Defesa & Geopolítica

Jornada dupla! Depois de ter levado Ajuda Humanitária às vítimas do furacão ‘Irma’ no Caribe, porta-helicópteros ‘Ocean’ já está no Mediterrâneo para liderar a força-tarefa da Otan

Posted by

O “Ocean” (ao fundo) atracado bem perto do destróier “Diamond” (em primeiro plano)

Por Roberto Lopes

 

 

O porta-helicópteros HMS Ocean (L12) da Marinha Real, reassumiu, no domingo passado (29.10), a liderança da força-tarefa da Otan – SNMG 2 – que opera no patrulhamento do Mediterrâneo Oriental.

O navio partira da Inglaterra no fim de agosto, para cumprir sua última comissão a serviço da Marinha Real (ele será desativado a 31 de março de 2018), mas ainda no fim daquele mês, já navegando nas águas do Mediterrâneo, foi redirecionado para a base naval de Gibraltar.

Lá o porta-helicópteros embarcou o material de Ajuda Humanitária coletado pela chamada Operação Ruman, para ser encaminhado aos súditos britânicos residentes nas possessões do Reino Unido afetadas pela devastação provocada pelo furacão Irma no Mar do Caribe.

Após cerca de três semanas trabalhando no auxílio a essas vítimas, o Ocean recebeu novas ordens, dessa vez para regressar ao Mar Mediterrâneo e retomar a liderança da flotilha da Otan.

O “Ocean” no Mar do Caribe

 

No último domingo, na Base Naval da Ilha de Creta, operada pela Marinha grega e pela Otan na baía de Souda, o barco inglês reencontrou as unidades de sua força-tarefa e, atracado bem junto ao destróier Tipo 45 Diamond – que o substituíra na flotilha –, retomou sua antiga condição de capitânea.

“Incrivelmente capaz” – Nos próximos meses, o SNMG2 participará de vários exercícios multinacionais que visam aumentar a interoperabilidade entre as forças navais do Pacto do Atlântico Norte.

O Ocean transporta um Comando dos Royal Marines, além dos esquadrões navais 820, 845 e 847 sediados no Reino Unido.

O comandante do porta-helicópteros, capitão Robert Pedre, disse ao serviço de Imprensa do mistério da Defesa do seu país: “O HMS Ocean é uma plataforma de comando e assalto anfíbio incrivelmente capaz, e representa importante contribuição do Reino Unido aos esforços da OTAN para manter a segurança na região do Mediterrâneo”.

Pedre: o “Ocean” é uma “importante contribuição do Reino Unido aos esforços da Otan”

No fim de março desse ano, a coluna INSIDER noticiou, com exclusividade, que a Marinha Real havia oferecido o Ocean à Marinha do Brasil por, aproximadamente, 80 milhões de libras (o equivalente, hoje, a 347 milhões de Reais).

A Força Naval Brasileira ainda não declarou, formalmente, que ficará com o navio, mas, há cerca de dez dias, um almirante da ativa confirmou para a coluna que sua corporação mantém o interesse no L12.

 

O conteúdo deste artigo é de total responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a opinião do site.

22 Comments

  1. Pingback: Jornada dupla! Depois de ter levado Ajuda Humanitária às vítimas do furacão ‘Irma’ no Caribe, porta-helicópteros ‘Ocean’ já está no Mediterrâneo para liderar a força-tarefa da Otan | DFNS.net em Português

  2. Para um navio que teria “problemas crônicos na planta propulsora” até que ele está bem ativo não é!?

    No mais é uma pena que será descomissionado pela RN pois trata-se de um navio muito capaz. Sorte de quem adquiri-lo.

  3. Precisamos de escolas, as quais podem ser até militares, mais vagas para nossos jovens, e não de navio para brincar de superpotência. A última guerra que tivemos foi há muito tempo, nossas forças armadas viraram um cabidão de empregos, aposentadorias e pensões precoces. Forças Armadas pequenas e profissionais.

  4. antes de tentar vender para algum pais de terceiro mundo acelera ate o ponteiro bater no vdo
    gasto até os ossos , coitado de quem segurar a reforma desse landauzao ai.
    engraçado que os mesmos que aplaudem a aposentadoria do opalao , pois ele e frances adorarim o landauzao da rainha careca comido ate as bielas rsrs
    verás que um filho teu não foge a luta !

    • pe,

      O navio, no máximo, precisará de uma PMG. Foi recentemente modernizado e tem casco ali pra mais de 15 anos sem encrenca. Ele é da mesma época do recentemente adquirido ‘NDM Bahia’.

      Como LPH, é um vaso bem capaz. Mas simplesmente não se encaixa nos requisitos originais do plano de reequipamento da Marinha, que pedem por um LHD… Não obstante, certamente terá bom uso caso venha…

      Também não tem comparação cabível do ‘HMS Ocean’ com um navio a vapor dos anos 60… Só restaurar a propulsão do NAe São Paulo já seria uma odisseia… A reforma do NAe aliás, custaria cerca de quatro vezes o que se quer cobrar pelo vaso britânico. Mesmo que se tenha que pagar pelo PMG, ainda sairia umas três vezes mais barato…

  5. claudio quadros says:

    este navio ja nosso novo minas gerais ponto final.

  6. Renato de Mello Machado says:

    Estão certos! A propaganda é a alma do negócio.

  7. Não é o navio que estava com problemas??? ou estamos falando de um clone? os lobistas da DCNS vão chorar de raiva.

  8. …………….o Ocean e o PROSUB….de quebra ai a Macaé Maracanã………..

  9. Ótima noticia!!! Roberto Lopes, mais uma vez um agradecimento enorme ao seus furos de reportagem. Obviamente, n vamos cantar vitória ainda, mas me sinto um pouco menos desesperançado. Mais uma vez, obrigado.

    • Roberto Lopes says:

      Bom dia, Tassios.
      O que as fontes da coluna na MB dizem é que nossos chefes navais continuam trabalhando no sentido de trazer o navio.
      Perceba que a área econômica já está falando com mais frequência nos problemas da Marinha. Isso é bom sinal… ótimo sinal…
      E tudo isso porque o Jungmann vem se dispondo a dar a cara para bater na questão da Segurança Pública.
      Creio que também o EB e a FAB serão recompensados…
      Vamos torcer…

  10. Bem que podia vir no pacote; Ocen, com seus helis ASW e 5 Apaches. Além de 2 escoltas. hahahahaha.

  11. …………..ta danado…assim é querer muito…e cadê o tutú? se vier o Ocean pelado já tá bom demais……………..

  12. Eraldo Calheiros says:

    Meu caro pgumao o que precisamos é: Primeiro criarmos vergonha na cara e termos a coragem suficiente de irmos as ruas e começarmos um protesto viemente pra mandar uma boa parte destes larápios que está no poder barganhando com o dinheiro público e a outra metade destitui-los pra nunca mais voltarem onde estão. pois dinheiro temos escolas temos o que falta é incentivar os professores e determinar que não haja ensino partidário nas escolas. boa tarde

  13. – Essa “sucata” de 20 anos de serviço ainda está navegando???
    Como pode?

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

shared on wplocker.com