Defesa & Geopolítica

ESPECIAL Só os russos mesmo… TASS diz que a Força Aérea de seu país vai investir no lançamento de blindados por paraquedas… com os tripulantes dentro dos carros!…

Posted by

Por Roberto Lopes

 

 

Analistas da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) ainda estão tentando averiguar, em detalhes, a veracidade e exequibilidade das surpreendentes revelações feitas, mês passado, pelo Comandante das Forças Aéreas da Rússia, coronel general Andrei Serdyukov, à agência de notícias TASS, sobre os novos procedimentos que vem sendo estudados para o lançamento de forças mecanizadas, de paraquedas, sobre o campo de batalha.

Serdyukov (visto abaixo) confirmou que os seus comandados investigam a viabilidade de “desovar” os blindados de transporte de tropas BMD-4M (Boyevaya Mashina Desanta-4) pela rampa dos aviões de transporte, com os tripulantes já dentro das viaturas!

Mas o Comandante da Aviação Russa não disse se a manobra já havia sido tentada (apesar de alguns militares da Aliança Atlântica suspeitarem que sim).

Chamado pelos russos de “Veículo de Combate dos Paraquedistas”, o carro desce para o chão sustentado por dois conjuntos de paraquedas especiais (o principal deles com uma dúzia de paraquedas). Veja a sequência de imagens abaixo.

Ele foi projetado para transportar dois condutores e seis fuzileiros, mas, na entrevista à agência de notícias, Serdyukov mencionou apenas “sete tripulantes”, e admitiu que estão sendo estudadas várias modificações no blindado de forma a aumentar as garantias (chances?) de sobrevivência da tripulação.

Tripulante de BMD-4M

As viaturas estão sendo equipadas com sistema de navegação via satélite, de forma a aperfeiçoar a obtenção de dados acerca de sua situação (durante a queda) em relação ao solo e do local selecionado para o pouso, e também reforços nos assentos dos tripulantes e no próprio piso do blindado.

Perdas – Na invasão do Panamá, em 1989, um tanque leve M551 Sheridan, de 15,2 toneladas (mais leve, portanto, que o BMD-4M) caiu abruptamente no território do país centro-americano, depois que o seu conjunto de paraquedas experimentou uma falha.

No impacto, o tanque de quase 2,29 m de altura foi transformado em uma “massa blindada” de apenas 91 cm de altura… Qualquer um que estivesse dentro dele teria morrido.

Mas os regulamentos do Exército dos Estados Unidos especificam que a tripulação do tanque deve saltar do avião que a transporta separadamente, e somente no solo juntar-se ao seu veículo.

Mais recentemente, em abril de 2016, três utilitários tipo Humvee foram lançados como parte do exercício Saber Junction 2016, também exibindo falhas na abertura dos seus pára-quedas. No chão eles viraram um amontoado de metal inservível. Entretanto, mais uma vez, ninguém perdeu a vida.

Rapidez – Os paraquedistas russos são os únicos, entre todas as forças aéreas do mundo, a contar com tropas mecanizadas lançadas do ar.

E o general diz que esses contingentes ganharão um tempo enorme, se os blindados – de 6,36 m de comprimento e 13,6 toneladas de peso –, ao tocarem o solo, puderem, em poucos minutos, ser liberados dos paraquedas e já sair em deslocamento rumo aos seus objetivos.

Rara imagem de um BMD-4M sendo desembaraçado dos paraquedas após o lançamento

O BMD-4M é impulsionado por um motor multicombustível (flex) UTD-29 – originalmente um propulsor a diesel que produz 500hp de força.

Um sistema que distribui a pressão das esteiras sobre o terreno permite à viatura boa mobilidade e contribui para que ela alcance a velocidade de 69,4 km/h em estrada, e de 10 km/h dentro d’água.

O raio de ação do veículo em rodovia é de 500 km.

Encomenda – O BMD-4M representa o melhor resultado obtido pelos projetistas da fábrica Kurganmashzavod JSC em termos de IFV (infantry fighting vehicle), com a vantagem de ser levíssimo e, ainda por cima, anfíbio (foto).

Sua produção obedeceu aos termos de um acordo, assinado em 2008, pelo Comando Geral de Automação de Tanques do Ministério da Defesa russo com o comando das tropas aerotransportadas – conhecidas, na Rússia, pela sigla VDV.

O conceito desse IFV (Infantry Fighting Vehicle), desenvolvido pela indústria Volgograd Tractor e pelos projetistas do Tula KBP Instrument Design Bureau, foi apresentado às autoridades militares em março de 2008.

O carro, propriamente dito, foi  exibido durante a mostra Russia Arms Expo (RAE) de setembro de 2013. E em abril do ano passado ele entrou, oficialmente, em serviço na Força Terrestre russa (foto).

Seu poder de fogo principal, na torre, está representado por um canhão 2A70, de 100 mm, e por um lançador de mísseis (anti-tanque Konkurs) – conjunto que pesa 332 kg.

23 Comments

  1. Quanta vodka o camarada teve de tomar para encarar pular do avião dentro de um caixão de aço?

  2. Pingback: ESPECIAL Só os russos mesmo… TASS diz que a Força Aérea de seu país vai investir no lançamento de blindados por paraquedas… com os tripulantes dentro dos carros!… | DFNS.net em Português

  3. César Pereira says:

    Não vejo isso com espanto,já assisti várias vezes a nave Soyus aterrizar de modo semelhante a esses tanques e os cosmonautas saírem vivos, então não creio que seja impossível os russos criarem dispositivos que permitam esses tanques serem lançados com suas tripulações !

  4. ……..os russos inovam cada vez mais e cada vez que eles inovam a Otan se apavora mais ainda………..gostaria que as Forças do nosso país tbm inovassem dessa forma agora….pelo pindaibês em que estamos teremos até que improvisar….;e a improvisação pode resultar numa inovação que favoreça.um melhor desempenho das FFAAs…………novas idéias…….

  5. Rafa_positron says:

    E olha a cara do tribulante do blindado

    Cara de quem ta contemplando a paisagem………

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  6. interessante , então faz o seguinte dispensa os estados unidos na operação logística que vai ocorrer na amazonia ,e coloca no lugar os russos pois esses se mostraram melhorem em logística

  7. Com a Rússia é brutalidade total. Sem mimi.

    • Fico imaginando centenas de cargueiros russos e chineses lançando milhares destes blindados já carregados numa invasão maciça, daria um bom filme.

      já assisti um que os norte coreanos invadiam uma cidade nos EUA numa coalizão com a China e a Russia.

      • MeH um mero canhão de lazer é suficiente para transformar esses paraquedas em queijo suíço pra esses tanques caírem do céu que nem bigorna em desenho animado! kkkkk

  8. AI TEM SANGUE NOS OI MEU FI ! .. .. heheheh … não é atoa não meu fi que os caçadores de cabeça ( ISIS) tão temido lá no OM … hoje estão assutados… apavorados .. só os cacos …..rsrs … quando viram Urso de gola por lá .. ..rsrsr … TE CUDA OTAN ! ..heheh … o bicho vai pegaaa ..ééé´… vai siiimm ..heheh

    • Sr. Lucena. Os russos possuem disposição e muita, pois vivem em guerras seculares,(Chechenia que o diga), porém vale ressaltar que a Otan mesmo sem os EUA não está morta e possui meios e soldados para um enfrentamento. lembrando que França, Inglaterra, possuem artefatos nucleares e à Alemanha também pode fazer estrago mesmo com forças convencionais. Ou seja, real carnificina visto que os europeus ao contrário de certos países do cone sul não possuem batismo de fogo em batalhas ou guerras. Sempre viveram assim e sempre viverão. concordo sobre os russos.(podíamos aprender e muito com eles).

    • huehuehue… nada como alguns canhões a laser fazedores de buracos em tecido de paraquedas para que esses tanques caiam do céu que nem bigorna! huehuehue

  9. os russos são CRIATIVOS, fazem muito com pouco isso é um fato, realmente nós brasileiros deveríamos aprender muito com eles.

    mas tbm não é nada demais isso pra tanto entusiasmo assim, até parece que eles descobriram algo inovador ou revolucionário na arte da guerra, menos né rsrs..

    Mas pq estou dizendo isso, to querendo desmerecer os russos ? Claro que não, respeito muito eles, tem ótimos equipamentos militares, e são osso duro de roer, mas imaginem se essa matéria fosse com os EUA ou a Grã-Bretanha ? Seriam ridicularizados provavelmente rsrs..

    Mas de qualquer forma a ideia foi interessante, e gostem ou não dos russos, eles tem boas idéias, na qual temos que ficar atentos.

  10. Cesar A. Ferreira says:

    A VDV lança desde os tempos soviéticos veículos blindados concebidos desde o início para tanto. Os lançamentos contam não só com o velame, como com um sistema de retro-foguetes para suavizar o contato com o solo.
    O detalhe é que o lançamento embarcado sempre foi considerado como “possível”, apesar de não ter sido adotado; a novidade é o uso de um dispositivo diferente para amortizar o contato com o solo e o lançamento embarcado.

    https://www.youtube.com/watch?v=aEb6UI4S3QQ

  11. Cesar A. Ferreira says:

    É preciso ter respeito pela VDV…
    Os caras fazem exercícios lançando milhares de PQDs, com veículos blindados, cujo conjunto de velame com retro-foguetes não tem similar no Ocidente…
    No Ocidente lançam uns Hummers e se acham todos, mesmo com perda no lançamento…
    Respeitem os paraquedistas russos, é a mais antiga formação de combate deste gênero no mundo e possuem uma folha de combate invejável.

  12. jose luiz esposito says:

    Os Russos sempre tiveram as maiores tropas Paraquedistas desde os tempos da URSS , e antes da II Guerra ,já tinham 2 milhões de jovens praticando Paraquedismo , uma dica leiam nas memórias de OTO SKORZENI , dois Tomos Biblioteca do Exercito , onde ele da um Testemunho do soldado russo durante a Guerra , coisas de Louco !!

  13. kkkkkk eles andam vendo muito esquadrão classe A

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

shared on wplocker.com