Defesa & Geopolítica

Governo federal não venderá controle da Embraer à Boeing, diz ministro

Posted by

O ministro da Segurança Institucional, Sergio Etchegoyen, afirmou nesta sexta-feira que o governo federal decidiu que não venderá o controle da Embraer à rival norte-americana Boeing, mas defendeu uma parceria entre as duas companhias.

Logo da Embraer durante evento em Genebra, Suíça 22/05/2017 REUTERS/Denis Balibouse

“O governo não cederá o controle acionário da Embraer. Como vai ser a parceria, ainda não sabemos”, disse Etchegoyen a jornalistas durante evento de segurança no Rio de Janeiro.

“A essência é garantir o interesse nacional e a partir daí xenofobia não vale à pena porque de repente a gente perde o bonde da história. E pode perder um boa oportunidade”, disse o ministro sem dar detalhes sobre as negociações.

O governo detém golden share na Embraer que garante poder de veto em decisões estratégicas da companhia. As empresas admitiram no mês passado que estavam discutindo uma potencial combinação de negócios.

Etchegoyen defendeu que o governo deveria garantir o controle da empresa, mas abrir brecha para uma associação com a norte-americana “naquilo que nos for conveniente e sintonizado com o interesse nacional”.

As ações da Embraer exibiam queda de 1 por cento às 14:25, enquanto o Ibovespa tinha baixa de 0,25 por cento.

Por Rodrigo Viga Gaier

Fonte: Reuters

 

10 Comments

  1. Pingback: Governo federal não venderá controle da Embraer à Boeing, diz ministro | DFNS.net em Português

  2. A Máquina Troll says:

    Calma caboclada…CAALLLMMMMAAA….eles não vão vender…vão só fazer uma “parceria” do tipo como fizeram com o Pré-sal entenderam?!…. 😀

  3. A Máquina Troll says:

    “Brasileiro é tão bonzinho”

    Gilberto Rezende 😀

  4. A Máquina Troll says:

    Tá pra nascer povo mais bonzinho e pacato…rs…

  5. Eu acho que já foi vendida, só estão contanto prozopopéia flácida para ninar bovinos.

  6. Não existe parceria entre um leão e um cordeiro.
    Esse militares de alta patente, quando estão mamando em um cargo público, mostram que são iguais a qualquer deputado ou senador.
    “…abrir brecha para uma associação com a norte-americana “naquilo que nos for conveniente” diz o general.
    Ou ele é muito ingênuo ou está se comportando tal qual os políticos que apoiam o Temer.

  7. E o famoso me engana que eu gosto esse Etchegoyen não vale um peido de uma gata

  8. Hoje li no jornal que uma das empresas mineiras mais tradicionais agora é francesa. Trata-se da Itambé que era 50% vigor e 50% cooperativa central dos produtores rurais de MG, a vigor do Joesley, que pagou propina para o presidente e para o cara “chato”. Resulta ele tá preso e pagou mais 10 de bilhões em muitas, resultando em algumas baixas. Quem recebeu tá solto governado o Brasil. A Vigor por força de contrato deu preferência de ações para recompra há CCPRMG. A CCPRMG depois de um malabarismos jurídicos passou por sua vez o 100% de suas ações há francesa Lactalis. Por fim é o resultado de mais um tentáculo da Lava Jato. Ao fim, nem batatas ou bananas plantadas aqui serão genuinamente nacionais. Quanto mais qualquer indústria de tecnologia fina ou defesa.

  9. Ferreira Junior says:

    Me engana que eu gosto 😁

  10. Brasil sofre uma das maiores desindustrializações da história, e em pouco tempo. Aumentará a dependência das comodities e ainda abre caminho para que nem essas estejam sob gestão do capital Nacional. Sem ser o principal senhor do próprio destino, como isso pode dar certo? Adeus Embraer, foi bom enquanto durou!

shared on wplocker.com