Defesa & Geopolítica

Os Sukhoi Su-30MK2 completam 12 anos em serviço na Venezuela.

Posted by

Tradução e adaptação – Tito Lívio 

Os aviões de caça Sukhoi Su-30MK2 estão completando 12 anos a serviço da Aviação Militar da Venezuela. Em julho de 2006, o governo venezuelano negociou na Rússia a compra de 24 aeronaves desse modelo, e em novembro seguinte, chegaram ao país as primeiras quatro unidades.

Os primeiros aviões foram atribuídos ao recém reativado Grupo Aéreo de Caça Nº13, localizado na base aérea “Tenente Luis de Valle Garcia” em Barcelona, capital do estado de Anzoátegui. Posteriormente, um lote de aviões foi designado ao Grupo Aéreo de Caça Nº11, sediado na base aeroespacial “Capitão Manuel Rios”, localizada em El Sombrero, estado Guarico, após a retirada de seus Dassault Mirage 50EV/50VD.

Desde a chegada dos primeiros aviões, foi anunciado em várias oportunidades, a compra de 12 unidades adicionais, no qual até o presente momento não se concretizou.

Em setembro de 2015 se perdeu o primeiro e único aparato, matrícula AMBV-0460 e pertencente ao Grupo Nº11, em um trágico acidente em que faleceram seus dois tripulantes, tal como informou o portal Infodefensa. Por causa disso, a frota atual do Su-30MK2 soma 23 aviões.

Modernização e potencialização da frota.

Apesar do acidente do Su-30MK2, a principal autoridade militar do país anunciou que irá repor a aeronave perdida e aumentar a frota com 12 unidades adicionais, como também publicou Infodefensa.

Nessa ordem, as negociações com a corporação russa Rosoboronexport pertencente ao consórcio estatal Rostec, se iniciaram em outubro de 2015, segundo comunicado do comandante geral da Aviação Militar, e no final do mês o ministro da Defesa anunciou o investimento de US$ 480 milhões para potencializar e estender a vida útil da frota de Su-30MK2. Em abril de 2016, o subdiretor do Serviço Federal de Cooperação Técnica-Miltar da Rússia, assinalou que ocorreram as negociações correspondentes e foi apresentado ao cliente a oferta, mas porém não havia recebido resposta das autoridades venezuelanas.

As negociações se reiniciaram posteriormente, por ao menos que se diz respeito a uma maior revisão e modernização dos aviões, e nessa ordem, em abril deste ano se realizou uma reunião com uma comissão russa para tratar sobre as referidas inspeções. No dia 30 de outubro, a Aviação Militar informou sobre a realização de uma reunião com a Direção de Pesquisa e Desenvolvimento Aeroespacial para estabelecer a programação e execução de maiores inspeções do sistema de armas do Sukhoi Su-30MK2. 

 

Fonte:  Infodefensa

One Comment

  1. Marquês de São Vicente says:

    Quantas horas de vôo?

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

shared on wplocker.com