Defesa & Geopolítica

O desenvolvimento do hovercraft multitarefa da Marinha Russa já começou

Posted by


E.M.Pinto
Os meios de comunicação russos chamaram a atenção para o pronunciamento feito em janeiro de 2018 pelo estaleiro Rybinskoj, o qual relatou ter dado início ao trabalho de desenvolvimento e construção de um Hovercraft multipropósito para a Marinha Russa.

Segundo o KORABEL, a divisão de projeto do estaleiro iniciou os trabalhos no veículo ” Husky 10 ” uma embarcação com capacidade de carga de 10 toneladas.

A nota ressalta que o veículo terá uso civil em regiões de difícil acesso na Federação russa, as quais incluem as bacias da Sibéria, os rios orientais e os rios do volga-Kamsko  na A região do báltico. Na imagem produzida por computador, é demonstrado um hovercraft que transporta um veículo 6×6 KAMAZ padrão, o novo veiculo terá 15 metros de comprimento e 8-9 metros de largura.

O pronunciamento reforça a afirmação de que o primeiro navio de assalto russo da classe Livena (avalanche) que deve ter sua entrega em 2022 segundo previsões, realmente sairá do papel.

O “Lavina” será uma embarcação semelhante ao francês Mistrale será equipado com helicópteros de ataque Ka-52K e helicópteros Ka-32 ASW. Estima-se que entre 2 e 4 navios sejam construídos e que estes serão equipados com  um sistema antiaéreo baseado no Pantsir-S. Além disso, os navios de assalto anfíbios poderão ser equipadoscom um canhão AK-176MA de 76,2 mm, um sistema de armas que é controlado e disparado usando um sistema de orientação digital.

O navio poderá transportar  até 60 veículos blindados leves, pelo menos 20-30 carros de combate principais, ou mais de 500 fuzileiros navais. Ausente uma abordagem direta para uma área costeira, o navio entregará as tropas e de assalto a partir dos quatro veículos project 11770M ou dois embarcações de desembarque do Project 12061M.

O navio terá  165 metros de comprimento deslocará 24 mil toneladas métricas. Seu contingente de helicópteros  incluirá até uma dúzia de aeronaves.

O Centro de Pesquisa Estadual de Krylovdesenvolveu o projeto o navio o qual substituirá os navios de guerra de classe Mistral que não foram entregues pela França, disse um alto funcionário do complexo industrial militar russo.

A alternativa ao projeto Mistral 21 mil toneladas será superado pelo Lavina de 24 Mil toneladas, o novo navio de guerra será um semi-trimaran com capacidade para navegar 5.000 milhas a 18 nós sem chamadas de serviço e a uma velocidade máxima de 22 nós. O navio transportará 320 tripulantes e pode levar mais 500 soldados ou 50 veículos blindados.

Fonte: KORABEL

Sobre  o Autor:

E.M. Pinto é Físico, Mestre em Física Aplicada e Doutor em Engenharia e Ciências dos Materiais, Professor Universitário editor do site Plano Brasil e de Revistas científicas  internacionais.


8 Comments

  1. Pingback: O desenvolvimento do hovercraft multitarefa da Marinha Russa já começou | DFNS.net em Português

  2. Os Russos tem uma boa experiencia com esse tipo de embarcação, e em geral os projetos que fizeram tiveram bons préstimos. Fico imaginando porque nunca investimos nesse tipo de embarcação, imagino que aqui teria grande utilidade já que possuímos áreas como o pantanal e a bacia amazônica. Um veiculo desses pode ser muito útil não só no emprego estritamente militar, pode prestar auxilio em caso de desastres ambientais etc…

    Sds

  3. e a rússia continua a mostrar serviço vamos vê se saí do papel, parece que sim. se saí do papel deve ficar mar do norte e pacífico

  4. Esse tipo de embarcação seria interessante para nós na região norte do país, principalmente na Amazônia.

    • BLUE EYES, NA RESISTÊNCIA says:

      CONCORDO… apoia a aquisição de alguns exemplares russos para desenvolvimento de expertise em uso de hovercrafts quando estiverem disponíveis para aquisição… essa sim é uma aquisição inteligente para as nossas FAs…

  5. “semi-trimaran” fiquei curioso.
    Mas está perto de entrar em serviço, quero assistir vídeos para ver como se comporta porque achei interessante mesmo.

shared on wplocker.com