade , poderíamos ter uma cidade no Nordeste , , no Sul e na Amazônia !
      Em nossa Fronteiras existem Cassinos a vontade , e em Navios de Cruzeiro ,assim que saem do Rio de Janeiro ,imediatamente são abertos seus Cassinos !

  11. Quantas coisa da história do Brasil ainda está encoberta pela poeira do tempo.
    Lamentavel

  12. Vilson Fadel says:

    Osvaldo Aranha nosso celebre Diplomata que abriu a primeira Assembleia da Onu,onde se dividiu a Palestina para poder se criar o Estado de Israel não teria deixado passar incólume este factóide proposta muito menos Getúlio Dorneles Vargas nosso presidente neste período.Outra coisa que me deixa sem palavras é este filme de Mula Heroi do Brasil onde vende um monte de mentiras,mentiroso contumaz e lembrando da passagem de um video seu que se encontra no youtube onde ele mesmo sita que ele o Mula da Silva,Roberto Marinho e Jaime Lener discursando para uma platéia de Europeus se não me engano Franceses onde ele dizia que no Brasil Havia mais de 25 milhões de crianças de Rua, todos o aplaudiam ,Jaime Lener bateu em seu ombro e disse se tivesse isto tudo que na época daria mais de 15% da população ninguém conseguiria andar nas Ruas,e se alguém perguntasse suas fontes ele inventava,isso é a História do Brasil politicos safados mentindo o tempo todo e os incautos acreditando e aplaudindo.Brasil acima de tudo só abaixo de Deus.

  13. A Máquina Troll says:

    “Francisco
    21 de Abril de 2018 at 16:15

    Invadir pra que se eles podem comprar os políticos e os militares do Brasil?
    Já estão com Alcântaras, já fizeram exercícios na Amazônia para reconhecerem e mapearem tudo o que tem lá, já tomaram o pressal ( cade a lenga-lenga do petróleo é nosso?) e a Embraer já está sendo entregue.
    Então pra que invadir e perder vidas? na segunda guerr foi a mesma coisa compraram a participação do Brasil a preço de bananas.
    Quando se trata do PT os comandantes não tem vergonha de ameaçarem com golpes, quando se trata da direita vira-latas os militares ficam caladinhos e dizem que n ão podem fazer nada.”

    O que acho interessante neste pais é como tem brazileiros que se auto desvalorizam…não resta duvidas de que existem em nosso pais pessoas de péssima índole, falta de educação e calhordas, mas nossa nação também é constituída de muitas pessoas com vergonha na cara, trabalhadoras, honestas, educadas e hospitaleiras como em qualquer outra sociedade…

    • A Máquina Troll says:

      causa vergonha porque isso não representa o nosso povo…não se iludam em achar que estadunidenses, ingleses, etc, são justos e bonzinhos, pois tem tantos maus caráteres lá como aqui…a diferença é que lá ao invés de ficarem julgando seu próprio povo cada um tenta fazer a sua parte como cidadão…não podemos generalizar e sim culpar e condenar quem de fato está errado…

    • A Máquina Troll says:

      valorizem seu povo, sua nação, identidade, cultura, costumes e tradições, pois se não serão todos tão calhordas quanto os políticos lesa pátria que desgraçam e sabotam este pais…tem brazileiros mal caráter?..tem, lógico…mas não dá para generalizar…pessoal gosta de exaltar o que vem de fora e não se auto valoriza…por isso nunca deixamos de ser uma colônia de exploração!..

    • A Máquina Troll says:

      claro que sabemos que temos um grande problema a ser resolvido porém quando alguns dos nossos principais governantes se corrompem sempre há uma “força” gananciosa e ainda mais corruptora agindo nos bastidores que sobrepõe os interesses do povo…a verdade é que países como os eua sabem bem disfarçar seu “jeitinho estadunidense” e quando corrompem pelo menos fazem em favor de toda nação ao contrário dos brazileiros que se “legislam” em causa própria...o autodenominado “primeiro mundo” se vende como o “mundo civilizado” para as massas do mundo…mas como como vemos bem em lugares como a Síria hoje…estão muito longe disso…

    • A Máquina Troll says:

      vcs acham mesmo que uma gente completamente tomada pela ganancia e cobiça…que por riqueza e poder recruta grupos de mercenários para promoverem genocídios e todos os tipos de atrocidades contra povos de outras nações como decapitar crianças ou fazerem elas executarem civis inocentes…esta em sã racionalidade e consciência?!…acreditam mesmo que uma gente assim age racionalmente?!…que é racional?!…que evitara uma guerra mundial por sanidade ou cordura?!…rs…o mundo hoje cada vez mais regride em um retrocesso geral e as pessoas cada vez mais se comportam de forma bestial como animais…

    • A Máquina Troll says:

      a abominação e a apostasia é geral e cada vez mais tomam conta do mundo e de tudo…o hedonismo é cultuado como uma religião e a meta da existência é a gratificação dos sentidos…o mal toma conta e se alastra em todos os lugares…não tem lado, partido, ideologia, raça, classe, nacionalidade ou religião…se encontra em qualquer meio ou lugar….a cobiça e a ganância malucas pelo o dinheiro e o poder estão encaminhando o mundo de hoje para um colapso/guerra mundial inevitável…ISTO É UM FATO OBSERVÁVEL…só não vê quem não quer…

      Deplorável :

      https://www.youtube.com/watch?v=I7MyDGn0q80

      Antes o fim do mundo era uma preocupação, agora é uma esperança…

    • jose luiz esposito says:

      Troll ,mas estas serão sempre preteridas , desconsideradas , chamadas de atrasadas e tratadas com pouco respeito , já o Entreguista chamadas de Moderno e Avançado , pari passo com o mundo , etc etc !!

  14. César A. Ferreira says:

    Vargas queria a FEB de volta o mais rápido possível, ademais, a possibilidade de sair dos cofres do tesouro os custos da manutenção das tropas de ocupação em nada ajudava. Não se pode culpar o governo de então de falta de perspectiva geopolítica, pois o quadro orçamentário da época era restrito, e o politico se mostrava incerto, tanto que Vargas deixaria o governo pouco tempo adiante…

    • Caceta!
      César vc é inteligente, sai fora desse esquema brasileiro de fazer política, que é sempre para si mesmo e nunca para a nação, e por isso vivem nos atochando de mentiras deslavadas. ou seja carregadas na sujeira. Perceba que essas desculpas são as permanentes dos nossos governantes (quando há acertos são por pura sorte e confluência de fatores externos e nunca por real competência)…
      ….Orçamento apertado??? Então tá! A não ser que seja para benefício próprio e de amigos, aí nunca falta rios de dinheiro, não é mesmo?
      (na argentina teve neguinho cavando buraco para guardar a dinheirama surrupiada do povo)
      No Brasil e América Latina os políticos vivem sempre mentindo para população e se beneficiando vampirescamente dela, acorda César…
      …O político latino enquanto não entender que faz parte do povo, e que não é Doutor e elite, nada vai mudar com seus cretinos esquemas de mentiras e roubos, porque em suas mentes deturbadas eles merecem.
      O Brasil rico não é desenvolvido por quê?
      A Argentina rica não é desenvolvida por quê?
      A Venezuela, Perú, Colômbia, México etc ??? Pô! Somos um continente sem guerras destroçadoras, mas na maior parte carregado de miseráveis. Justamente por termos uma prática política totalmente cafajeste, pessoal, destituída de real senso social. (alguma coisa lembra o comunismo, o socialismo, que são as maiores mentiras sociais do mundo, pois visam unicamente favorecer a cúpula de escolhidos?)

      Vc citou geopolítica…
      Pois nossos políticos e militares, de ontem e de hoje (com raras exceções), nunca souberam o que é isto e vivem misturando as coisas.
      Veja que na WWII enquanto ela não terminou os EUA sabiam exatamente o que estavam ali fazendo, que era combater os nazistas. Já os brasileiros, com tudo fornecido pelos americanos posavam de bons moços para cima dos italianos, ao lhes doarem mantimentos, em paralelo aos americanos que lhes diziam que a hora ainda não era para isso, ou seja, saber separar as coisas é importante em geopolítica, coisa que somos ingênuos. E aí incoerentemente, ao final (ué não eramos bonzinhos com os civis?), pulamos fora, sem recolher vantagens políticas… Estupides e burrice!
      Pois…
      Esse discurso que não haveria verba para a presença prolongada dos pracinhas na Europa é uma das maiores falacias que jornalistas bobões escreveram, seria justamente aí mesmo, no pós guerra, que os EUA nos apoiariam (POIS JÁ NOS FINANCIAVAM) e continuariam financiando, era do interesse deles, com o que fosse necessário na recuperação dos civis europeus fortalecendo sua influência dentro da Europa.
      Pois já estava claro que Stálin vinha com tudo para cima dos territórios que queria por butim de guerra.
      Mas os nossos diplomatas nem aí para a rivalidade americana x russa que tinha início ferrenho então.
      Portanto essa desculpa que o Brasil não tinha orçamento para tanto não procede, pois já no envio dos pracinhas os americanos estavam a par disto, e consequentemente bancaram o financiamento de nossa tropa na Europa até o dia que saímos de lá.

      O que pesa mais, e aí sim, é a questão ditatorial de Getúlio, que entrava em xeque com a volta dos pracinhas libertadores da Europa Nazista, porém mais uma vez temos a visão tacanha e personalista de nossos políticos e Getúlio não escapava deles. Fosse realmente Getúlio tudo o que falam dele, teria entendido o momento histórico ser propício para reformas profundas em nossa organização política, e teria dado o ponta pé inicial em eleições gerais democráticas, e em reforma no pacto federativo seguindo o modelo americano de independência dos estados. Abriria mão inteligentemente de sua ditadura, mas com olhos no seu futuro político até mesmo dentro da ONU que seria criada em outubro de 45. Porém, a ganância pessoal sempre fala mais alto em nossos políticos, visão de estado, de mundo, ainda está para aparecer um que tenha isto.

      César! Não acredite no que os políticos falam, principalmente se forem latinos. São uma verdadeira fábrica 24h (am-pm) de mentiras.

      • Viventt, muitas das suas premissas estão absolutamente erradas. Difícil ler o seu texto. Pra ficar apenas com uma: não fomos financiados pelos EUA. Não da maneira que você deixou a entender. Tudo que foi pego deles foi pago.

        Fomos excluídos da Conferência das Reparações de Guerra e ainda chamados a colaborar com a recuperação da indústria europeia, comprando, carros, máquinas de costuras e um porção de bugigangas inúteis. Tudo isso em um alinhamento com os EUA que não deu nada certo.

      • Absolutamente errado é seu contraponto, senão vejamos:
        Os transportes dos pracinhas para a Europa eram americanos, o treinamento deles foi bancado pelos americanos, até o café que eles tomavam era americano (curiosidade: Os pracinhas originários de um Brasil atrasado, chamais tinham visto café solúvel, e tentavam coálo, rsrsrs), as armas, as meias tudo americano, mas os americanos não financiaram nossos pracinhas. kkkkkk!! Foi pago, sim, afinal financiamento não é coisa dada, de alguma forma teria que ser pago, inclusive baixando a cabeça, em relação a acordos pós guerra. Infelizmente é o que acontece com quem vive de esmolas… Baixar a cabeça.

        Fora nossa indústria textil, o resto de nossa produção industrial era irrisória, até mesmo para bugigangas inúteis, e sem grandes capitais, não seria emprestando dinheiro para a Europa que a ajudaríamos a se reconstruir. Importar carros dela e não dos americanos era uma sugestão e boa maneira de fazer isto sim senhor.

        Mas quem sabe eu falei enormes inverdades sobre nossos mentirosos e incompetentes políticos… …Será?

        Bem estranha essa sua tentativa, meu nobre colega, de querer enfeitar o que não há para ser enfeitado
        Ahhh!!! Mas um alinhamento com a URSS teria dado certo então… Me poupe!!!!!
        Díficil foi ler é a asneira final de sua última frase.


        Observação: Nada contra a bravura e ótimo desempenho de nossos pracinhas.

      • jose luiz esposito says:

        Mas por isso que PEDRO II viajava o mundo trazendo Imigrantes e fazendo propaganda abrindo o Brasil a IMIGRAÇÃO , somente com eles a industrialização seria e foi possível , com os brasileiros que tínhamos aqui , IM POS SÍ VEL , vamos antes de comentar , conhecer a profundidade do BRASIL , com a Sociedade brasileira Escravagista , onde o Trabalho era visto com Desprezo e para Negros Escravos , fazer dinheiro com a Produção condenado pela Igreja Católica , nenhum Mágico e até Deus não conseguiriam .
        Observação , vejam no you tube Videos Históricos feitos pelo History Channel sobre Francesco Matarazzo ,Martinelli , Farquat , Guinle e outros , atentem para o inicio , entenderão o Brasil dos brasileiros anteriores a Grande Imigração ,sem a imigração , não mais existiríamos !

      • jose luiz esposito says:

        Claudiney , isto tudo porque tínhamos um militar alienado no Governo, o Gal Dutra , foi aos EUA recebido com papel higiênico usado lançado pela janelas e assinou tudo abrindo mão de dividas deles para conosco, com a volta de Vargas ,. outra vez os nossos militares colonizados entreguistas montaram uma Farsa para o derrubarem , liderada por Eduardo Gomes , conhecido Lider Entreguista e seus seguidores , a FAB era um antro de vendilhões da Pátria !

      • jose luiz esposito says:

        Outra informação . Caso ROOSEVELT não tivesse falecido , hoje estaríamos no Conselho de Segurança da ONU , como Membro PERMANENTE , com sua morte CHURCHILL convenceu TRUMAN a retirar-nos e em nosso lugar colocaram a FRANÇA , por acaso , também desconheciam isto ? Roosevelt foi o Único Presidente dos EUA que foi realmente amigo do BRASIL , nenhum outro nos olhou como ele , muitos afirmam que em um encontro de Vargas com Roosevelt , com ele de passagem para Buenos Aires , ainda no Período da depressão , ouviu Vargas e em sua volta aos EUA criou o NEW DEAL , com sugestões de Vargas !

  15. A Máquina Troll says:

    fake…vc é desse pais mesmo ou é algum estrangeiro se passando?!…confessa….conta pro Dal vai… 😀

  16. http://zerohora.clicrbs.com.br/rbs/image/8170620.jpg

    Estes senhores na foto, são Praças do exercito brasileiro que combateram fascistas e nazistas durante a segunda guerra mundial no sul da Italia, foram extremamente atuantes na derrota de fascistas e na tomada de Monte Castelo e Montesse, Como também ajudaram a conter por quase um Mês a linha gótica nazista ate a chagada dos aliados no sul da Italia, muitos morreram e estão enterrados la,as crianças italianas de escolas locais todos os anos cantam o Hino nacional brasileiro e a canção do expedicionario .
    Toda vez que um petista, um professor de filosofia esquerdista lhe disser que “combate o fascismo” deveríamos perguntar a ele se ele já foi am algum encontro de veteranos da segunda guerra do exercito brasileiro, para agradecer estes senhores por terem ajudado a livrar o mundo do nazismo e do fascismo(Combatendo nazistas e fascistas de verdade, e não imaginários) Nunca vi um canhoto socialista brasileiro fazer isto.

    • Marquês de São Vicente says:

      Desisti de buscar qualquer coerência em discurso de esquerdista. Apontar a falácia dessa gente é fácil demais! O pior é que continuam por aí, lobotomizando as crianças e reproduzindo o mesmo discurso mentiroso de sempre.

  17. Livio Luiz Soares de Oliveira says:

    O Brasil é o país das oportunidades… perdidas. Até quando?

  18. jose luiz esposito says:

    O BRASIL da Republiqueta , avança a todos os sinais VERMELHOS e Para nos VERDES ,esta é a SINA da REPUBLIQUETA de CASTAS CORPORATIVISTAS do BRASIL !!

  19. Hilário Riso says:

    Como sempre o Brasil não perde a oportunidade de perder uma oportunidade… Se não mudar radicalmente o perfil dos políticos eleitos na próxima eleição, certamente continuaremos deitados em berço esplendido ad infinitum.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

shared on wplocker.com