Defesa & Geopolítica

Marinha do Brasil lança segundo Míssil Antinavio Nacional de Superfície

Posted by

Lançamento visto pela aeronave Super Cougar

A Marinha do Brasil (MB) lançou, no dia 20 de março, o segundo protótipo do Míssil Antinavio de Superfície (MANSUP).

Lançamento visto pela aeronave Super Cougar

O lançamento foi realizado a bordo da Fragata “Independência“ e confirmou o correto funcionamento de vários subsistemas e de alguns aperfeiçoamentos realizados após o primeiro teste, ocorrido em novembro de 2018, a bordo da Corveta “Barroso”.  Durante o lançamento foram feitas verificações adicionais no sistema de navegação, controle e guiamento do MANSUP, cumprindo com êxito a trajetória esperada, conforme verificado por meio dos dados da telemetria, também nacional, instalada no míssil e em unidades participantes da operação. Os dados serão empregados adicionalmente como subsídios para o aperfeiçoamento do protótipo.

MANSUP sendo lançado pela Fragata “Independência”

O evento aconteceu na área compreendida entre Rio de Janeiro e Cabo Frio, e foram empregados três navios da Esquadra, o Porta-Helicópteros Multipropósito “Atlântico”, o Navio de Desembarque de Carros de Combate “Almirante Saboia”, e a Fragata “Independência”, de onde o míssil foi lançado. A operação contou ainda com o apoio do Navio Patrulha Oceânico “Amazonas”, do Comando do 1º Distrito Naval, que efetuou o lançamento do alvo, e das aeronaves Esquilo (UH-12), Super Cougar (UH-15) e Seahawk (SH-16), do Comando da Força Aeronaval.
O MANSUP será um míssil do tipo “fire and forget” para emprego contra alvos na superfície do mar (navios ou similares), sendo utilizado nas instalações de tiro dos navios da Esquadra. O míssil está sendo desenvolvido pela Marinha em parceria com as empresas Avibrás, Siatt, Omnisys e Fundaçao Ezute.

Momento do lançamento do míssil a bordo da Fragata “Independência”

Todo projeto contribui para a criação de empregos diretos e indiretos no setor da indústria de defesa, fomenta o desenvolvimento tecnológico da indústria nacional, garante a manutenção do Poder Naval e a soberania nacional, e ainda inclui o Brasil no seleto grupo de países produtores de mísseis.
Fonte: MB

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

shared on wplocker.com