Defesa & Geopolítica

Farc sequestram brasileiro na Venezuela

Posted by

Em carta, empresário diz que está em montanha colombiana

Jailton de Carvalho

 

BRASÍLIA. O Ministério das Relações Exteriores do Brasil cobra, há duas semanas, empenho da brigada anti-sequestro da Venezuela nas investigações sobre o sumiço do empresário brasileiro Vicente Aguiar Vieira, ocorrido há dois meses, em Ciudad Bolívar, na Venezuela. Segundo a revista “Veja” desta semana, os principais suspeitos do sequestro são integrantes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). Vieira teria sido capturado na Venezuela e levado para a selva colombiana, perto da fronteira entre os dois países. A Polícia Federal tem buscado informações do caso a partir da Colômbia.

Em carta escrita à mão em 9 de agosto, Vieira informou à mulher, Marinêz da Silva Pinho, que estava em poder das Farc em algum lugar das montanhas da Colômbia e que os sequestradores queriam um resgate de cerca de R$800 mil. A mulher deveria vender os bens da família e atender às exigências dos sequestradores. O empresário aconselhava ainda que, por segurança, Marinêz não deveria denunciar o crime às autoridades.

Segundo a revista, a mulher cumpriu as determinações, mas se desentendeu com um dos chefes do sequestro sobre o pagamento do resgate. Os sequestradores queriam recebê-lo de Marinêz, que sugeriu, no lugar dela, um parente, um homem capaz de percorrer a pé o longo caminho indicado pelos sequestradores. Os criminosos suspenderam as negociações e não voltaram a entrar em contato.

Desesperada, Marinêz recorreu ao deputado Neudo Campos (PP-RR), ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva e aos ministérios da Justiça e das Relações Exteriores. No último dia 18, o cônsul do Brasil em Ciudad Guayana, na Venezuela, Sérgio Dantas, conversou com a polícia local e pediu esforço da brigada anti-sequestro para apurar o sumiço. Mas, até o momento, o Itamaraty não recebeu qualquer informação concreta.

– Como o crime ocorreu fora do território nacional, não podemos investigar. Temos de aguardar a investigação das polícias de Colômbia e Venezuela – disse um delegado da PF.

Segundo ele, ainda não é possível saber se o sumiço é de responsabilidade das Farc, de paramilitares ou de criminosos comuns da fronteira entre Brasil, Venezuela e Colômbia. Vieira está desaparecido desde 7 de agosto. Naquele momento, o empresário estava em Ciudad Bolívar, onde comprava e vendia pedras preciosas.

Fonte: Resenha CCOMSEX

One Comment

  1. Sabemos q as FARCs tem seus representante em solo BRASILeiro, é baixar uma nota dizendo q o grupo vai ser considerado guerrilheiro por nós , por essa atitude estúpida…eles sabem q ñ podem mar bobeira com o EB..o negocio fica bem FAL..é esperar, p vermos.

shared on wplocker.com