Defesa & Geopolítica

Famílias pedem ao Kremlin que admita que mercenários russos foram mortos na Síria

Posted by

Até 200 russos supostamente trabalhando para um contratado militar oculto podem ter morrido em ataques aéreos dos EUA este mês

Marc Bennetts em Moscou

Tradução e adaptação: E.M.Pinto

Stanislav Matveyev é considerado um dos 200 russos que perderam a vida durante ataques aéreos Sírios no confronto mais letal com os EUA desde a guerra fria.

Igor Kosotorov não era um membro do exército russo. Mas parentes do dono da loja de vinhos de 45 anos acreditam que ele está entre as dezenas de cidadãos russos assassinados este mês em um ataque aéreo efetuado pela coalizão comandada pelos EUA perto de Deir al-Zour, um território rico em petróleo no leste da Síria.

Após as recusas iniciais, o Ministério das Relações Exteriores da Rússia admitiu na quinta-feira que cinco cidadãos provavelmente teriam sido mortos no bombardeio enquanto lutavam ao lado das forças sírias pró-regime em 7 de fevereiro. Mas os relatórios sugerem que cerca de 200 cidadãos russos poderiam ter perdido a vida, o que, se confirmado, seria o confronto mais letal entre os cidadãos dos EUA e da Rússia desde o fim da guerra fria.

Embora os números permaneçam obscuros, uma imagem está emergindo de alguns dos que acreditaram ter morrido; alguns eram veteranos endurecidos pela guerra de Moscou no leste, inspirados a viajar para a Síria pelo patriotismo ou por um ressurgimento do senso do nacionalismo russo. Outros simplesmente esperavam um dia de pagamento lucrativo.

Todos eram, segundo fontes, empregados da Wagner Group, um contratado militar privado vinculado ao Kremlin. Os críticos dizem que Moscou usa mercenários da Wagner para manter baixas as perdas militares oficiais na Síria. O número oficial de mortos do exército russo na Síria no ano passado foi de dezesseis soldados, embora acreditem que dezenas de mercenários morreram.

Igor era um ex-atirador do exército. Ele foi para a Síria porque ele era um patriota. Ele acreditava que, se não pararmos o Estado islâmico na Síria, então eles virão até a Rússia… Ele me disse que, se ele não fosse, as autoridades simplesmente enviariam crianças pequenas, com quase nenhuma experiência militar”. Nadezhda Kosotorova, sua ex-esposa, disse ao The Guardian em uma entrevista por telefone de sua casa em Asbest, na região dos Urais .

Ela disse que tinha ficado perto de Kosotorov após o seu divórcio, mas ele não havia contado a ela quem organizou sua jornada para a Síria. A notícia de sua morte relatada chegou a ela através de canais informais.

“Estou coletando informações bit-a-bit de diferentes fontes tentando descobrir onde os corpos dos mortos podem estar… Este é um jogo político que não entendo”, disse ela. Quando perguntada por que as autoridades russas não se pronunciarem.

O ataque aéreo marcou a primeira vez que cidadãos russos morreram nas mãos dos EUA na Síria desde que o Kremlin entrou no conflito do lado do presidente Bashar a-Assad em 2015.

Mikhail Polynkov, um blogueiro nacionalista, escreveu em uma publicação on-line que visitou homens feridos no ataque em um hospital sem nome na Rússia: “Minhas fontes me disseram que 200 homens de uma única unidade morreram no ataqueQuinze funcionários de uma empresa de segurança russa morreram numa explosão na Síria”.

O Kremlin manteve-se em silêncio quando os primeiros relatos das mortes rodaram na semana passada nas mídias sociais.

Dmitry Peskov, porta-voz do presidente, disse que era possível que alguns cidadãos russos estivessem na Síria, mas que o Kremlin só possuía informações sobre militares russos. Falando na quinta-feira, Maria Zakharova, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, disse que os relatórios de um número de mortos superior a cinco foram “desinformação clássica”.

“Nas zonas de conflito há muitos cidadãos de todas as partes do mundo, incluindo da Rússia … é extremamente difícil monitorá-los e verificar o que estão fazendo”, disse Zakharova.

Além de Kosotorov, acredita-se que pelo menos nove homens tenham viajado para a Síria de Asbest e da região para lutar com a Wagner nos últimos meses, de acordo com relatórios.

“Eles apnas os jogaram na batalha como porcos”, disse Yelena Matveyeva, a viúva de Stanislav Matveyev, um mercenário de 38 anos, de Asbest, que também acredita ter morrido.

Onde quer que os enviassem, eles não tinham proteção”, disse Matveyeva. Ela disse que as autoridades russas devem reconhecer os cidadãos que morrem lutando na Síria e, quando possível, ajudam a repatriar os corpos. “Deveria haver alguma coisa em memória deles, para que suas esposas não se envergonhem dos seus maridos e  que seus filhos possam se orgulhar de seus pais”.

Asbest, é uma cidade cerca de 1.100 milhas a leste de Moscou, com uma população de 70.000 habitantes, a qual abriga a maior mina de amianto aberto a céu aberto do mundo. Os salários médios oficiais são de cerca de 25 mil rublos (£ 314 libras) por mês, e os residentes estão atorados por doenças.

Em contrapartida, os salários mensais dos funcionários da Wagner na Síria variam de 90.000 rublos (£ 1.132) para um combatente de base para 250.000 (£ 3.147) para um especialista militar, disse Ruslan Leviev, fundador da Conflict Intelligence Team, um grupo investigativo que pesquisa as vítimas russas na Síria.

Os críticos disseram que a reticência do Kremlin em reconhecer, e muito menos homenagear os russos que morreram no confronto com as forças norte-americanas, contrastava com o funeral do herói dado no mês passado ao aviador Roman Filipov, da força aérea , o qual foi abatido sobre a Síria.

“Um recebe medalhas e honras, enquanto outros são sepultados silenciosamente e esquecidos”, Nadezhda, outra mulher que afirma que seu marido morreu enquanto lutava como mercenário na Síria em outubro, contou ao Guardian em uma conversa on-line. Outros cidadãos russos que morreram no confronto de fevereiro incluem Kirill Ananyev, um membro do partido esquerdista radical da Rússia.

“Ele foi para a Síria porque gostava de lutar – Os russos são muito capazes disso “, disse Alexander Averin, porta-voz do movimento. Apesar da raiva dos parentes, alguns defendem a relutância de Putin em divulgar as mortes.

“As autoridades têm o direito de silenciar informações nos interesses do país” Disse Alexander Prokhanov, um escritor nacionalista que se acredita estar perto de membros de alto escalão dos serviços de segurança russos.

“Essas pessoas que morreram foram avisadas antes de irem para a Síria que não receberiam honras militares se morressem lá.” Desde que você está aqui … nós temos um pequeno favor para pedir.

Fonte: The Guardian

49 Comments

  1. Pingback: Famílias pedem ao Kremlin que admita que mercenários russos foram mortos na Síria | DFNS.net em Português

  2. Como diz o ditado, ossos do oficio. Estavam ganhando para participar do conflito, eram mercenários e estavam sujeitos a esse fim. Acho mais fácil o governo Sírio admitir tal coisa e não Moscou, mesmo porque isso implicaria em um envolvimento direto na contratação dos mercenários.

    Sds

  3. Putin reeleito, vão continuar morrendo russos, na Síria e na Ucrânia.
    Isso só pára quando o dinheiro acabar

    • A Máquina Troll says:

      já lá na terra dos guardiões da liberdade e da democracia não importa quem seja eleito ou reeleito…os civis inocentes, as mulheres e crianças Sírias continuarão sendo exterminados invariável e indiscriminadamente por seus mercenários recrutados……rs…..

    • A Máquina Troll says:

      “enviado da ONU denuncia “neocolonialismo” dos EUA na África”

      “Alta comissária da ONU Navi Pillay denuncia EUA por armar Israel”

      “Comitê da ONU denuncia morte de crianças afegãs pelos EUA”

      “ONU critica EUA por violar direitos humanos em Guantánamo”

      “ONU denuncia crime de guerra dos EUA no Iraque”

      ….

      Inúmeras guerras têm sido travadas pelos eua diretamente ou por mãos alheias a serviço deles…as forças especiais dos eua operam de forma sigilosa e aberta em mais de 130 países semeando perturbações…os eua são os maiores fomentadores, financiadores e promotores do terrorismo pelo mundo…são eles que estão por trás das principais ações terroristas da atualidade….e da derrubada de governos pelo o mundo…que não sigam ou se alinhem aos seus interesses..

      Na Síria mais de 19000 crianças foram exterminadas pela democracia tipo exportação levada pelos guardiões da liberdade…

      O URÂNIO AS CRIANÇAS E O SILÊNCIO

      É o silêncio.

      As autoridades norte-americanas admitem ter usado 320 toneladas de urânio empobrecido, números contestados pela fundação Laka de Amsterdam que estima a quantidade real mais perto de 800 mil toneladas, lançadas no Iraque durante a guerra de 1991 e 1.200 toneladas durante a invasão de 2003.

      Em 1991, o exército norte-americano lançou quase um milhão de bombas de urânio empobrecido em três dias contra os soldados iraquianos em retiradas e milhares de refugiados ao longo das estradas perto de Bassora.

      O resultado? Rapidamente, algumas áreas do sul do Iraque tiveram um aumento anual de 350% dos casos de leucemia, deficiências imunológicas, cataratas e disfunções renais. As estatísticas oficiais mostram que antes da eclosão da primeira Guerra do Golfo, em 1991, a taxa de casos de câncer era de 40 por cada 100.000 habitantes. Em 1995 tinha subido para 800 por 100 mil e, em 2005, dobrou para pelo menos 1.600 pessoas por 100.000.

      O Dr. Jawad al-Ali, do Centro de Tratamento do Câncer em Bassora:
      O mundo deve saber que os Iraquianos foram vítimas de agressões infligidas pelo uso de munições de urânio empobrecido por parte de tropas americanas e britânicas durante a guerra. Este é um genocídio.

      O especialista que existam 300 locais em todo o Iraque contaminados com radiação de munições de urânio empobrecido:

      Antes da Guerra do Golfo, tínhamos dois ou três casos de pacientes com câncer por mês, agora 30-35 pessoas morrem a cada mês. Os nossos estudos indicam que uma percentagem entre 40 e 48% da população terá um câncer dentro de cinco anos.

      Considerando que a OMS (Organização Mundial da Saúde) quantifica a população iraquiana em cerca de 33 milhões de habitantes (dado de 2013), estima-se que cerca de 15 milhões de pessoas receberão um diagnóstico de câncer nos próximos anos.

      Além disso, nunca antes tinha sido detectada uma tão elevada taxa de espinha bífida nas crianças, por exemplo em Bassora, e a taxa continua a aumentar.

      O número de hidrocefalias em recém-nascidos é seis vezes maior em Bassora que nos Estados Unidos e são encontradas malformações relatadas apenas nos manuais de medicina que estudam as crianças nascidas perto dos locais dos testes nucleares no Pacífico: crianças sem membros, com intestinos para fora do abdómen, tumores enormes, com um único grande olho ou sem olhos, crianças anencefálicos (ausência de grande parte do cérebro e do crânio), com graves problemas de respiração, com tumores malignos muito agressivos que implica amputações. Estes são apenas alguns exemplos entre muitos.

      Um especialista em pediatria do Hospital geral de Fallujah, o Dr. Samira Alani, conduziu uma investigação após a proliferação dos defeitos congénitos como resultado do bombardeio dos Estados Unidos. A sua pesquisa levou-a para o Japão, onde se encontrou com os médicos japoneses que estudam a taxa de defeitos de nascimento por causa da radiação dos bombardeios nucleares de Hiroshima e Nagasaki.

      A taxa de incidência de malformações em Hiroshima e Nagasaki é actualmente entre 1 e 2%. O Dr. Alani observou que os casos de malformações congénitas foram 14,7% nas crianças nascidas em Fallujah, ou seja, mais de 14 vezes a frequência das áreas afectadas no Japão.

      Os médicos iraquianos acreditam que os defeitos congénitos têm aumentado entre 2 e 6 vezes e as crianças têm entre 3 e 12 vezes a probabilidade de câncer ou leucemia desde 1991. Um relatório publicado no The Lancet, em 1998, declarava que na altura cerca de 500 crianças estavam a morrer a cada dia por causa da guerra e das sanções e que a taxa de mortalidade das crianças iraquianas com menos de 5 anos de idade tinha aumentado de 23 por 1.000 em 1989 para 166 por 1.000 em 1993.

      E a tendência está a aumentar.

      Qual a reacção da comunidade internacional perante estes dados? Nenhuma.
      Muitos médicos iraquianos estão a tentar alertar a comunidade internacional para obter ajuda através das figuras mais importantes do mundo. Mas em vão. Após o bloqueio do relatório da OMS, 58 peritos, académicos, intelectuais, profissionais de saúde e defensores dos direitos humanos em Maio de 2013 escreveram para a OMS e o Ministério da Saúde do Iraque, exigindo a libertação imediata do relatório. Não houve resposta.

      O apelo, assinado por estudiosos de todo o mundo, incluindo Noam Chomsky, Ken Loach, John Tirman, Dr. Mozhgan Savabieasfahani, organizações como a Human Rights, Health Alliance International e muitas outras ficou simplesmente sem resposta.

      Hans von Sponeck, ex-Vice-Secretário-Geral das Nações Unidas e membro do Tribunal de Bruxelas:

      O governo dos Estados Unidos tem feito tudo para impedir que a OMS investigasse nas áreas do sul do Iraque, onde foi utilizado urânio empobrecido que causou graves danos, riscos ambientais e de saúde.

      À luz desta tragédia ocultada por parte de organizações internacionais, a pergunta é: qual é o papel da OMS? A função desta organização que alimenta o planeta com as suas campanhas contra a poliomielite, a lepra, etc. e pontifica sobre tudo o que é saúde, é de esconder um relatório que acuse um governo? O extermínio do povo iraquiano através da utilização de urânio em larga escala por parte dos exércitos americano e britânico é um tema que não faz parte das normas da OMS e das várias ONGs de fachada? Como descrever uma organização que se atreve a esconder um relatório que indica claramente as monstruosidades da guerra, que esconde os crimes hediondos cometidos contra um povo e a natureza? Como pode um cientista tolerar tal monstruosidade?

      • BLUE EYES, NA RESISTÊNCIA says:

        Sempre no VITIMISMO… essa conduta já virou um aleijão… 🙂

      • BLUE EYES, NA RESISTÊNCIA says:

        Como de costume, vão chorar pelos camaradas russos que estão do outro lado do mundo… 🙂

      • A Máquina Troll says:

        “BLUE EYES, NA RESISTÊNCIA
        19 de Março de 2018 at 15:43

        Como de costume, vão chorar pelos camaradas russos que estão do outro lado do mundo”

        Ninguém aqui esta chorando por camaradas Russos…e sim tratando sobre vitimas civis inocentes…seu comentário como de praxe revela o coração e a mente de um atroz…

        e depois ainda quer falar de Stalin ou da Coreia do Norte quando está em um nível mental ainda pior do que desta gente…ai vc acaba com a falsa civilidade das potências corsárias…eles baseiam suas ações no falso moralismo e nas intervenções humanitárias….

        como podemos ver a cultura ocidental não apedreja por questões religiosas…mas bombardeia, tortura ou mata por poder e questões econômicas…neste caso as pessoas acham normal e algumas até aplaudem…

      • BLUE EYES, NA RESISTÊNCIA says:

        Tá “SERTO”, Sr. Máquina… eu, com meu coração atroz, não costumo comparar vítimas civis INOCENTES com MERCENÁRIOS pagos a preço de ouro para lutar guerras que não são suas… sorry se não sou tão politicamente correto quanto vcs hipócritas dazisquerdas… 🙂

      • Ferreira Junior says:

        Obrigado por contar e lembrar a verdade Máquina Troll.

      • BLUE EYES, NA RESISTÊNCIA says:

        “The truth is out”…

      • A Máquina Troll says:

        😛

      • A Máquina Troll says:

        de nada amigo Ferreira Junior…. 😀

    • Satyricon

      Pior é nos EUA, onde independente de quem seja eleito ou reeleito continuarão enviando sua gente para morrer em infinitas guerras inúteis que nem são deles, não são para defender seu próprio povo, mas apenas para proteger interesses obscuros de alguns poucos, que só beneficiam os governos corruptos como o do próprio EUA!

      • BLUE EYES, NA RESISTÊNCIA says:

        Estratégia de limpeza social… a mesma usada aqui pelazisquerdas nos morros cariocas… https://www.youtube.com/watch?v=ec0XKhAHR5I

      • A Máquina Troll says:

        “Fennek
        18 de Março de 2018 at 23:35

        Pior é nos EUA, onde independente de quem seja eleito ou reeleito continuarão enviando sua gente para morrer em infinitas guerras inúteis que nem são deles, não são para defender seu próprio povo, mas apenas para proteger interesses obscuros de alguns poucos, que só beneficiam os governos corruptos como o do próprio EUA!”

        O grande “sacrifício” que estes soldados bucha de canhão estadunidenses fazem hoje pelos eua não são por sua pátria e sim apenas para proteger os interesses obscuros de alguns poucos…não é nada mais do que para isso que matam e morrem pelas batalhas mundo afora…

        as cerimônias fúnebres e homenagens que prestam não passam tudo de espetáculos de pirotecnia para mostrar que os “peões de xadrez” são importantes e valorizados…enquanto as massas pranteiam ingenuamente o “sacrifício pela nação” de seus soldados…os “arquitetos e empreendedores” por detrás de todos estes conflitos e guerras que ocorrem pelo mundo…gozam as fortunas conquistadas as custas do sangue e desgraça de inocentes de outros povos ou nações…tudo muito bem regado com luxuria, prostitutas e drogas…

        só na Síria foram centenas de milhares de civis inocentes entre mulheres e crianças exterminadas…para estas almas sebosas dos bastidores do poder…civis e soldados comuns não passam de peões de xadrez…de peças de xadrez descartáveis ou sacrificáveis…e “danos colaterais” não passam de maus necessários para alcançarem seus fins…

      • Maquina Troll, faça um resumo de seus cometarios filho, porque você da preguiça, pqp

      • A Máquina Troll says:

        e vc muda esse nickname viu…PQP….rs…

      • Vou ter que meter minha colher nesta cumbuca… Vítimas inocentes de guerra…

        A questão americana, desde a WWII, de interferência em outras nações, realmente pode parecer injusta e descabida, quase um terrorismo disfarçado com a desculpa de “Danos Colaterais”, só que não é bem assim.
        “Ninguém faz uma omelete sem quebrar alguns ovos.”
        Uma coisa é terrorismo gratuito outra é ter que quebrar ovos e até de seus próprios “buchas de canhão”.

        A opção para o mundo sem os EUA vencedor após o término da WWII seriam Stálim e suas crias vampiras de ParTido, Japão e seus robôs samurais fanáticos, Hitler e sua Gestapo dos filhos do capeta, como donas do mundo, resultando na dominação geral por esses Demônios, coisa que nem é bom imaginar.

        Porém, hoje, o que se vê, mesmo décadas depois do fim da WWII, é ainda as Forças Capitalistas e Democráticas Cristãs sob a liderança, e principalmente, ação dos americanos, lutando contra os resquícios ainda desses antigos Demônios.
        E infelizmente nessa ação muita gente inocente acaba sendo atingida, o que é uma desgraça realmente, mas ainda assim o número dessas vítimas é infinitamente menor do que a ação destruidora que seria dos antigos regimes demoníacos, caso tivessem conseguido ser donos absolutos e ditatoriais do planeta.

        E existem ainda duas guerras mundiais acontecendo simultaneamente:
        Uma contra o islamismo radical (entidade totalmente congelada no tempo, que desde seu surgimento, no milênio retrasado, não se livrou de sua tal missão sagrada de conversão religiosa a força dos chamados infiéis).
        E outra guerra é contra os sistemas socialistas ditatoriais que teimam em não desaparecer.
        Em resumo é contra essas forças que os EUA vem lutando, pois se der mole elas fermentarão.
        Ou seja, a civilização ainda vive, desde que surgiu, num estado de guerra permanente. E infelizmente os civis sempre são atingidos.

        Entretanto fazer a denúncia de armas equivocadas é legitimo e apoiado (A ONU e OMS podem fazer melhor), afinal nem todo general, seja de que lado for, é perfeito e deve portanto ter limites, mas dai a categorizar os EUA como nação terrorista é falta de melhor análise histórica sobre as Forças que atuam no mundo e as que sempre transitaram nas sombras da civilização empurrando o mundo para baixo.

      • A Máquina Troll says:

        “ViventtBR
        19 de Março de 2018 at 22:54”

        Entre 1890 e 2012 os eua invadiram ou bombardearam 149 países…O número de paises nos quais os eua intervieram militarmente é maior do que aqueles em que ainda não o fizeram…

        Números conservadores apontam para mais de oito milhões de mortes causadas pelo país só no século XX….Por trás desta lista escondem-se centenas de outras operações secretas, golpes de Estado e patrocínio de ditadores e grupos terroristas como o Daesh e o Boko Haram…

        São imperialistas e expansionista como os ingleses, espanhóis e romanos foram….A PAX ROMANA foi adotada por eles….falsa democracia onde quem realmente manda e da as cartas são os banqueiros e as grandes corporações que exploram o mundo inteiro e espalham/levam a miséria e a fome pelo Planeta….

        Estudem a história da Guatemala e verão como os eua e os outros países ocidentais de “primeiro mundo” fizeram sua riqueza…o grande desafio é crescer, se desenvolver e promover justiça social sem precisar oprimir…mas esta gente sequer conseguiu fazer isso oprimindo…fica fácil achar o mundo e o “estilo de vida” desta gente uma maravilha…o lado ruim fica para os pobres e miseráveis como no caso de Detroit…que é uma cidade marginal devido as políticas de endividamento do governo de Ronald Reagan…estas que permanecem até hoje..

        Os eua são na verdade uma grande farsa…falsa liberdade…falsa democracia…falsa igualdade…falsa vida…é com esses ideias que a “potência mundial” é exaltada como FALSO exemplo de nação plena…mas lucraram bilhões com as guerras que promoveram ao longo de séculos pelo o mundo e se auto declararam/titularam o país da liberdade e da esperança mas não conseguem resolver os seus problemas mais básicos como Educação e Saúde…

      • BLUE EYES, NA RESISTÊNCIA says:

        BRAVO ViventBR !!!… e o choro dos perdedores é livre… 🙂

      • Tem mexicano que se lamenta porque só o Texas e a Califórnia foram ocupados pelos amis, era para terem ocupado o antigo México todo.
        Pois é…
        Antes os amis (anjos malditos) do que os vermelhos e cia (filhos do capeta).
        E, não adianta, o mundo é dos mais fortes.
        Mas o eterno chororô dos que ficam a margem do Poder é livre.

      • A Máquina Troll says:

        “ViventtBR
        20 de Março de 2018 at 11:39

        Tem mexicano que se lamenta porque só o Texas e a Califórnia foram ocupados pelos amis, era para terem ocupado o antigo México todo. Pois é… Antes os amis (anjos malditos) do que os vermelhos e cia (filhos do capeta). E, não adianta, o mundo é dos mais fortes. Mas o eterno chororô dos que ficam a margem do Poder é livre”

        ~~

        “Cristo pregou a fraternidade, humildade, o não materialismo, a igualdade, a misericórdia e a tolerância. De cristão este fake (Senhor Mentiroso) não tem nada, como a teoria da prosperidade é tão cristão quanto a ku klux klan”

        GripenBR

      • A Máquina Troll esses ai adoram o império da mentida e seu poder
        de os comprar com presentes do consumismo
        são homens fúteis

      • A Máquina Troll says:

        Meu caro ViventtBR…eu respeito e valorizo quem me respeita e me valoriza…simples assim…pois foi esta a educação que recebi de berço…eu fui educado apenas pra abaixar a minha cabeça para rezar e beijar as mãos de meus pais pra pedir a bênção…a valorizar aquilo que eu sou…a valorizar ao que sou e ao que tenho…a valorizar aquilo que eu tenho…a aquilo que é meu…

        eu não me acho inferior e nem superior a ninguém…e eu estou me lixando para aquela gente e para o lugar deles…estou me lixando para todo o “pudê” e riqueza deles…se são a pica das galáxias…tudo que conquistaram foi construido as custas de sujeira, trapaças, sangue, guerras e desgraça…

        porque que eu tenho que me alinhar cega e incondicionalmente a essa gente e apoia-los em tudo?….não pagam as minhas contas…estão se lixando pra mim…estão se lixando para este pais e para o povo daqui…pra esta gente não somos nada…não somos capazes de nada…não somos ninguém…para eles nós somos apenas peões…

        nos veem apenas como uma republiqueta de bananas insignificante com uma gentinha pária, ralé e inferior…e nos querem apenas para nos explorar e nos manter na correia…explorar a nossa nação e espoliar todas nossas riquezas e patrimônios até não sobrar mais nada que seja do interesse deles…

        esta gente se importa e se preocupa apenas com os interesses deles…porque que eu tenho que defender e apoiar os interesses deles?…Oras…mas tenha paciência viu amigo…criem vergonha na cara…vão criar vergonha nessa cara…

      • Maquineta, essas ações invasivas dos americanos em outros governos sim, são reais. Wikileaks não deixa negar.
        Porém, aqui no nosso país quem mais nos prejudica e enfraquece, ao longo da História, tem sido não os americanos, ou outros povos, mas nós mesmos, principalmente nossa falsa elite intelectual, atualmente enraizada nas universidades e mídias e antigamente no judiciário e latifúndios.

        Creditar nosso atraso a um inimigo externo é um grande equivoco, e que no fim até ajuda a perpetuar nossos defeitos. Afinal quem faz o Brasil ser o que é? Com honestidade: O brasileiro.

        Mas e no mundo como um todo.. Quem são os inimigos da civilização? Quem tenta combater eles? Qual nosso papel nessa luta? Somos manipulados? Já entramos ou um dia entraremos nessa contínua batalha de forma independente, ou será sempre pedindo licença ou favor?
        No meu caso não estou nem aí para este ou aquele país, que não pagam minhas contas, apenas tendo ver as coisas com clareza através das cobiças humanas internacionais.

        Vc está se limitando por radicalismo cego, tente ser mais abrangente em suas análises. Ou vc apenas escolheu um inimigo externo para bater, como todo Ditador ao longo da História tem feito?
        Mas se apenas considera o Titio Sam um limão, quem sabe o melhor é fazer limonada dele, não é mesmo? Assim como também uma boa limonada da China, Rússia, e União Européia. Afinal não temos ICBMs para apimentar o caldo. O que não podemos é ficar eternamente nos vitimizando.
        E sendo assim, qual sua análise, alternativa, para um mundo contemporâneo sem os EUA?
        Pois só ficar martelando que o titio não presta não adianta, isso até a macaca Chita pode fazer.
        rsrsrs!!!
        Abç!

      • A Máquina Troll says:

        “ViventtBR
        20 de Março de 2018 at 22:46

        aqui no nosso país quem mais nos prejudica e enfraquece, ao longo da História, tem sido não os americanos, ou outros povos, mas nós mesmos, principalmente nossa falsa elite intelectual, atualmente enraizada nas universidades e mídias e antigamente no judiciário e latifúndios”

        A direita brasileira é a única no mundo que é antinacional :

        https://www.youtube.com/watch?v=2GQAbYGa6EY

        vc tem razão mesmo…rs…

      • A Máquina Troll says:

        Eunicio Precilio Cavalcante, Capitão de mar e guerra, foi cassado em 1964, preso e processado por se opor ao golpe militar. Ao ser solto, engajou-se na luta contra a ditadura que tomara o poder no país. Militando na ALN, em 4 de novembro de 1969 foi preso em São Paulo. Torturado com requintes de perversidade.

      • Marco Antônio says:

        Vocês dizem que os EUA fazem isso e que a Rússia faz aquilo, os capitalistas mataram tantos e os comunistas outros tantos, mas graças a isso eles são potências mundiais, eles defenderam e defendem seus interesses, seu eu fosse um presidente do Brasil e tivesse poder e influência suficiente, jogaria meio mundo em guerra pra beneficiar o Brasil.
        Se esse fraco do Temer tivesse culhões ele passaria a mão na cabeça da Venezuela e da Guiana, mas por trás tramaria pela destruição dos dois países(dividir e conquistar), mas os nossos líderes políticos são um bando de fracos que só querem saber de dinheiro, cambada de imundos que não merecem o solo sagrado do Brasil!

  4. Muitos falam ,latem ,choram…mas provar poucos provam….Segundo jornal alemão que desmentiu a Bloomberg ,este 200 Mercenários Russos mortos chegaria no maximo a 20….mas fazer o que né, o ocidente já ficou decadente e imoral por causa de suas mentiras e manipulações….
    Bom seria se o Plano Brasil ,fizesse uma matéria com o outro lado da História…
    Pode começar por aqui:
    http://m.spiegel.de/politik/ausland/syrien-us-luftangriff-was-geschah-wirklich-in-deir-al-sor-a-1195901.html

    • Obrigado pela FOnte do Spiegel, vai ser citada em uma matéria a seguir.
      Cumprimentos

    • K kkkk, Spigel é a sputnik nazista, kkkk, odeiam a ocupação da Alemanha, por isso auxilia os eslavos na propagação destes fakes News.

    • Sr Bruno wecelau, realmente uma boa citação.
      A legislação na Alemanha no quesito jornalismo é muito bem elaborada, muito melhor que a nossa por sinal e por um motivo simples, Eles sabem ondem acaba quando a imprensa se torna promiscua e leviana. Podem até ter publicações sensacionalistas (como o bild.de) mas estas ainda assim não fogem a fatos e caso contrario respondem de maneira devida, em sua é um Pais serio que sabe o valor que existe na liberdade de expressão.
      Existem pessoas que discordam apenas por discordar, sem embasamento algum, ou usam alguma perola do tipo “odeiam a ocupação da Alemanha” para denegrir a informação sem apresentar fatos.
      * Fico imaginando que deve ser muito bom ser ocupado, que deve ser os melhores dos mundos ter em seu Pais bases de países “amigos”.

      Sds

  5. “As autoridades têm o direito de silenciar informações nos interesses do país” Disse Alexander Prokhanov, um escritor nacionalista que se acredita estar perto de membros de alto escalão dos serviços de segurança russos.” — pensei que veria algum comentario extremamente nacionalista e utópico, estava bem na cara. Ninguém liga para o individuo e a pessoa humana. Tudo pelo estado, nada fora dele. Certo?

    • Cara veja bem, o estado Russo sabe que o leste do Eufrates tem novo dono, tentaram a sorte e deu nisso aí, assumir que mandaram milícos disfarçados de mecenas eles não vão, as viúvas que procurem outros homens, o GAU 8 nunca prestou um serviço tão valioso, vida longa a Quimera A-10.

  6. Mercenários abriram mão de suas pátrias, mesmo que o pagamento e a contratação tenha sido feito na camufla por seu governo.
    Esses sim, serão usados como verdadeiras buchas de canhão.

    200 ou 20 morreram por bombardeio americano, que coisa feia né?
    Eram uma cambada de russos tranqueiras. Alguém duvida?
    Mas agora devemos começar a WWIII, russos X amis? Não, isso não vai dar certo.
    Ahh, então vamos lhes dar medalhas e pensões para as viúvas. Rsrsrsrs!
    As viúvas estão loucas ou… Estão é tentando fazer inversão de valores até lá na Rússia. Vejam a foto do russo coitado, que foi arrastado para a Síria porque seu salário de operário era baixo. É um operário soldado Herói (mercenário? não). Rsrsrsrs!

    Fidel e Kadafi até poderiam homenagear foras da lei.
    Mas Vladimir Putin ( Que quer virar europeu) não é tão estúpido assim.

  7. Ola senhores eu acompanho sites russos e estes 200 estão inchados demais. Na verdade com certeza foram identificados 17, sírios chegou a uns trinta do ISIS Hunter e outros 30 milicianos das tribos sunitas do Eufrates. Pode haver outros mais das ex-URSS e muitos do Donbass.

  8. ” Porque não temos a lutar contra a carne e sangue, senão contra os principados, contra as potestades, contra os poderosos do mundo, das trevas deste século, contra as milícias espirituais nos ares.
    Efésios 6:12

    • BLUE EYES, NA RESISTÊNCIA says:

      Cristão comuna só no país das jabuticabas… 🙂

      • “comunistas pensam como os cristãos”
        Papa Francisco

      • “comunistas pensam como os cristãos”
        Papa Francisco
        _
        Acho meio dificil, ate porque Cristo multiplicou o pão e os peixes…ele não repartiu a força kkkkkk

        Comunistas gostam tantos de cristãos que eliminaram milhares na China de Mao tsé Tung, no Camboja do Kmer Vermelho e na antiga e falida URSS,

        E o papa esta vivo, se chma Bento XVI, este argertino (Tinha que ser) e um engodo dos globalistas.

      • BLUE EYES, NA RESISTÊNCIA says:

        “Acho meio dificil, ate porque Cristo multiplicou o pão e os peixes…ele não repartiu a força kkkkkk”… rsrsrrssrsssss… se fosse hoje e Ele estivesse pregando na Venezuela, o estado comunista atual teria confiscado tudo para entregar aos membros do partido comunista e deixariam os pobre passando fome… rsrsrrssrsrssss…

  9. O Wagner Group e o equivalente mercenario Russo da estadunidense Blackwater, tropas mercenarias com total liberdade para cometer atrocidades contra a população civil em campo sem ter que dar satisfações a ninguém.

    O Wagner Group foi fundado por Dmitry Utkin, que e Ucraniano e antes da Siria matou junto com seus mercenarios centenas de familias ucranianas na Crimeia,O coronel aposentado Utkin e muito proximo do presidente Putin desde os tempos de ações da KGB, e em seu passado e conhecido por sua militancia neo nazi.

    • A Máquina Troll says:

      Leaked Blackwater Iraq Videos :

      https://www.youtube.com/watch?v=xm6hC2oW5P8

      • Obrigado pelo Link, interessante. O ponto e que muitos ainda não perceberam que EUA, Russia, e agora também a China se tiram para dançar mas nunca entram em conflito diretamente, são mais socias do que inimigas nos conflitos.
        Desestabilizam bibocas quaisquer em fins de mundo, dai um vende armnas para um lado e outra para outro.
        O uso de tropas mercenarias contra populações civis sem quaisquer tipo de compromiso com leis internacionais são o atestado disto.

      • O ponto e que muitos ainda não perceberam que EUA, Russia, e agora também a China se tiram para dançar mas nunca entram em conflito diretamente, são mais socias do que inimigas nos conflitos.
        e se tiver as portas do inferno vão se abrirem e verão que o diabo não quer só comprar a alma de quem defende a mentira e injustiça quer o sangue a vida deles também !
        não se esquece que os EUA querem (deu uma maneirada com o trump que quer ser amigo da Russia) isolar a Russia para tentar quebrar economicamente a Russia para botar um poroshenko qualquer no poder ,e assim isolar para quebrar ao pais mais rico do mundo china(antes que eles mesmo quebrem com sua divida maior que o próprio PIB) só que a china não e a Russia e um outro mundo um mundo próprio que pode juntar um exercito de 200 milhões e já e um pais de alta-tecnologia e como se nada pode-se acontecer dentro de seus apartamentos confortareis,seriam cozinhados vivos todo rica cidade capitalista do mundo viraria escombro e a fome da quebra da colheitas distribuição de alimentos e armas biológicas variadas devastaria o resto do mundo e quem vence-se pouco empostaria porque a tragedia seria maior que qualquer vitoria e tudo por interesse de uma elite financeiro mundia ensandecida e esclerosada que patrocina a bestialidade ideológica para que o povo ache que o estado social e inimigo deles como na idade media quando ia contra o interesses dos poderosos diziam que estavam com pacto com demonho e faziam bruxaria no meio do mato e comiam criancinha.
        O mundo pode sim imitar a mesma bestialidade da 1 guerra mundial e muito piorada !

shared on wplocker.com